Fiat CR.42

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation arrow.svg
Este artigo resulta, no todo ou em parte, de uma tradução do artigo «Fiat CR.42» na Wikipédia em inglês, na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
CR.42
"Falco" ("Falcão")
Caça
Fiat CR.42 Falco, Museu da Força Aérea Italiana, 2012
Descrição
Tipo / Missão Caça
País de origem  Reino da Itália
Fabricante Fiat
Período de produção fevereiro de 1939 a final de 1943
Quantidade produzida 1817-1819[nota 1][nota 2] unidade(s)
Primeiro voo em 23 de maio de 1938 (79 anos)
Introduzido em 1939
Aposentado em 1948 - Força Aérea Espanhola[1]
Variantes ver seção "Variantes"
Tripulação 1
Especificações
Dimensões
Comprimento 8,25 m (27,1 ft)
Envergadura 9,70 m (31,8 ft)
Altura 3,585 m (11,8 ft)
Área das asas 22,4  (241 ft²)
Alongamento 4.2
Peso(s)
Peso vazio 1 782 kg (3 930 lb)
Peso carregado 2 295 kg (5 060 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x motor radial a pistão de quatorze cilindros Fiat A.74 RC38 refrigerado a ar
Potência (por motor) 840 hp (626 kW)
Performance
Velocidade máxima 441 km/h (238 kn)
Velocidade de cruzeiro 399 km/h (215 kn)
Alcance (MTOW) 780 km (485 mi)
Teto máximo 10 210 m (33 500 ft)
Razão de subida 11.8 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões Primeiras séries: 1 x metralhadora Breda SAFAT de 7,7 mm (0,303 in)
Últimas séries: 2 x metralhadoras Breda SAFAT de 12,7 mm (0,500 in)
2 x metralhadoras sob as asas de 12,7 mm (0,50 in)
Bombas 200 kg (441 lb) em dois pontos duros

O Fiat CR.42 Falco ("Falcão") foi um caça biplano que serviu principalmente a Regia Aeronautica Italiana (Real Força Aérea Italiana) durante a Segunda Guerra Mundial. Esta aeronave foi produzida pela Fiat, com base no anterior CR.32, e entrou em serviço em diversas forças aéreas, nomeadamente a da Bélgica, Suécia e Hungria. Com mais de 1 800 exemplares construídos, foi a aeronave italiana mais produzida a participar na Segunda Guerra Mundial.[nota 3] O CR.42 Falco foi o último caça biplano a ser construído pela Fiat, representando a classe dos biplanos ao nível mais avançado. A sua asa inferior, que era ligeiramente mais curta que a asa de cima, fazia com que o avião se torna-se mais resistente e muito mais manobrável, inovação alvo de elogios por parte de muitos pilotos.

A RAF andou sempre de olhos postos neste biplano devido à sua excelente facilidade de manobras, chegando a declarar que "este avião era de uma força excepcional"[nota 4], embora tivesse poucas chances de vitória contra aviões monoplanos mais rápidos e com melhor armamento[nota 5]. A sua melhor performance foi às mãos da Força Aérea Húngara, na Frente Oriental, onde alcançaram o feito de perder um único avião para cada 12 russos que abatiam.[nota 6] Participou na Guerra Civil Espanhola e na Segunda Guerra Mundial, e foi usado pela Força Aérea Espanhola até 1948, até ser relegado a função de treinamento[2].

Variantes[editar | editar código-fonte]

Translation Latin Alphabet.svg
Esta seção está a ser traduzida de «Fiat CR.42#Variants» na Wikipédia em inglês (desde janeiro de 2016). Ajude e colabore com a tradução.
  • CR.42
  • CR.42 Egeo
  • CR.42AS
  • CR.42B (também conhecido como CR.42DB)
  • CR.42bis
  • CR.42CN
  • CR.42ter
  • ICR.42
  • CR.42LW
  • CR.42 "Bombe Alari"
  • CR.42 (biposto)
  • CR.42DB

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Sgarlato 2005
  2. De Marchi, Italo. Fiat CR.42 Falco (em italiano). Modena, Italy: Stem Mucchi.
  3. Avions militaires 1919-1939 - Profils et Histoire1979, p. 89.
  4. Haining 2005, pp. 8, 15.
  5. Wheeler 1992, p. 50.
  6. Skulski 2007, p. 67.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sgarlato, Nico. Fiat CR.42 (em italiano). Parma, Italy: Delta Editrice, 2005.
  • Haining, Peter. The Chianti Raiders: The Extraordinary Story Of The Italian Air Force in The Battle Of Britain. London: Robson Books, 2005. ISBN 1-86105-829-2.
  • Avions militaires 1919-1939 - Profils et Histoire (em francês). Paris: Hachette, Connaissance de l'histoire, 1979.
  • Wheeler, Barry C. The Hamlyn Guide to Military Aircraft Markings. London: Chancellor Press, 1992. ISBN 1-85152-582-3.
  • Skulski, Przemysław. Fiat CR.42 Falco. Redbourn, UK: Mushroom Model Publications, 2007. ISBN 83-89450-34-8.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.