Final da Copa Libertadores da América de 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Copa Libertadores da América de 2013
Evento Copa Libertadores da América de 2013
Jogo de ida
Data 17 de julho de 2013
Local Estádio Defensores del Chaco, Assunção
Árbitro ArgentinaARG Néstor Pitana
Jogo de volta
Data 24 de julho de 2013
Local Estádio Mineirão, Belo Horizonte
Árbitro ColômbiaCOL Wilmar Roldán

A final da Copa Libertadores da América de 2013 foi a decisão da 54ª edição da Copa Libertadores da América. Foi disputada entre Olimpia, do Paraguai e Atlético Mineiro, do Brasil em 17 e 24 de julho de 2013.

No primeiro jogo da final, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, houve vitória do Olimpia por 2–0.[1][2] O Atlético Mineiro devolveu o placar no segundo jogo da final, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, resultando em um placar agregado de 2–2 nos 180 minutos da decisão, sem gols durante a prorrogação ao final da segunda partida, o que levou a definição do título para a disputa por pênaltis. O Atlético Mineiro sagrou-se campeão ao vencer nos pênaltis por 4–3, conquistando seu primeiro título da competição.[3][4][5]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, os jogos foram transmitidos pela Rede Globo na TV aberta, além do canais fechados Fox Sports Brasil e SporTV.

No Paraguai[editar | editar código-fonte]

No Paraguai, as finais foram emitidas através de um canal de televisão aberta (Telefuturo) pela primeira vez em quase duas décadas, além do canal a cabo proprietário dos direitos de transmissão, a Fox Sports (Cone Sul).[6]

Outros países[editar | editar código-fonte]

As partidas foram transmitidas pela Fox Sports International para toda a América Latina e para os Estados Unidos.

Caminho até a final[editar | editar código-fonte]

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Atlético Mineiro 15 6 5 0 1 16 9 +7
Brasil São Paulo 7 6 2 1 3 8 8 0
Argentina Arsenal de Sarandí 7 6 2 1 3 10 15 –5
Bolívia The Strongest 6 6 2 0 4 8 10 –2
Equipe Pts J V E D GP GC SG
Paraguai Olimpia 13 6 4 1 1 16 7 +9
Argentina Newell's Old Boys 9 6 3 0 3 11 10 +1
Chile Universidad de Chile 9 6 3 0 3 7 9 –2
Venezuela Deportivo Lara 4 6 1 1 4 8 16 –8

Fase final[editar | editar código-fonte]

Atlético Mineiro
Adversário Local Placar
Brasil São Paulo Fora 2–1
Casa 4–1
México Tijuana Fora 2–2
Casa 1–1
Argentina Newell's Old Boys Fora 0–2
Casa 2–0 (3–2 p)
Olimpia
Adversário Local Placar
Argentina Tigre Fora 1–2
Casa 2–0
Brasil Fluminense Fora 0–0
Casa 2–1
Colômbia Santa Fe Casa 2–0
Fora 0–1

Detalhes[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida[editar | editar código-fonte]

17 de julho Olimpia Paraguai 2 – 0 Brasil Atlético Mineiro Estádio Defensores del Chaco, Assunção
20:50 (UTC−4)
Silva Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23'
Pittoni Gol marcado aos 90+4 minutos de jogo 90+4'
Relatório Árbitro: ArgentinaARG Néstor Pitana
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Olimpia
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-MG
GK 1 Uruguai Martín Silva
DF 5 Paraguai Julio Manzur
DF 15 Paraguai Herminio Miranda Penalizado com cartão amarelo após 18 minutos 18'
DF 19 Paraguai Salustiano Candia (Capitão)
MF 3 Uruguai Alejandro Silva Penalizado com cartão amarelo após 23 minutos 23'
MF 8 Paraguai Wilson Pittoni Penalizado com cartão amarelo após 90+5 minutos 90+5'
MF 14 Paraguai Eduardo Aranda
MF 4 Argentina Matías Giménez Penalizado com cartão amarelo após 9 minutos 9' Substituído após 46 minutos de jogo 46'
MF 17 Argentina Nelson Benítez
FW 16 Paraguai Fredy Bareiro Substituído após 90 minutos de jogo 90'
FW 10 Uruguai Juan Manuel Salgueiro Substituído após 89 minutos de jogo 89'
Substitutos:
GK 25 Paraguai Blas Hermosilla
DF 24 Paraguai Ricardo Mazacotte
DF 6 Paraguai Enrique Gabriel Meza
MF 13 Paraguai Carlos Humberto Paredes Entrou em campo após 89 minutos 89'
MF 23 Paraguai Jorge Báez
FW 7 Paraguai Enzo Prono Entrou em campo após 90 minutos 90'
FW 9 Argentina Juan Carlos Ferreyra Entrou em campo após 46 minutos 46'
Treinador:
Paraguai Ever Hugo Almeida
GK 1 Brasil Victor
DF 2 Brasil Marcos Rocha Penalizado com cartão amarelo após 81 minutos 81'
DF 4 Brasil Réver (Capitão)
DF 3 Brasil Leonardo Silva
DF 20 Brasil Richarlyson Penalizado a 45+1 minutosPenalizado a 90 minutosExpulso a 90 minutos 45+1', 90'
MF 5 Brasil Pierre
MF 28 Brasil Josué Penalizado com cartão amarelo após 43 minutos 43'
FW 9 Brasil Diego Tardelli
MF 10 Brasil Ronaldinho Gaúcho Substituído após 65 minutos de jogo 65'
FW 27 Brasil Luan Substituído após 64 minutos de jogo 64'
FW 7 Brasil Substituído após 79 minutos de jogo 79'
Substitutos:
GK 12 Brasil Giovanni
DF 15 Brasil Gilberto Silva
DF 6 Brasil Júnior César
DF 29 Brasil Michel
MF 18 Brasil Rosinei Entrou em campo após 64 minutos 64'
FW 19 Brasil Alecsandro Entrou em campo após 79 minutos 79'
FW 17 Brasil Guilherme Entrou em campo após 65 minutos 65'
Treinador:
Brasil Cuca

Assistentes:[7]
Argentina Hernán Maidana
Argentina Juan Pablo Belatti
Quarto árbitro:
Argentina Germán Delfino

Jogo de volta[editar | editar código-fonte]

24 de julho Atlético Mineiro Brasil 2 – 0 (pro) Paraguai Olimpia Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:50 (UTC−3)
Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Leonardo Silva Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Relatório Público: 56 557[8]
Renda: R$ 14.176.146,00[8]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán
    Penalidades  
Alecsandro Convertido
Guilherme Convertido
Convertido
Leonardo Silva Convertido
4 – 3 Erro Miranda
Convertido Ferreyra
Convertido Candia
Convertido Aranda
Erro Giménez
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atlético-MG
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Olimpia
GK 1 Brasil Victor
DF 29 Brasil Michel Substituído após 72 minutos de jogo 72'
DF 4 Brasil Réver (Capitão)
DF 3 Brasil Leonardo Silva
DF 6 Brasil Júnior César
MF 5 Brasil Pierre Substituído após 46 minutos de jogo 46'
MF 28 Brasil Josué
FW 9 Brasil Diego Tardelli Substituído após 80 minutos de jogo 80'
MF 10 Brasil Ronaldinho Gaúcho
MF 11 Brasil Bernard Penalizado com cartão amarelo após 22 minutos 22'
FW 7 Brasil
Substitutos:
GK 12 Brasil Giovanni
DF 15 Brasil Gilberto Silva
MF 18 Brasil Rosinei Entrou em campo após 46 minutos 46'
MF 8 Brasil Leandro Donizete
FW 19 Brasil Alecsandro Entrou em campo após 72 minutos 72'
FW 17 Brasil Guilherme Entrou em campo após 80 minutos 80'
FW 27 Brasil Luan Penalizado com cartão amarelo após 109 minutos 109'
Treinador:
Brasil Cuca
GK 1 Uruguai Martín Silva Penalizado com cartão amarelo após 84 minutos 84'
DF 24 Paraguai Ricardo Mazacotte
DF 15 Paraguai Herminio Miranda
DF 5 Paraguai Julio Manzur Penalizado a 58 minutosPenalizado a 85 minutosExpulso a 85 minutos 58', 85'
DF 19 Paraguai Salustiano Candia (Capitão)
MF 17 Argentina Nelson Benítez Penalizado com cartão amarelo após 22 minutos 22'
MF 8 Paraguai Wilson Pittoni
MF 14 Paraguai Eduardo Aranda
MF 3 Uruguai Alejandro Silva Substituído após 71 minutos de jogo 71'
FW 10 Uruguai Juan Manuel Salgueiro Penalizado com cartão amarelo após 72 minutos 72' Substituído após 83 minutos de jogo 83'
FW 16 Paraguai Fredy Bareiro Substituído após 46 minutos de jogo 46'
Substitutos:
GK 25 Paraguai Blas Hermosilla
DF 6 Paraguai Enrique Gabriel Meza
MF 13 Paraguai Carlos Humberto Paredes
MF 4 Argentina Matías Giménez Penalizado com cartão amarelo após 105 minutos 105' Entrou em campo após 71 minutos 71'
MF 23 Paraguai Jorge Báez Entrou em campo após 83 minutos 83'
FW 9 Argentina Juan Carlos Ferreyra Penalizado com cartão amarelo após 88 minutos 88' Entrou em campo após 46 minutos 46'
FW 11 Paraguai Arnaldo Castorino
Treinador:
Paraguai Ever Hugo Almeida

Assistentes:[7]
Colômbia Humberto Clavijo
Colômbia Eduardo Ruiz
Quarto árbitro:
Colômbia Ímer Machado

Referências

  1. «Galo perde para o Olimpia e aposta em nova virada para ser campeão». Globoesporte.com. 17 de julho de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  2. «Atlético-MG leva gol no fim, perde por 2 a 0 e terá de repetir semifinal para ser campeão». espn.uol.com.br. 17 de julho de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  3. «Nos pênaltis, Atlético-MG conquista a Libertadores contra Olimpia». O Globo. 25 de julho de 2013. Consultado em 25 de julho de 2013 
  4. «Histórico! Galo bate Olimpia nos pênaltis e é campeão da Libertadores». Globoesporte.com. 24 de julho de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  5. «Pode acreditar! Atlético-MG vence Olimpia nos pênaltis e é campeão da Libertadores». espn.uol.com.br. 25 de julho de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  6. «Telefuturo transmitirá los partidos de Olimpia» (em espanhol). Última Hora. 12 de julio de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. a b «Copa Bridgestone Libertadores 2013: árbitros para las finales». CONMEBOL. 11 de julho de 2013 
  8. a b «Com mais de R$ 14 milhões, Atlético-MG x Olimpia se torna a maior renda do futebol brasileiro». espn.uol.com.br. 24 de julho de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]