Fillmore East

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fillmore East
O antigo saguão do Fillmore atualmente abriga um banco
Gênero Casa de shows
Inaugurada 8 de março de 1968
Fechada 27 de junho de 1971
Proprietário Bill Graham
Antigos nomes Commodore Theater
Village Theater
Capacidade de pessoas 2,639

Fillmore East foi uma casa de shows mantida pelo empresário de rock Bill Graham durante o final dos anos 60 e começo dos 70 na Second Avenue, Nova York.

Funcionou de 1968 a 1971, sendo palco para os concertos dos maiores astros de rock da época. Era casa-irmã do Fillmore Auditorium (posteriormente renomeado para Fillmore West), que Graham mantinha em sua base de operações, São Francisco, Califórnia.

História[editar | editar código-fonte]

O prédio foi construído em 1926 para abrigar um teatro iídiche. Chamado Commodore Theater, foi eventualmente adquirido pela Loew's Inc., que o transformou em um cinema, o Village Theatre. Quando Graham assumiu a administração, o local estava praticamente abandonado.[1]

Reinaugurado como Fillmore East em 3 de março de 1968, tornou-se conhecido como "A Igreja do Rock and Roll", com concertos duplos realizados diversas vezes por semana. Mudanças na indústria musical, que se tornou um negócio multimilionário, e a evolução na organização de concertos, que passaram a ser realizados em estádios, fizeram Graham desistir de manter a casa.[2] O concerto final foi realizado em 27 de junho de 1971, com The Allman Brothers Band, The J. Geils Band, Albert King, e participações especiais Edgar Winter's White Trash, Mountain, The Beach Boys e Country Joe McDonald, numa apresentação restrita a convidados.[3]

Em 1980 o local tornou-se uma boate gay, The Saint. No final da década de 1990, o saguão foi transformado em espaço comercial, enquanto o interior foi demolido e reconstruído como um complexo de apartamentos.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. White, Norval & Willensky, Elliot. AIA Guide to New York City (4ª ed.) Nova York: Three Rivers Press, 2000. ISBN 0-8129-3107-6
  2. "Bill Graham Closes Fillmore., Marking The End Of An Age" - Sarasota Herald-Tribune, 5 de julho de 1971
  3. Willie Perkins, No saints, no saviors: my years with the Allman Brothers Band, pág. 57, Mercer University Press (2005), ISBN 0-86554-967-2
  4. "Apartments Rising on Site Of Fillmore East and Saint". The New York Times, 7 de março de 1997