Filme PET (poliéster)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Julho de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Filme de poliéster biaxialmente-orientado de poli(tereftalato de etileno) (boPET) é utilizado por sua alta resistência tênsil, estabilidade química e dimensional, transparência, propriedades para bloquear gases e odores, e isolamento elétrico.

Uma variedade de empresas fabricam o boPET e outros filmes de poliéster sob nomes comerciais diferentes. Por exemplo, nos EUA e Grã-Bretanha, as marcas mais conhecidas são "Mylar" e "Melinex". No Brasil e na América Latina, é "Terphane". A maioria dos fabricantes é de membros da AMPEF[1].

Fabricação[editar | editar código-fonte]

A resina PET para produção de filmes é produzida através de uma reação de condensação utilizando os monômeros glicol etilênico e o ácido tereftálico (ou o tereftalato de dimetila), gerando além do polímero, compostos secundários, como a água, por exemplo. O processo se dá por extrusão, utilizando matrizes com fendas; em seguida, o material extrudado passa por rolos que lhe dão o formato final.

Usos do filme de poliéster[editar | editar código-fonte]

Alguns dos usos mais comuns incluem:

  • Embalagem e proteção de documentos
  • Material isolante
  • Aplicações náuticas e na indústria aeroespacial
  • Aplicações eletrônicas e acústicas
  • Aplicações artísticas como estêncil
  • Aplicação no hobby de modelismo

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]