Fix You

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Fix You"
Single de Coldplay
do álbum X&Y
Lado B "The World Turned Upside Down"
"Pour Me" (Live at the Hollywood Bowl)
Lançamento 5 de setembro de 2005
Formato(s) 7", CD, download
Gravação 2005
Gênero(s) Rock alternativo, post-britpop, rock progressivo
Duração 4:54 (versão do álbum)
4:35 (versão do vídeo)
4:07 (versão de rádio)
Gravadora(s) Parlophone
Composição Guy Berryman, Jon Buckland, Will Champion, Chris Martin
Produção Coldplay, Ken Nelson
Certificação(ões) Ouro (RIAA)
Cronologia de singles de Coldplay
"Speed of Sound"
(2005)
"Talk"
(2005)

"Fix You" é uma canção da banda inglesa de rock alternativo Coldplay. Foi escrita por todos os membros da banda para o seu terceiro álbum X&Y. A faixa é construída em torno de um órgão de igreja, que é acompanhada por tambores em ritmo lento, e um coro singalong. Foi lançado em 5 de setembro de 2005 como o segundo single de X&Y e atingiu a posição de número quatro na UK Singles Chart. A canção alcançou a posição #18 na Alternative Songs, dos Estados Unidos. Foi lançado como single promocional nos EUA e no RU.

"Fix You" recebeu críticas positivas. Os críticos elogiaram a música da canção. A música ganhou muito destaque, com vários sons diferentes. A canção, em si, foi indicado para vários prêmios nas categorias "Melhor Canção Musicalmente" e "Letra e Hino do Verão". O vídeoclipe foi um tributo aos bombardeios ocorrido em Londres em 7 de julho de 2005.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Ao escrever a canção, o vocalista Chris Martin se inspirou usando um órgão de igreja para a faixa. Não era possível ter acesso ao instrumento, Martin vinha utilizando um teclado velho que era do falecido Bruce Paltrow, pai de Gwyneth.[1] Contudo, em outros casos Martin afirmou que "Fix You" é uma "cópia" do hino da banda inglesa de rock alternativo Elbow, "Grace Under Pressure" de 2003.[2] Algumas fontes afirmam que Martin escreveu a música para sua esposa, Gwyneth Paltrow, após a morte de seu pai, Bruce Paltrow.[3][4]

Quando perguntado sobre o desenvolvimento da música, Martin disse: "Meu sogro Bruce Paltrow comprou um teclado grande, pouco antes de morrer. Ninguém nunca havia tocado nele. Toquei-o e lá estava um som incrível que eu nunca tinha ouvido antes. Todas estas canções derramaram em um só som. O fato de ser o teclado do meu sogro, me inspirou ainda mais."[5] Martin também observou que a canção é "provavelmente a canção mais importante que já escrevi."[6]

Composição[editar | editar código-fonte]

A música de "Fix You " é construído em torno de um órgão de igreja.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

A canção apresenta um som de órgão e piano.[7] A canção começa com uma balada silenciosa de órgão elétrico, incluindo falsetes de Martin.[8] A canção em seguida, constrói com ambas uma guitarra acústica e som de piano. O som então desloca com uma "lamentosa" nota de três toques na linha de guitarra, através de um ritmo trazendo um tempo otimista. Sua instrumentação é variada, com o som estilo de órgão de igreja que paira por todo o fundo,[9] notas de piano, violão e riffs de guitarra elétrica, bateria, e um coro longo.[10]

A mensagem de toda a música, em que Martin canta, são palavras de encorajamento: "Lights will guide you home / And ignite your bones/And I will try to fix you."[11][12][13] Michele Hatty do USA Weekend reportou que Martin canta sobre recuperação de tristeza na música.[14] Travis Gass do Bangor Daily News escreveu que Martin oferece a sua simpatia pelos oprimidos, com "When you love someone and it goes to waste / What could be worse?". Gass passa a interpretar que a "efervescência da bateria" e o coro é semelhante dos Queen's na canção de 1975, "Bohemian Rhapsody".[15]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Coldplay lançou "Fix You" no Reino Unido e nos Estados Unidos em 5 de setembro de 2005 como o segundo single do seu terceiro álbum.[16] O single apresenta dois B-side's: "The World Turned Upside Down" e "Pour Me".[16][17] Em 14 de setembro de 2005, a banda lançou o Fix You EP no iTunes Store.[16] Em resposta ao Furacão Katrina, todas as vendas foi para o "American Red Cross Hurricane Relief 2005" e o "National Academy of Recording Arts & Sciences MusiCares Hurricane Relief Fund".[16] Foi lançado como single promocional nos EUA e no RU.[16] A faixa chegou a posição de número quatro na UK Singles Chart em 17 de setembro de 2005.[18] Ficou na 59ª posição da Billboard Hot 100 e na 18ª na Alternative Songs.[19] A canção também alcançou posições no Pop 100 e no Digital Songs.[19] O single apareceu na Austrália na posição quatro em 18 de setembro de 2005,[20] até se "aposentar" na posição 58.[20] Também apareceu na posição de número oito na Irlanda e passou sete semanas consecutivas na parada.[21] Em 2009, a canção também apareceu no álbum ao vivo do Coldplay, LeftRightLeftRightLeft.[22]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Chris Martin tocando "Fix You" durante a Viva la Vida Tour.

Os críticos foram condescendentes com a canção. Na resenha para o álbum da Rolling Stone, a crítica Kelefa Sanneh escreveu: "Uma das melhores é 'Fix You', uma canção descaradamente sentimental onde Martin entrega palavras de incentivo em um falsetto delicado [...] Provando mais uma vez que nenhuma faixa pode se tornar uma balada esplêndida do rock como esta."[11] Paul McNamee da revista NME escreveu: "É uma canção maravilhosa que desloca do piano ao austero simples e de voz a um estouro da soada, do tinido da harmonia de proto-prog dividido em quatro partes."[23] Adrien Begrand do PopMatters em sua resenha do álbum, notou que a canção é a "melhor balada" de X&Y.[24] Em 2005, a canção apareceu na posição de número dois na lista da revista Q, "100 Grandes Faixas do Ano",[25] e foi listada como uma das "Faixas do Ano" pela NME em 2005.[26]

Em 2005, Coldplay cantou a canção ao vivo no Saturday Night Live no evento de 8 de julho.[27] "Fix You" também foi tocado no Shelter from the Storm.[16] Também se tornou uma canção de homenagem às vítimas e, no fim, se tornou o hino para o evento.[16] A canção foi apresentada em um episódio da série televisiva americana de drama jovem The O.C..[28][29] Uma parte da metade da música foi tocada durante o trailer do filme de 2006, World Trade Center.[30][31] Também foi destaque no filme de 2006 You, Me and Dupree.[32] A faixa foi indicada para um Ivor Novello Award na categoria "Melhor Canção Musicalmente e Liricamente".[33][34] A canção também foi indicada para um UK Festival Award na categoria "Hino do Verão".[35] Em 14 de março de 2009, a banda fez uma versão da canção no concerto beneficente, Sound Relief, em Sydney, Austrália.[36]

A canção apareceu no The Acoustic Album (2006). Foi performado em 2006 pelo grupo octogenário da Nova Inglaterra, Young@Heart. A performance do grupo foi liderada pelo ex-membro de coro Fred Knittle, que sofria de insuficiência cardíaca congestiva e respirava com a ajuda de um tanque de oxigênio. Ela havia sido originalmente planejada para ser um dueto entre Knittle e Bob Salvini, outro antigo membro do coro, mas Salvini faleceu pouco antes do show. Knittle tocou sozinho, como uma homenagem a seu amigo.[37] A performance foi inicialmente gravada para um documentário britânico que foi ao ar no Channel 4; imagens da performance foram postadas no YouTube em novembro de 2006 com respostas positivas.[38][39] Uma versão ampliada do documentário, intitulado Young@Heart estreou em 2007 no Los Angeles Festival de Filmes foi lançado nos cinemas dos EUA em 2008.[40][41]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O vídeo foi dirigido por Sophie Muller, que já havia trabalhado com a banda para seu vídeo de 2002 "In My Place". O vídeo mistura imagens de um show da banda a 4 e 5 de julho de 2005 no Reebok Stadium, em Bolton;[42] e imagens de Chris Martin cantando a música e caminhando (depois correndo) pelas ruas de Londres até chegar ao estádio para finalizar a canção. É uma homenagem às vítimas do atentado em Londres de 7 de julho de 2005.[43] O vídeo contava com figurantes para a gravação do vídeo, o que exigia duas tomadas em cada dia para completar as filmagens.[16][44]

Na primeira metade do vídeo, Martin vagueia pelas ruas de Londres, enquanto o slogan "Make Trade Fair" é projetada no Royal National Theatre, usando a cor ITA2, mesma cor da capa do álbum X&Y. Os túneis onde Martin é visto vagando estão localizados perto do London Bridge Station. Atravessa a ponte de Waterloo, que liga o Southbank com a vertente. Logo que a guitarra elétrica toca, Martin corre através dos cantos da rua até finalmente chegar no Reebok Stadium, onde ele se junta ao resto da banda para o final da canção. Os barulhos de sino sinalizam o início da cena no Reebok Stadium.

O vídeo foi lançado em 1 de agosto de 2005.[45] O vídeo foi indicado na 15ª premiação anual Music Video Production Association na categoria "Adulto Contemporâneo".[45] Depois de seu lançamento, o vídeo foi dado como uma homenagem aos atentados de 7 de julho de 2005 em Londres.[16]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Fix You" (versão do vídeo) 4:37
2. "The World Turned Upside Down"   4:32
3. "Pour Me" (ao vivo no Hollywood Bowl) 5:01
4. "Fix You" (vídeoclipe) 4:16

Desempenho e certificações[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. Kennedy, John. «Coldplay on X&Y». Xfm. Consultado em 16 de dezembro de 2007 
  2. «Coldplay admit 'Fix You' is a copy of Elbow's track». Female First. 8 de junho de 2005. Consultado em 27 de novembro de 2008 
  3. Gordon, Devin (30 de maio de 2005). «Hot for Coldplay». Newsweek. MSNBC. Consultado em 15 de fevereiro de 2007 
  4. Breimeier, Russ (2005). «Coldplay: X&Y». Christianity Today. Consultado em 13 de outubro de 2008 
  5. Gundersen, Edna (2 de junho de 2005). «Catch Coldplay». USA Today. Consultado em 29 de outubro de 2008 
  6. Gordon, Devin (30 de maio de 2005). «Hot For Coldplay». Newsweek 
  7. «Coldplay — Fix You». NME. 19 de setembro de 2005. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  8. «Coldplay — Fix You review». Virgin Media. 5 de setembro de 2005. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  9. «New Singles». Daily Mirror. 2 de setembro de 2005. Consultado em 22 de maio de 2009 
  10. Hubbard, Michael (5 de setembro de 2005). «Coldplay — Fix You — Track reviews». MusicOMH. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  11. a b Sanneh, Kelefa (16 de junho de 2005). «X&Y — Coldplay». Rolling Stone. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  12. «Fix You Lyrics». MTV. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  13. Downer, Adam (28 de outubro de 2005). «Coldplay — X&Y Review». Sputnik Music. Consultado em 27 de novembro de 2008 
  14. Hatty, Michele (24 de julho de 2005). «Now hear this». USA Weekend 
  15. Gass, Travis (17 de junho de 2005). «Coldplay's new album brilliant, pompous». Bangor Daily News: 10 
  16. a b c d e f g h i «Coldplay Ezine: Issue 15» (PDF). Coldplay.com. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  17. «Fix You by Coldplay». Yahoo! Music. Yahoo!. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  18. «Chart Stats — Coldplay». Chart Stats. Consultado em 28 de outubro de 2008. Cópia arquivada em 26 de maio de 2012 
  19. a b «Artist Chart History». Billboard. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  20. a b «Austria Top 40». Austrian Charts. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  21. «Fix You». Irish Charts. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  22. Kreps, Daniel (1 de maio de 2009). «Coldplay Reward Fans With Free Live LP "LeftRightLeftRightLeft"». Rolling Stone. Consultado em 21 de maio de 2009 
  23. McNamee, Paul (23 de maio de 2005). «Coldplay: X&Y». NME. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  24. Begrand, Adrien (5 de junho de 2005). «Coldplay: X&Y review». PopMatters. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  25. Akbar, Arifa (2 de dezembro de 2005). «Sensitive souls of rock 'n' roll show their strength with album prize». The Independent. Consultado em 14 de abril de 2009 
  26. «NME Tracks Of The Year 2005». NME. Consultado em 29 de janeiro de 2009 
  27. «Coldplay Ezine: Issue 14» (PDF). Coldplay.com. Julho de 2005. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  28. J. J. Philbin and Michael Lange (12 de maio de 2005). «The O.Sea». The O.C. Temporada 2. Episódio 23. No minuto 42. Fox 
  29. Tannenbaum, Rob (29 de maio de 2005). «Chill Factor». New York. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  30. World Trade Center (DVD). Paramount Pictures. 2006 
  31. «World Trade Center information». Sound Track Info. 8 de agosto de 2006. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  32. You, Me and Dupree (DVD). Universal Pictures. 2006 
  33. Gibson, Owen (25 de abril de 2006). «Arctic Monkeys among Novello award hopefuls». The Guardian. guardian.co.uk'. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  34. «Coldplay top Ivor nomination list». BBC News. BBC. 24 de abril de 2006. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  35. «Coldplay Ezine: Issue 16» (PDF). Coldplay.com. Dezembro de 2005. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  36. Moran, Jonathon (15 de março de 2009). «Coldplay are Aussies for a day at Sound Relief». The Daily Telegraph (Austrália). News Corporation. Consultado em 16 de março de 2009 
  37. Ansen, David (18 de março de 2008). «Songs in the Key of Life». Newsweek. Consultado em 27 de novembro de 2008 
  38. Jake Coyle (24 de junho de 2007). «Young@Heart bridges the age gap». Associated Press. Consultado em 13 de março de 2008 
  39. Ronni Gordon (9 de março de 2007). «'Young@Heart' documentary at Academy». The Republican. Consultado em 13 de março de 2008 
  40. «Young@Heart - 2008». Variety. 9 de abril de 2008. Consultado em 29 de outubro de 2008 
  41. Horn, John (10 de abril de 2008). «'Juno' set high box office standard for fest fare». Los Angeles Times. Consultado em 29 de outubro de 2008 
  42. Montgomery, James (2 de agosto de 2005). «Coldplay's Clip For 'Fix You': All-New Footage Of Chris Martin Walking Around». MTV News. Consultado em 4 de setembro de 2008 
  43. Wiederhorn, Jon (12 de agosto de 2005). «Single Saves Coldplay». MTV News. Consultado em 2 de setembro de 2008 
  44. «Bolton Wanderers». BBC Manchester. BBC. 31 de agosto de 2007. Consultado em 29 de outubro de 2008 
  45. a b «Coldplay - "Fix You"». Mvdbase.com. Consultado em 29 de outubro de 2008 
  46. «Australian-charts.com – Coldplay – Fix You». ARIA Top 50 Singles. Hung Medien. Consultado em 17 de junho de 2011 
  47. «Coldplay – Fix You - Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien. Consultado em 17 de junho de 2011 
  48. «Ultratop.be – Coldplay – Fix You» (em holandês). Ultratip. ULTRATOP & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 17 de junho de 2011 
  49. «Ultratop.be – Coldplay – Fix You» (em francês). Ultratip. ULTRATOP & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 17 de junho de 2011 
  50. «Coldplay > Charts & Awards». Allmusic. Consultado em 22 de setembro de 2009 
  51. «Dutchcharts.nl – Coldplay – Fix You» (em holandês). Mega Single Top 100. Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 17 de junho de 2011 
  52. «Chart Track». Irish Singles Chart. GfK. Consultado em 17 de junho de 2011 
  53. «Italiancharts.com – Coldplay – Fix You». Top Digital Download. Hung Medien. Consultado em 17 de junho de 2011 
  54. «Charts.org.nz – Coldplay – Fix You». Top 40 Singles. Hung Medien. Consultado em 17 de junho de 2011 
  55. «Polskieradio.pl – Coldplay – Fix You». Polish Music Charts. Consultado em 17 de junho de 2011 
  56. «Archive Chart». UK Singles Chart. The Official Charts Company 
  57. «Swedishcharts.com – Coldplay – Fix You». Singles Top 60. Hung Medien. Consultado em 17 de junho de 2011 
  58. «Coldplay – Fix You swisscharts.com». Swiss Singles Chart. Hung Medien. Consultado em 17 de junho de 2011 
  59. «ARIA Charts - Accreditations - 2011 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 27 de junho de 2011 
  60. «RIAA > Gold & Platinum > Search». Recording Industry Association of America. Consultado em 19 de junho de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]