Flávio Araújo (treinador de futebol)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Flávio Araújo
Informações pessoais
Nome completo Flávio José Araújo
Data de nasc. 30 de janeiro de 1963 (56 anos)
Local de nasc. Fortaleza,  Ceará,  Brasil
Apelido Sapinho
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Treze
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
1998
1999
19992000
2000
2001
2001
2002
2002
2003
2003
2003
2003
2004
2004
2004
2005
2005
2006
2006
2006
2007
2007
2007
2008
2008
2008
2009
2009
20092010
2011
20112012
2012
2012
2013
20132014
2015
2016
2016
2016
2016
2017
20172018
2018
2019
2019
2019
Brasil Icasa EC
Brasil Juazeiro-CE
Brasil Fortaleza
Brasil Juazeiro-CE
Brasil Tiradentes-CE
Brasil Ceará
Brasil Ferroviário-CE
Brasil Guarany de Sobral
Brasil Maranguape
Brasil River
Brasil Icasa
Brasil 4 de Julho
Brasil Uniclinic
Brasil Corintians
Brasil Parnahyba
Brasil Icasa
Brasil Parnahyba
Brasil Central de Caruaru
Brasil Potiguar de Mossoró
Brasil Icasa
Brasil River
Brasil Icasa
Brasil Barras
Brasil Maracanã-CE
Brasil Barras
Brasil Flamengo-PI
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Maracanã-CE
Brasil Barras
Brasil Icasa
Brasil Fortaleza
Brasil América de Natal
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Remo
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Ríver-PI
Brasil Fortaleza
Brasil Mogi Mirim
Brasil Cuiabá
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil América de Natal
Brasil CSA
Brasil Treze
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil River-PI
Brasil Treze

Flávio José Araújo, mais conhecido como Flávio Araújo (Fortaleza, 30 de Janeiro de 1963), é um ex-futebolista e atual treinador de futebol brasileiro. Atualmente está no Treze.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Flávio Araújo jogou profissionalmente no Ceará, Fortaleza e outras equipes do futebol cearense. em seguida iniciou sua carreira de treinador, no Icasa e passou por diversas equipes na região Nordeste, até voltar ao Fortaleza.Se demitiu do América-RN no dia 26 de fevereiro, após perder o título do primeiro turno potiguar para o maior rival, ABC[1]. em março de 2012, foi anunciado como novo treinador do Sampaio Corrêa[2]. Após a conquista do Campeonato Maranhenses e do Campeonato Brasileiro da Série D (ambas conquistas de forma invicta), Flávio Araújo assumiu o Clube do Remo, de Belém do Pará. Retornou ao Sampaio Corrêa onde conquistou o acesso à Série B.

Fracasso no Remo e volta ao Sampaio[editar | editar código-fonte]

Após não conseguir classificar o Clube do Remo para a fase final de disputa do Campeonato Paraense de Futebol, Flávio Araújo retorna ao Sampaio Corrêa. Na série D, Flávio conseguiu o acesso e, posteriormente, o título junto à esquipe maranhense. No ano seguinte conseguiu novamente um novo acesso com o Sampaio Corrêa, desta vez para a Série B, porém não conseguiu o título da Série C desse ano, ficando com o Santa Cruz. Após ser eliminado da Copa do Brasil de 2014 para o Palmeiras, porém mantendo resultados regulares durante a Série B, Flávio deixa o Sampaio Corrêa, alegando um desgaste em suas relações com a diretoria.[3]

Na terça-feira 22 de julho de 2014, anuncia sua saída do Sampaio Corrêa. Segundo o próprio treinador, a situação entre comissão técnica e clube já estava desgastada e chegou a hora de procurar novos ares. Ele é um dos técnicos mais vitoriosos da história do Sampaio Corrêa.

Responsável pelos dois últimos acessos do Sampaio Corrêa (da Série D para a Série C em 2012 e da Série C para a Série B em 2013), o treinador ainda acumulou dois Estaduais e duas Copa São Luís pelo Tubarão. Muito querido pelos torcedores, ele agradeceu todo o apoio que teve no Sampaio e desejou sorte para a sequência da Série B.

A redenção com o Ríver[editar | editar código-fonte]

Ao final do ano de 2014, Flávio Araújo foi anunciado pela diretoria do Ríver Atlético Clube como o novo técnico para a temporada de 2015. Ele retorna após oito anos. Em 2006, em curta passagem, comandou o clube na reta final do Campeonato Piauiense, sem muito sucesso. No ano seguinte o clube conquistou o título estadual, comandado por Fernando Polozzi e nos anos seguintes amargara sucessivos fracassos, até voltar a ser campeão em 2014.

Campeão Piauiense em 2014, o River apostou na contratação de Flávio para como o treinador ideal para recolocar o clube na trilha das grandes conquistas. Flávio Araújo teve seu retorno anunciado oficialmente em novembro. Sob seu comando no ano de 2015, o Tricolor Mafrense foi eliminado na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil na 1ª fase em ambas as competições, mas conquistou o Bicampeonato Piauiense e ainda realizou um feito inédito na história do futebol piauiense, com a conquistar do Vice-campeonato do Campeonato Brasileiro da Série D de 2015, o Ríver é o primeiro clube piauiense a ascender de divisão a nível nacional, ganhando o direito de disputar a Série C em 2016. Em reconhecimento ao seu trabalho no comando do Galo Carijó, a Câmara dos Vereadores de Teresina concedeu a Flávio Araújo título de Cidadão Teresinense[4].

O retorno ao Fortaleza[editar | editar código-fonte]

Flávio Araújo foi a primeira contratação do Fortaleza Esporte Clube para a temporada de 2016[5], seus recentes passagens vitoriosas com ascensão de divisão por clubes nordestinos foi o principal fator que motivou sua contratação. Está é sua terceira passagem pelo Tricolor de Aço, seu principal objetivo será conquistar o acesso para a Série B de 2017. Em 2016 o Fortaleza disputará o Bicampeonato Cearense, a Copa do Nordeste, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série C.

No dia 4 de março de 2016, Flávio Araújo foi demitido por mal desempenho no início da Copa do Nordeste.[6]

Mogi Mirim[editar | editar código-fonte]

Em 07 de março de 2016, Flávio Araújo é anunciado como novo técnico do Mogi Mirim para o restante do Campeonato Paulista.[7] Flávio Araújo rescindiu o contrato com o Mogi Mirim no dia 15 de abril de 2016, após 7 jogos no comando da equipe paulista, foram 2 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, deixando o Mogi Mirim na 16ª posição da classificação geral do Campeonato Paulista, a 2 pontos de deixar a zona de rebaixamento.[8]

Cuiabá[editar | editar código-fonte]

Em 20 de abril de 2016, Flávio Araújo foi confirmado como novo treinador do Cuiabá Esporte Clube para o restante da temporada, visando principalmente o Campeonato Brasileiro - Série C. Em 11 de julho de 2016, Flávio Araújo se demitiu do comando do Cuiabá após uma sequência negativa de resultados no Campeonato Brasileiro - Série C.[9]

Retorno ao Sampaio Corrêa[editar | editar código-fonte]

No dia 03 de agosto de 2016, Flávio Araújo acertou seu retorno ao comando do Sampaio Corrêa para o restante da temporada, ele chega com uma missão diferente das outras vezes que ele esteve a frente do clube maranhense, dessa vez a missão será retirar a equipe da zona de rebaixamento da Série B do Brasileirão.[10] Em novembro a diretoria do Sampaio Corrêa confirmou a saída de Flávio Araújo do clube, ele comandou a equipe em 18 jogos, sendo 3 vitórias, 6 empates e 9 derrotas com aproveitamento total de 27, 78%.[11]

Segunda passagem pelo América-RN[editar | editar código-fonte]

Em 11 de março de 2017, a diretoria do América-RN oficializou a contratação de Flávio Araújo como novo técnico da equipe, o treinador tem por objetivo recuperar o emocional do time para o restante da temporada, com vasta experiência no futebol e com um bom retrospecto no comando do clube em 2011, época que conseguiu o acesso à Série B do Brasileiro com o Alvirrubro, o trabalho poderá render bons frutos.[12] Flávio Araújo deixou o comando do América-RN ainda no primeiro semestre de 2017[13]

CSA[editar | editar código-fonte]

No dia 08 de setembro de 2017, Flávio Araújo acertou com o CSA para o restante da Série C, conhecido como "Rei dos Acesso" , o treinador inicia seu trabalho no clube alagoano em busca de seu sexto acesso em campeonatos brasileiros na carreira.[14] Em outubro de 2017, Flávio Araújo festeja seu acesso e título da Série C com o CSA, esse título se torna um marco histórico do treinador no comando do Azulão, ele começou seu trabalho na última rodada da primeira fase da competição e conduziu o clube até o titulo.[15] No dia 16 de fevereiro de 2018, a diretoria do CSA anuncia a saída de Flávio Araújo do comando da equipe, o experiente treinador que conquistou o acesso e o título da Série C de 2017 com o clube, deixa a equipe devido ao mal início de temporada do Azulão.[16]

Treze-PB[editar | editar código-fonte]

Em 20 de fevereiro de 2018, a diretoria do Treze-PB anunciou Flávio Araújo como novo treinador do clube para o restante da temporada, o treinador terá três competições para disputar no comando do Galo da Borborema: Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste e no fim de abril início da Série D.[17] Flávio assumiu a equipe Paraibana com o principal objetivo de ascender o time de divisão no Campeonato Brasileiro da Série D. E assim o fez, conseguindo seu sétimo acesso na carreira e conquistando o vice-campeonato nacional de 2018. Flávio saiu da equipe Trezeana em setembro de 2018, após o vice-campeonato brasileiro, deixando saudades em toda torcida do Treze.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Icasa
4 de Julho
Parnahyba
Barras
Flamengo-PI
Sampaio Corrêa
River
Fortaleza
CSA

Referências

  1. [1]
  2. Sampaio Corrêa oficializa acerto com ex-técnico do Fortaleza (27/03/2012)
  3. Júnior, Paulo de Tarso (22 de julho de 2014). «Flávio Araújo entrega o cargo e está fora do Sampaio». imirante.com. Consultado em 23 de julho de 2014 
  4. «Flávio Araújo recebe título de cidadão teresinense e solta: "Falta o principal"». globoesporte.com. Consultado em 24 de novembro de 2015 
  5. «Tricolor do Pici anuncia Flávio Araújo como novo técnico». globoesporte.com. Consultado em 24 de novembro de 2015 
  6. Flávio Araújo não é mais técnico do Fortaleza
  7. Paulistão: Flávio Araújo traz comissão e inicia trabalho no Mogi Mirim
  8. «Flávio Araújo não é mais técnico do Mogi Mirim para a Série C». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  9. «Flávio Araújo não resiste à sequência ruim e deixa comando do Cuiabá». globoesporte.com 
  10. «Treinador Flávio Araújo está de volta ao Sampaio com missão diferente». globoesporte.com 
  11. «Sampaio anuncia saída de Flávio Araújo e Vinícius Saldanha assume». globoesporte.com 
  12. «"Rei do acesso": Flávio Araújo retorna ao América-RN e busca novo recorde». globoesporte.com 
  13. «Flávio Araújo está no mercado e quer 6º acesso nas divisões nacionais». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de fevereiro de 2018 
  14. «Série C: Rei do Acesso, Flávio Araújo é o novo técnico do CSA». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de fevereiro de 2018 
  15. «Flávio Araújo festeja título histórico com o CSA na Série C». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de fevereiro de 2018 
  16. «Após eliminação na Copa do Brasil, Flávio Araújo não é mais técnico do CSA». Globoesporte 
  17. «Flávio Araújo é o novo técnico do Treze». Globoesporte 
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.