Fidesz - União Cívica Húngara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fidesz-União Cívica Húngara
Fidesz – Magyar Polgári Szövetség
Líder Viktor Orbán
Fundação 1988
Sede Budapeste,  Hungria
Ideologia 1988-1994:
Liberalismo
Liberalismo social
Liberalismo económico
1994-actualidade:
Conservadorismo
Nacionalismo
Populismo
Espectro político 1988-1994:
Centro-direita
1994-actualidade
Direita
Afiliação internacional 1992-2000:
Internacional Liberal
2000-actualidade:
Internacional Democrata Centrista
União Internacional Democrata
Afiliação europeia Partido Popular Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Grupo do Partido Popular Europeu
Assembleia Nacional
115 / 199
Parlamento Europeu
11 / 21
Cores Laranja

O Fidesz-União Cívica Húngara (em húngaro: Fidesz – Magyar Polgári Szövetség) é o maior partido político da atualidade na Hungria.

Fundado em 1988, por jovens estudantes, nos seus primeiros anos de existência, era um partido de ideologia liberal e, até 1993, só poderiam ser membros, pessoas com menos de 35 anos. Em 1992 foi aceite na Internacional Liberal.

Com os maus resultados nas eleições legislativas de 1990 e 1994 e, também, com a vinda de Viktor Orbán para a liderança do partido, o Fidesz, começou a abandonar a sua ideologia liberal passando a adoptar um carácter conservador, nacionalista e populista.

Com Viktor Orbán, o partido formou governo entre 1998 a 2002 e, de novo, de 2010 até a atualidade. Desde da reeleição em 2010, o governo de Orbán tornou-se controverso no seio da União Europeia, ao reformar a Constituição Nacional que, por muitos analistas internacionais, estabeleceram na Hungria um regime de "democracia controlada" [1][2][3].

Atualmente é um partido de ideologia conservadora [4][5], com um forte carácter nacionalista e populista [6] apesar de, no aspecto económico, muitos considerarem um partido estatista e, até, social-democrata [7][8].

É membro do Partido Popular Europeu, da Internacional Democrata Centrista e da União Internacional Democrata.

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas

Data Votos % +/- Deputados +/- Status
1990 439 448 9,0 (5.º)
21 / 386
Oposição
1994 379 295 7,0 (6.º) Baixa2,0
20 / 386
Baixa1 Oposição
1998 1 263 563 28,2 (2.º) Aumento21,2
148 / 386
Aumento128 Governo
2002 2 306 763 41,1 (2.º) Aumento12,9
164 / 386
Aumento16 Oposição
2006 2 272 979 42,0 (2.º) Aumento0,9
141 / 386
Baixa23 Oposição
2010 2 706 292 52,7 (1.º) Aumento10,7
227 / 386
Aumento86 Governo
2014 2 264 486 44,9 (1.º) Baixa7,8
117 / 199
Baixa110 Governo

Eleições europeias

Data Votos % +/- Deputados +/-
2004 1 457 750 47,4 (1.º)
12 / 24
2009 1 632 309 56,4 (1.º) Aumento9,0
14 / 22
Aumento2
2014 1 193 991 51,5 (1.º) Baixa4,5
12 / 21
Baixa2

Referências

  1. «Hungary's Constitutional Revolution». Consultado em 26 de agosto de 2015 
  2. «Application error». www.europarl.europa.eu. Consultado em 26 de agosto de 2015 
  3. «Documents by opinions and studies». www.venice.coe.int. Consultado em 26 de agosto de 2015 
  4. Ramet, Sabrina P. (2010-02-18). Central and Southeast European Politics since 1989. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9781139487504  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  5. Kopecek, Dr Lubomír; Hloušek, Dr Vít (2013-03-28). Origin, Ideology and Transformation of Political Parties: East-Central and Western Europe Compared. [S.l.]: Ashgate Publishing, Ltd. ISBN 9781409499770  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  6. «Orban leads Fidesz to third election win as far-right party makes gains». The Japan Times Online (em inglês). 7 de abril de 2014. ISSN 0447-5763 
  7. «Stars and soggy bottoms». The Economist. ISSN 0013-0613 
  8. «Hegedűs Zsuzsa: Orbán igazi szociáldemokrata». Fent és lent - gátlástalan patriotizmus. Consultado em 26 de agosto de 2015