Fios de Kirschner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Os Fios de Kirschner ou K-fios ou pinos são esterilizados, afiados, feitos de aço inoxidável liso. Introduzidos em 1909 por Martin Kirschner, os fios são hoje amplamente utilizados em ortopedia e outros tipos de cirurgia médica e veterinária. Eles vêm em diferentes tamanhos e são usados ​​para manter fragmentos ósseos juntos (fixação de pino) ou para fornecer uma fixação para tração esquelética. Os pinos são muitas vezes levados para o osso através da pele (fixação percutânea) utilizando uma broca eletrica ou manual. Eles também formam parte do aparelho de Ilizarov.

Os K-fios rosqueados são utilizados em situações em que a retirada do pino é indesejável, mas eles são mais fracos. Já os pinos Denham são varetas fortes, com uma porção de rosca no meio. Eles são usados ​​para tração esquelética de engate através de rosqueamento no osso.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.