Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2019–20

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2019–20
Evento Liga dos Campeões da UEFA de 2019–20
Data 23 de agosto de 2020
Local Estádio da Luz, Lisboa
Árbitro ItáliaITA Daniele Orsato[1]
Público 0[nota 1]

A Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2019–20 foi a 65ª edição da decisão da principal competição de clubes da Europa e a 28ª final desde que a competição deixou de ser chamada Copa dos Clubes Campeões Europeus e passou a chamar-se Liga dos Campeões da UEFA. Foi disputada em 23 de agosto no Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal.

O vencedor da partida irá jogar a Supercopa da UEFA de 2020 contra a equipe vencedora da Liga Europa da UEFA de 2019–20. A mesma também se qualificará a Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2020 como representante da UEFA.

Local[editar | editar código-fonte]

Um concurso aberto foi lançado em 22 de setembro de 2017 pela UEFA para selecionar os locais das finais da Liga dos Campeões da UEFA, Liga Europa e Liga dos Campeões da UEFA Feminino em 2020. As federações tinham até 31 de outubro de 2017 para manifestar interesse e dossiês de candidatura deve ser apresentado até 1 de março de 2018. Não foi permitido as federações anfitriãs de jogos da Eurocopa de 2020 participar do processo seletivo da sede.

A UEFA anunciou em 24 de maio de 2017 que duas associações expressaram interesse em receber a final.[3] E em 3 de novembro de 2017 a UEFA confirmou oficialmente as duas associações concorrentes para receber a final.[4]

País Estádio Cidade Capacidade Notas
Portugal Portugal Estádio da Luz Lisboa 65 647 Estádio da Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2013–14
 Turquia Estádio Olímpico Atatürk Istambul 76 092 Estádio da Final da Liga dos Campeões da UEFA de 2004–05

O Estádio Olímpico Atatürk foi selecionado pelo Comitê Executivo da UEFA durante sua reunião em Kiev, em 24 de maio de 2018, mas devido a Pandemia de COVID-19 na Europa em 17 de junho de 2020, o Comité Executivo da UEFA escolheu o Estádio da Luz para sediar a final em 2020, repassando Istambul para 2021.[5]

Caminho até a final[editar | editar código-fonte]

Nota: Em todos os resultados abaixo, os gols dos finalistas é dado primeiro (C: casa; F: fora).

França Paris Saint-Germain Fase Alemanha Bayern de Munique
Oponente Resultado Fase de grupos Oponente Resultado
Espanha Real Madrid 3–0 (C) 1ª rodada Sérvia Estrela Vermelha 3–0 (C)
Turquia Galatasaray 1–0 (F) 2ª rodada Inglaterra Tottenham 7–2 (F)
Bélgica Brugge 5–0 (F) 3ª rodada Grécia Olympiakos 3–2 (F)
Bélgica Brugge 1–0 (C) 4ª rodada Grécia Olympiakos 3–0 (C)
Espanha Real Madrid 2–2 (F) 5ª rodada Sérvia Estrela Vermelha 6–0 (F)
Turquia Galatasaray 5–0 (C) 6ª rodada Inglaterra Tottenham 3–1 (C)
Pos. Equipe Pts
1 França Paris Saint-Germain 16
2 Espanha Real Madrid 11
3 Bélgica Brugge 3
4 Turquia Galatasaray 2
Fonte:
Classificação final
Pos. Equipe Pts
1 Alemanha Bayern de Munique 18
2 Inglaterra Tottenham 10
3 Grécia Olympiakos 4
4 Sérvia Estrela Vermelha 3
Fonte:
Oponente Agr. Ida Volta Fase final Oponente Agr. Ida Volta
Alemanha Borussia Dortmund 3–2 1–2 (F) 2–0 (C) Oitavas de final Inglaterra Chelsea 7–1 3–0 (F) 4–1 (C)
Itália Atalanta 2–1 Jogo único Quartas de final Espanha Barcelona 8–2 Jogo único
Alemanha RB Leipzig 3–0 Jogo único Semifinais França Lyon 3–0 Jogo único

Pré-jogo[editar | editar código-fonte]

O italiano Daniele Orsato foi o árbitro da final.

Identidade[editar | editar código-fonte]

A identidade original da final da UEFA Champions League de 2020 foi revelada no sorteio da fase de grupos em 29 de agosto de 2019.[6]

Embaixador[editar | editar código-fonte]

O embaixador da final de Istambul original é o ex-internacional turco Hamit Altıntop,[7] que terminou como vice-campeão na Liga dos Campeões da UEFA de 2009-10 com o Bayern de Munique, além de vencer a Taça Intertoto de 2003 e 2004 com o Schalke 04.

Árbitros[editar | editar código-fonte]

Em 20 de agosto de 2020, a UEFA nomeou o italiano Daniele Orsato como árbitro da final. Orsato é árbitro da FIFA desde 2010 e foi anteriormente o quarto árbitro na final da UEFA Europa League de 2019. Ele também foi árbitro assistente de vídeo assistente na final da Copa do Mundo FIFA de 2018. Ele também foi árbitro assistente adicional no UEFA Euro 2016 e árbitro assistente de vídeo na Copa do Mundo FIFA 2018 . Ele será acompanhado por quatro de seus compatriotas, com Lorenzo Manganelli e Alessandro Giallatini como árbitros assistentes, Massimiliano Irrati como árbitro assistente de vídeo e Marco Guidacomo oficial assistente do VAR. O quarto árbitro é Ovidiu Hațegan, da Romênia, enquanto os espanhóis Roberto Díaz Pérez del Palomar e Alejandro Hernández Hernández servirão como árbitros de apoio VAR e VAR, respectivamente.[1]

Partida[editar | editar código-fonte]

23 de agosto de 2020 Paris Saint-Germain França 0 – 1 Alemanha Bayern de Munique Estádio da Luz, Lisboa
20:00 (UTC+1)
Relatório Coman Gol marcado aos 59 minutos de jogo 59' Público: 0[nota 1]
Árbitro: ItáliaITA Daniele Orsato
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Paris Saint-Germain[8]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Bayern de Munique[8]
GK 1 Costa Rica Keylor Navas
RB 4 Alemanha Thilo Kehrer
CB 2 Brasil Thiago Silva Capitão Penalizado com cartão amarelo após 83 minutos 83'
CB 3 França Presnel Kimpembe
LB 14 Espanha Juan Bernat Substituído após 80 minutos de jogo 80'
CM 21 Espanha Ander Herrera Substituído após 72 minutos de jogo 72'
CM 5 Brasil Marquinhos
CM 8 Argentina Leandro Paredes Penalizado com cartão amarelo após 52 minutos 52'Substituído após 65 minutos de jogo 65'
RF 11 Argentina Ángel Di María
CF 7 França Kylian Mbappé
LF 10 Brasil Neymar Penalizado com cartão amarelo após 82 minutos 82'
Substitutos:
GK 16 Espanha Sergio Rico
GK 30 Polónia Marcin Bułka
DF 20 França Layvin Kurzawa Penalizado com cartão amarelo após 85 minutos 85' Entrou em campo após 80 minutos 80'
DF 22 França Abdou Diallo
DF 25 Países Baixos Mitchel Bakker
DF 31 França Colin Dagba
MF 6 Itália Marco Verratti Entrou em campo após 65 minutos 65'
MF 19 Espanha Pablo Sarabia
MF 23 Alemanha Julian Draxler Entrou em campo após 72 minutos 72'
MF 27 Senegal Idrissa Gueye
FW 17 Camarões Choupo-Moting Entrou em campo após 80 minutos 80'
FW 18 Argentina Mauro Icardi
Técnico:
Alemanha Thomas Tuchel
Paris Saint-Germain vs Bayern Munich 2020-08-23.svg
GK 1 Alemanha Manuel Neuer Capitão
RB 32 Alemanha Joshua Kimmich
CB 17 Alemanha Jérôme Boateng Substituído após 25 minutos de jogo 25'
CB 27 Áustria David Alaba
LB 19 Canadá Alphonso Davies Penalizado com cartão amarelo após 28 minutos 28'
CM 6 Espanha Thiago Substituído após 86 minutos de jogo 86'
CM 18 Alemanha Leon Goretzka
RW 22 Alemanha Serge Gnabry Penalizado com cartão amarelo após 52 minutos 52' Substituído após 68 minutos de jogo 68'
AM 25 Alemanha Thomas Müller Penalizado com cartão amarelo após 90+4 minutos 90+4'
LW 29 França Kingsley Coman Substituído após 68 minutos de jogo 68'
CF 9 Polónia Robert Lewandowski
Substitutos:
GK 26 Alemanha Sven Ulreich
GK 39 Alemanha Ron-Thorben Hoffmann
DF 2 Espanha Álvaro Odriozola
DF 4 Alemanha Niklas Süle Penalizado com cartão amarelo após 56 minutos 56' Entrou em campo após 25 minutos 25'
DF 5 França Benjamin Pavard
DF 21 França Lucas Hernández
MF 8 Espanha Javi Martínez
MF 10 Brasil Philippe Coutinho Entrou em campo após 68 minutos 68'
MF 11 França Mickaël Cuisance
MF 14 Croácia Ivan Perišić Entrou em campo após 68 minutos 68'
MF 24 França Corentin Tolisso Entrou em campo após 86 minutos 86'
FW 35 Países Baixos Joshua Zirkzee
Técnico:
Alemanha Hans-Dieter Flick

Assistentes: [1]
Itália Lorenzo Manganelli
Itália Alessandro Giallatini
Quarto árbitro:[1]
Romênia Ovidiu Hațegan
Árbitro assistente de vídeo:[1]
Itália Massimiliano Irrati
Assistentes do árbitro assistente de vídeo:[1]
Itália Marco Guida
Espanha Roberto Díaz Pérez del Palomar
Árbitro assistente de vídeo para impedimentos:[1]
Espanha Alejandro Hernández Hernández


Regulamento

  • 90 minutos.
  • 30 minutos de prorrogação caso haja empate no tempo normal.
  • Persistindo o empate, o vencedor será decidido nas penalidades máximas.
  • Doze jogadores substitutos.
  • Máximo de cinco substituições, com uma sexta sendo permitida em caso de prorrogação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. a b O restante da competição, realizada em agosto de 2020, foi disputada com os portões fechados devido a pandemia de COVID-19 na Europa.[2]

Referências

  1. a b c d e f g «Referee team appointed for UEFA Champions League final in Lisbon». UEFA.com. Union of European Football Associations. 19 de agosto de 2020. Consultado em 19 de agosto de 2020 
  2. UEFA.com (9 de julho de 2020). «Estádios dos oitavos-de-final confirmados». Consultado em 10 de julho de 2020 
  3. gazetaesportiva.com. «Istambul e Lisboa brigam para receber final da Champions em 2020». Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  4. UEFA.com. «Luz candidata à final da Champions em 2020, Dragão a da Liga Europa». Consultado em 3 de novembro de 2017 
  5. uefa.com. «UEFA competitions to resume in August» (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  6. «UEFA Champions League launches 2020 Istanbul final identity». UEFA.com. Union of European Football Associations. 29 de agosto de 2019 
  7. «EURO 2008 spotlight: How brilliant was Turkey's Hamit Altıntop?». UEFA.com. Union of European Football Associations. 1 de maio de 2020. Consultado em 20 de junho de 2020. ...Turkish Football Federation's Executive Committee members planning the UEFA Champions League 2020 final in Istanbul. Hamit is a UEFA ambassador for the city. 
  8. a b «Tactical Line-ups – Final – Sunday 23 August 2020» (PDF). UEFA.com. Union of European Football Associations. 23 de agosto de 2020. Consultado em 23 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]