Fita adesiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rolo de fita adesiva, também chamado porta-durex no Brasil.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fita adesiva

Fita adesiva, fita gomada ou fita-cola é uma fita de pano, papel ou plástico, com uma (por vezes ambas) superfície coberta por uma substância colante, usada para juntar duas superfícies.

No Brasil é comum chamar durex à fita adesiva transparente de tamanho unico de aproximadamente um centímetro de largura, usada para colar papel ou papelão. O nome de durex teve origem no produto fabricado pela empresa de mesmo nome no Brasil a partir de 1946, nome esse que acabou por se aplicar a todos os produtos semelhantes.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O adesivo sensível à pressão (PSA), um componente chave de algumas fitas adesivas, foi desenvolvido pela primeira vez em 1845 pelo cirurgião Dr. Horace Day.[1] Em 1901, o alemão Oscar Troplowitz inventou um adesivo chamado Leukoplast para a empresa alemã Beiersdorf AG. Em 1936, a empresa alemã Beiersdorf AG inventou um adesivo transparente chamado "Tesa".[2]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ferramentas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Journal of the American Institute for Conservation, By Merrily A. Smith, Norvell M. M. Jones, II, Susan L. Page and Marian Peck Dirda;JAIC 1984, Volume 23, Number 2, Article 3 (pp. 101 to 113)
  2. Tesa.de: Geschichte (German)