Filipa Melo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Filipa Melo (Cuíto, 1972) é uma escritora, crítica literária e jornalista portuguesa. Começou a trabalhar como jornalista em 1990. Colaborou com diversas publicações, como Visão, Expresso, Grande Reportagem, Ler, Público (foi responsável pela edição do suplemento Mil Folhas, no ano de lançamento, 2001) e O Independente, e na televisão, como jornalista, crítica e editora. Em 2013, assinou a autoria e apresentação do programa Nós e os Clássicos, na SIC Notícias. Em 2015, reformulou o conceito editorial e dirigiu a revista Epicur. Atualmente, assina crítica literária nos jornais i e Sol e na revista Ler e ensina escrita criativa literária. Estreou-se na ficção com o romance Este é o meu corpo, em 2001, também publicado na Espanha, França, Itália, Polônia, Croácia, Brasil e Eslovênia[1]. Em 2015, publicou o livro de reportagem Os Últimos Marinheiros.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]