Final da Copa Libertadores da América de Futebol Feminino de 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Copa Libertadores da América Futebol Feminino de 2017
Libertadores-femenino-final-750px.jpg
Evento Copa Libertadores da América de Futebol Feminino de 2017
Data 21 de outubro
Local Estádio Arsenio Erico, Assunção
Árbitro VenezuelaVEN Eyerlitz Escalona

A Final da Copa Libertadores da América de Futebol Feminino de 2017 foi a decisão da 9ª edição da Copa Libertadores da América de Futebol Feminino. Foi disputada entre o Grêmio Osasco Audax, que disputou a competição em parceria com o Sport Club Corinthians Paulista, do Brasil e o Club Social y Deportivo Colo-Colo, do Chile em 21 de outubro no Estádio Arsenio Erico, em Assunção, capital do Paraguai.[1][2][3]

O campeão foi o Audax, que em parceira com o Corinthians conquistou seu primeiro título da competição, ao derrotar a equipe chilena do Colo-Colo nas penalidades, tornando-se a 4ª equipe brasileira a lograr o título do torneio continental, sacramentando a 7ª conquista de times brasileiros em 9 edições da Libertadores Feminina. Foi a primeira vez que uma equipe conquistou o título em parceria com outra. Foi a segunda final definida pela disputa de pênaltis.[4]

Caminho até a final[editar | editar código-fonte]

Os finalistas iniciaram a competição na fase do torneio, a fase de grupos, disputando quatro jogos até chegar à grande final.

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Chile Colo-Colo 7 3 2 1 0 12 5 +7
Paraguai Cerro Porteño 7 3 2 1 0 7 3 +4
Peru Universitario 3 3 1 0 2 2 8 –6
Uruguai Colón 0 3 0 0 3 3 8 –5
Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Audax 9 3 3 0 0 10 2 +8
Colômbia Santa Fe 4 3 1 1 1 12 6 +6
Paraguai Sportivo Limpeño 4 3 1 1 1 8 5 +3
Bolívia Deportivo ITA 0 3 0 0 3 4 21 –17

Fase final[editar | editar código-fonte]

Chile Colo-Colo Libertadores Feminina 2017 Brasil Audax
Time Resultado Time Resultado
Argentina River Plate 2 – 0
Semifinais
Paraguai Cerro Porteño 3 – 0

Detalhes[editar | editar código-fonte]

21 de outubro Colo-Colo Chile 0 – 0 Brasil Audax Estádio Arsenio Erico, Assunção
20:15
Relatório Árbitro: VenezuelaVEN Eyerlitz Escalona
    Penalidades  
Gloria Villamayor Convertido
Karen Araya Convertido
Nathalie Quezada Convertido
Claudia Soto Erro
Carla Guerrero Convertido
Camila Saez Erro
Rocío Soto Erro
4 – 5 Erro Carina Fernandes
Convertido Daiane Rodrigues
Convertido Kerolin Israel
Convertido Ingrid Frisanco
Convertido Byanca Brasil
Erro Yasmin Assis
Convertido Ana Araújo
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Colo-Colo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Audax
G 12 Chile Carolina Armijo
Z 2 Chile Rocío Souto
Z 3 Chile Carla Guerrero
Z 6 Chile Claudia Soto Capitão
Z 7 Chile Bárbara Muñoz
M 14 Chile Ana Gutierrez Substituído após 73 minutos de jogo 73'
M 17 Chile Geraldine Leyton
M 10 Paraguai Gloria Villamayor
A 18 Chile Camila Saez
A 19 Chile Yessemia Huenteo
A 8 Chile Karen Araya
Reservas:
G 1 Chile Romina Parraguirre
Z 4 Chile Anabel Guzmán
Z 5 Chile Yastin Jiménez
A 9 Chile Nathalie Quezada Entrou em campo após 73 minutos 73'
M 11 Chile Jeannette Aguirre
M 13 Chile Fernanda Contreras
M 15 Chile Catalina Alarcón
A 16 Chile Fernanda Hidalgo
A 20 Chile Yanara Lepin
Treinador:
Chile Carlos Veliz
G 12 Brasil Lelê
Z 3 Brasil Ingrid Frisanco
Z 4 Brasil Tamires Souza
V 5 Brasil Monique dos Santos Penalizado com cartão amarelo após 85 minutos 85' Substituído após 90+1 minutos de jogo 90+1'
LE 6 Brasil Yasmin Assis
M 7 Brasil Grazi Substituído após 82 minutos de jogo 82'
M 11 Brasil Raquel dos Santos Penalizado a 84 minutosPenalizadoExpulso a 84 minutos 84'
M 17 Argentina Patrícia Padium Substituído após 71 minutos de jogo 71'
A 18 Brasil Kerolin Israel
A 19 Brasil Paula Pires
M 20 Brasil Daiane Rodrigues Capitão
Reservas:
G 1 Brasil Tainá Borges
LE 2 Brasil Leidi
Z 8 Brasil Ana Araújo Entrou em campo após 71 minutos 71'
Z 15 Argentina Agustina Barroso
Z 16 Brasil Antônia
A 9 Brasil Byanca Brasil Entrou em campo após 90+1 minutos 90+1'
LE 10 Brasil Rosana dos Santos
M 13 Brasil Carina Fernandes Entrou em campo após 82 minutos 82'
V 14 Brasil Amanda Brunner
Treinador:
Brasil Arthur Elias

Árbitras assistentes:
Venezuela Yoleida Lara
Venezuela Migdalia Rodríguez
Quarta árbitra:
Equador Susan Corella
Delegado:
Paraguai Arturo Barchini
Coordenador:
Bolívia Roger Bello

Regras da partida

  • 90 minutos
  • 9 substitutos
  • Máximo de 3 substituições

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores da América Feminina de 2017
Brasil
AUDAX
Campeão
(1º título)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]