Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1977–78

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
1978 European Cup Final
Evento Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1977–78
Data 10 de Maio de 1978
Local Wembley Stadium, Londres
Árbitro Charles Corver (Netherlands)
Público 92,500

A Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1977–78[1] foi um jogo de futebol entre o Liverpool, da Inglaterra, e o Club Brugge, da Bélgica, em 10 de Maio de 1978, no Estádio de Wembley, em Londres, Inglaterra (o local foi decidido em Berna pela UEFA em 20 de setembro de 1977). O Liverpool era o atual campeão e jogou a sua segunda final da Liga dos Campeões e o Club Brugge jogou a sua primeira final da Liga dos Campeões. Os dois clube já tinham se encontrado na final da Copa da UEFA de 1976, na qual o Liverpool venceu por 4 a 3 no agregado. 

O jogo foi assistido por uma multidão de 92.000. O primeiro tempo foi sem gols mas o Liverpool assumiu a liderança no segundo tempo, quando Kenny Dalglish, marcou após um passe de Graeme Souness. Eles mantiveram essa liderança e venceram o jogo por 1-0, garantindo a segunda Liga dos Campeões,[2] eles se tornaram o primeiro time inglês a ganhar o bi-campeonato da Liga dos Campeões.[3]

Rota para a final[editar | editar código-fonte]

Liverpool[editar | editar código-fonte]

Rodada Adversários Ida Volta Agg.
Bye
Dynamo Dresden 5-1 (C) 1-2 (F) 6-3
Quartas-de-final Benfica 2-1 (F) 4-1 (C) 6-2
Semi-finais Mönchengladbach 1-2 (F) 3-0 (C) 4-2

Como campeões da Liga dos Campeões anterior, eles não jogaram na primeira fase. Na segunda rodada, eles enfrentaram o campeão da Alemanha Oriental, Dínamo Dresden. O Liverpool ganhou o jogo de ida, disputado em Anfield, por 5-1. O Dresden venceu o segundo jogo por 2 a 1 em casa, no Glücksgas, e o Liverpool passou com a vitória por 6-3 no agregado.

Nas quartas-de-final, o Liverpool enfrentou o campeão português, Benfica. O jogo de ida foi disputado no Estádio da Luz e terminou com vitória do Liverpool por 2 a 1. O segundo jogo em Anfield, foi vencida pelo Liverpool por 4 a 1.

O adversário do Liverpool nas semifinais foi o Borussia Mönchengladbach, time que eles haviam vencido na final da Liga dos Campeões no ano anterior. O primeiro jogo foi disputada na Alemanha, no Bökelbergstadion, que era a casa do Borussia na época e o Borussia venceu por 2 a 1. O Borussia dortmund assumiu a liderança quando Wilfried Hannes marcou. O Liverpool empatou em 88 minutos, quando David Johnson marcou, mas no minuto seguinte Rainer Bonhof marcado a partir de um de 22 jardas de um pontapé-livre, então, o Borussia venceu por 2-1. Na segunda partida, em Anfield, Ray KennedyKenny Dalglish e Jimmy Case marcaram e o Liverpool se classificou para a final.

Club Brugge[editar | editar código-fonte]

Rodada Adversários Ida Volta Agg.
KuPS 4-0 (F) 5-2 (C) 9-2
Panathinaikos 2-0 (C) 0-1 (F) 2-1
Quartas-de-final Atlético De Madrid 2-0 (C) 2-3 (F) 4-3
Semi-finais Juventus 0-1 (F) 2-0 (C) 2-1

O Club Brugge se classificou para a competição pois venceu a Primeira Divisão Belga de 1976-77. Seus adversários na primeira fase foi os campeões finlandeses, Kuopion Palloseura (KuPS). O Brugge venceu a primeira partida por 4-0 na casa do KuPS e venceu também a segunda partida por 5–2 em casa no Jan Breydel Stadium.

Seus oponentes na segundo fase foram os campeões gregos, Panathinaikos. O primeiro jogo foi na Bélgica e o Brugge venceu por 2-0, a segunda partida foi disputada no Estádio Apostolos Nikolaidis. O Panathinaikos venceu a partida por 1 a 0 mas o Brugge passou de fase devido a vitória no agregado por 2 a 1.

A primeira partida foi na Bélgica e foi vencida por 2 a 0 pelo Brugge. O segundo jogo foi disputado no Estádio Vicente Calderón e o Brugge perdeu o jogo por 3-2, mas venceu a eliminatória por um um placar agregado de 4–3.

A campeã italiana Juventus foi a próxima adversária do clube. A primeira partida, no Stadio Olimpico di Torino, foi empate sem gols até os 86 minutos quando Roberto Bettega marcou para dar a vitória para a Juventus por 1-0. O segundo jogo na Bélgica também terminou 1-0 e eles tiveram que ir para a prorrogação. Aos 116 minutos, René Vandereycken, fez o gol que leveu o Brugge para a sua primeira final da Liga dos Campeões. 

Partida[editar | editar código-fonte]

Antes[editar | editar código-fonte]

A final foi realizada no Wembley, que já havia tido três finais.

Como a final foi realizada na Inglaterra, em Wembley, o Liverpool foi considerado favoritos. Infelizmente, Raoul Lambert do Brugge e Tommy Smith e David Johnson do Liverpool, não jogaram devido a lesões.

Resumo[editar | editar código-fonte]

O primeiro tempo foi sem graça. com o Brugge realizando uma forte marcação e uma linha de impedimento para restringir o ataque do Liverpool. No final do primeiro tempo, o Liverpool passou a ter mais chances de marcar e o goleiro do Brugge, Birger Jensen. fez duas defesas cruciais nos chutes de David Fairclough e Alan Hansen.

No início do segundo tempo, Jensen fez outra defesa, desta vez de um chute de Terry McDermott. A primeira grande oportunidade do Brugge surgiu alguns minutos depois, quando um cruzamento de René Vandereycken chegou a Jan Sørensen no lado direito mas o chute foi bloqueado pelo capitão do Liverpool, Emlyn Hughes. Dois minutos depois da entrada de Steve Heighway no Liverpool, Kenny Dalglish recebeu a bola na área e fez o gol que garantiu o título..

Brugge criou apenas mais uma chance dez minutos antes do final da partida mas Sørensen teve seu chute defendido por Clemence e jogo permaneceu 1-0.[4]

Detalhes[editar | editar código-fonte]

10 de Maio de 1978 Liverpool Inglaterra 1 – 0 Bélgica Club Brugge Wembley Stadium , Londres

Dalglish Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64' Público: 92,500
Árbitro: Charles Corver Países Baixos
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Liverpool[5]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Club Brugge<ref name="line-ups">
GK 1 Inglaterra Ray Clemence
RB 2 Inglaterra Phil Neal
CB 3 Escócia Alan Hansen
CB 4 Inglaterra Phil Thompson
LM 5 Inglaterra Ray Kennedy
LB 6 Inglaterra Emlyn Hughes (c)
CF 7 Escócia Kenny Dalglish
RM 8 Inglaterra Jimmy Case Penalizado com cartão amarelo após 29 minutos 29' Substituído após 63 minutos de jogo 63'
CF 9 Inglaterra David Fairclough
CM 10 Inglaterra Terry McDermott
CM 11 Escócia Graeme Souness
Substitutes:
MF 12 República da Irlanda Steve Heighway Entrou em campo após 63 minutos 63'
Manager:
Inglaterra Bob Paisley
Liverpool vs Club Brugge 1978-05-10.svg
GK 1 Dinamarca Birger Jensen
DF 2 Bélgica Fons Bastijns (c)
DF 3 Áustria Eduard Krieger
DF 4 Bélgica Georges Leekens
DF 5 Bélgica Gino Maes Substituído após 80 minutos de jogo 80'
MF 6 Bélgica Julien Cools
MF 7 Bélgica René Vandereycken Penalizado com cartão amarelo após 35 minutos 35'
MF 8 Bélgica Dany De Cubber
FW 9 Bélgica Jan Simoen
MF 10 Hungria Lajos Kű Substituído após 58 minutos de jogo 58'
FW 11 Dinamarca Jan Sørensen
Substitutes:
MF 13 Bélgica Dirk Sanders Entrou em campo após 58 minutos 58'
DF 14 Bélgica Jos Volders Entrou em campo após 80 minutos 80'
Manager:
Áustria Ernst Happel

Pós-jogo[editar | editar código-fonte]

Após a partida, o defensor do Liverpool, Tommy Smith, criticou o Brugge por sua abordagem, dizendo: "Foi uma atitude patética. Você não ganha nada assim".

O treinador do Liverpool, Bob Paisley, também criticou as táticas da equipe belga: "É preciso duas equipes para transformar um jogo em um espetáculo e o Brugge apenas se preocupou em manter o placar. Brugge não chegou perto de nós. Mas eles eram bem organizados na defesa. Nós controlamos o jogo do começo ao fim." 

Entretanto, o treinador do Club Brugge, Ernst Happel, criticou a qualidade da equipa do Liverpool: "O Liverpool parecia apenas uma sombra da equipa que enfrentamos na final da Copa da UEFA há duas temporadas. Fiquei desapontado com eles, mas eles mereceram a vitória."

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «European Champions' Cup 1977-78 - Details». www.rsssf.com. Consultado em 10 de maio de 2018 
  2. «Liverpool FC». Liverpool FC 
  3. Echo, Liverpool (19 de maio de 2005). «Liverpool 1, FC Bruges 0». liverpoolecho 
  4. LFChistory.net. «The Guardian match report - LFChistory - Stats galore for Liverpool FC!». www.lfchistory.net. Consultado em 10 de maio de 2018 
  5. «Liverpool 1, FC Bruges 0». Liverpool Echo. 11 de maio de 1978. Consultado em 14 de junho de 2017 

Links externos[editar | editar código-fonte]