Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2021
كأس العالم للأندية لكرة القدم قطر 2021
O Estádio Mohammed Bin Zayed recebeu a partida final.
Evento Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2021
Data 12 de fevereiro de 2022
Local Estádio Mohammed Bin Zayed, Abu Dhabi
Público 32 871

A final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2021 foi a última partida da Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2021, um torneio internacional de futebol de clubes organizado pelos Emirados Árabes Unidos. Foi a 18ª final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA, um torneio organizado pela FIFA entre os campeões de cada uma das seis confederações continentais, bem como os campeões da liga do país anfitrião. O Chelsea venceu a final por 2 a 1 contra o Palmeiras.[1]

Estádio[editar | editar código-fonte]

Al Jazira Mohammed Bin Zayed Stadium, é um estádio multi-uso que fica em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos. Atualmente, é utilizado principalmente para jogos de futebol e críquete e é a casa do Al-Jazira Club.

O estádio original tinha capacidade para 15 mil pessoas, mas atualmente está passando por uma reforma de expansão e passará a comportar 40 mil pessoas, além de transformá-lo em um dos estádios mais modernos e confortáveis do mundo. O programa de expansão também inclui a construção de duas torres residenciais.

Caminho para a final[editar | editar código-fonte]

Inglaterra Chelsea Equipe Brasil Palmeiras
Oponente Resultado Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2021 Oponente Resultado
não disputou Segunda rodada não disputou
Arábia Saudita Al-Hilal 1–0 Semifinais Egito Al-Ahly 2–0

Partida[editar | editar código-fonte]

Jogadores do Chelsea e do Palmeiras em disputa de bola na final

Final[editar | editar código-fonte]

A partida entre Chelsea e Palmeiras que decidiu o Copa do Mundo de Clubes de 2021 foi bastante disputada no Estádio Mohammed Bin Zayed. As equipes empataram por 1 a 1, com o atacante belga Romelu Lukaku marcando para os ingleses aos 9 minutos do segundo tempo e Raphael Veiga, de pênalti, marcado para os brasileiros, aos 18 minutos da segunda etapa.

O empate persistiu até o fim do tempo normal regulamentar, fazendo com que as equipes seguissem para a prorrogação, na qual o Chelsea levou a melhor, com o atacante alemão Kai Havertz marcando, também de pênalti, o gol da vitória, faltando três minutos para o fim do tempo extra. Com o resultado de 2 a 1, o Chelsea conquistou seu primeiro título mundial e o Palmeiras ficou com o vice-campeonato.[2]

12 de fevereiro de 2022 Chelsea Inglaterra 2 – 1 (pro) Brasil Palmeiras Estádio Mohammed Bin Zayed, Abu Dhabi
20:30 (UTC+4)
Lukaku Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Havertz Gol marcado aos 117 minutos de jogo 117' (pen)
Relatório Raphael Veiga Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64' (pen) Público: 32 871[3]
Árbitro: AustráliaAUS Chris Beath
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Chelsea
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Palmeiras
GK 16 Senegal Édouard Mendy
CB 4 Dinamarca Andreas Christensen Substituído após 91 minutos de jogo 91'
CB 6 Brasil Thiago Silva
CB 2 Alemanha Antonio Rüdiger
RM 28 Espanha César Azpilicueta (c)
CM 7 França N'Golo Kanté
CM 8 Croácia Mateo Kovačić Substituído após 91 minutos de jogo 91'
LM 20 Inglaterra Callum Hudson-Odoi Substituído após 76 minutos de jogo 76'
RF 19 Inglaterra Mason Mount Substituído após 31 minutos de jogo 31'
CF 9 Bélgica Romelu Lukaku Substituído após 76 minutos de jogo 76'
LF 29 Alemanha Kai Havertz Penalizado com cartão amarelo após 118 minutos 118'
Substitutes:
GK 1 Espanha Kepa Arrizabalaga
GK 13 Inglaterra Marcus Bettinelli
DF 3 Espanha Marcos Alonso
DF 14 Inglaterra Trevoh Chalobah
DF 31 França Malang Sarr Entrou em campo após 91 minutos 91'
MF 5 Itália Jorginho
MF 17 Espanha Saúl Entrou em campo após 76 minutos 76'
MF 18 Inglaterra Ross Barkley
MF 22 Marrocos Hakim Ziyech Entrou em campo após 91 minutos 91'
MF 23 Brasil Kenedy
FW 10 Estados Unidos Christian Pulisic Entrou em campo após 31 minutos 31'
FW 11 Alemanha Timo Werner Entrou em campo após 76 minutos 76'
Manager:
Alemanha Thomas Tuchel
Chelsea vs Palmeiras 2022-02-12.svg
GK 21 Brasil Weverton
RB 2 Brasil Marcos Rocha Substituído após 118 minutos de jogo 118'
CB 15 Paraguai Gustavo Gómez (c)
CB 13 Brasil Luan Penalizado a 115 minutosExpulso a 120+6 minutos 115', 120+6'
LB 22 Uruguai Joaquín Piquerez
CM 28 Brasil Danilo
CM 8 Brasil Zé Rafael Substituído após 60 minutos de jogo 60'
RW 7 Brasil Dudu Substituído após 103 minutos de jogo 103'
AM 23 Brasil Raphael Veiga Substituído após 78 minutos de jogo 78'
LW 14 Brasil Gustavo Scarpa
CF 10 Brasil Rony Substituído após 77 minutos de jogo 77'
Substitutes:
GK 31 Brasil Mateus
GK 42 Brasil Marcelo Lomba
DF 4 Chile Benjamín Kuscevic
DF 6 Brasil Jorge
DF 12 Brasil Mayke
DF 26 Brasil Murilo
MF 20 Colômbia Eduard Atuesta Penalizado com cartão amarelo após 116 minutos 116' Entrou em campo após 78 minutos 78'
MF 30 Brasil Jailson Entrou em campo após 60 minutos 60'
FW 11 Brasil Wesley Penalizado com cartão amarelo após 105 minutos 105' Entrou em campo após 77 minutos 77'
FW 16 Brasil Deyverson Entrou em campo após 118 minutos 118'
FW 19 Brasil Breno Lopes
FW 29 Brasil Rafael Navarro Entrou em campo após 103 minutos 103'
Manager:
Portugal Abel Ferreira Penalizado com cartão amarelo após 120+1 minutos 120+1'

Homem do jogo:
Antonio Rüdiger (Chelsea)

Bandeirinhas:
Anton Shchetinin (Austrália)
Ashley Beecham (Austrália)
Quarto árbitro:
Mustapha Ghorbal (Argélia)
Árbitro assistente reserva:
Abdelhak Etchiali (Argélia)
'Árbitro assistente de vídeo:
Massimiliano Irrati (Itália)
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:
Nicolás Gallo (Colômbia)
Mokrane Gourari (Argélia)
Ammar Al-Jeneibi (Emirados Árabes Unidos)

Regras do jogo[4]

  • Máximo de cinco substituições, com uma sexta sendo permitida no tempo extra.[note 1]
Equipe do Chelsea levanta o troféu de campeã

Notas

  1. Cada equipe teve apenas três oportunidades para fazer substituições, com uma quarta oportunidade na prorrogação, excluindo substituições feitas no intervalo, antes do início da prorrogação e no intervalo da prorrogação.

Referências

  1. «Chelsea vence o Palmeiras na prorrogação e é campeão mundial». R7. 12 de fevereiro de 2022. Consultado em 12 de fevereiro de 2022 
  2. «Não foi dessa vez! Chelsea bate o Palmeiras na prorrogação e conquista o Mundial de Clubes». Lance!. Consultado em 14 de fevereiro de 2022 
  3. «Chelsea vs. Palmeiras». FIFA.com. Fédération Internationale de Football Association. 12 de fevereiro de 2022. Consultado em 13 de fevereiro de 2022 
  4. «Regulations FIFA Club World Cup UAE 2021» (PDF). FIFA.com. Fédération Internationale de Football Association. 29 de novembro de 2021. Consultado em 8 de fevereiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]