Flávio Emídio dos Santos Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flávio
Informações pessoais
Nome completo Flávio Emídio dos Santos Vieira
Data de nasc. 17 de dezembro de 1970 (46 anos)
Local de nasc. Maceió, AL,  Brasil
Altura 1,86 m
Canhoto
Apelido Pantera,[1] Paredão Azulino
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1989–1990 Brasil CSA
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1991–1994
1995–2002
2003
2003–2007
2008–2011
2012–2013
Brasil CSA
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Vasco da Gama
Brasil Paraná Clube
Brasil América Mineiro
Brasil CSA

000112 0000(0)

000117 0000(0)
000063 0000(0)
000056 0000(0)

Flávio Emídio dos Santos Vieira, conhecido pelo apelido de Pantera (Maceió, 17 de dezembro de 1970), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como goleiro.[2]

Notabilizou-se jogando no Clube Atlético Paranaense, onde foi campeão brasileiro em 2001. Teve passagens destacadas, ainda, no Paraná Clube e no América Mineiro.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Flávio iniciou sua carreira profissional atuando pelo CSA, tendo jogado entre 1988 e 1990 nas categorias de base. Promovido ao elenco principal do Azulão do Mutange em 1991, o goleiro foi bicampeão estadual neste ano e em 1994.

Em 1995, foi contratado pelo Atlético Paranaense,[4] que disputava, na época, a Série B do Campeonato Brasileiro, na qual obteve o primeiro de seus 6 títulos pelo Furacão. Com a saída do veterano Ricardo Pinto em 1998, passou a ser o novo titular do gol atleticano. Além da Série B de 1995 e da Série A em 2001, Flávio conquistou, ainda, o tetracampeonato estadual, incluindo a edição de 2002, onde o Atlético foi o "supercampeão".

Após uma curta passagem pelo Vasco da Gama[5] (uma lesão impediu o goleiro de atuar pelo Cruzmaltino), Flávio assinou com o Paraná Clube ainda em 2003, vencendo o Campeonato Paranaense em 2006. Permaneceria no clube até o ano seguinte, deixando-o com 117 partidas disputadas.

Entre 2008 e 2011, o goleiro atuou no América Mineiro, participando de 46 jogos. Porém, na última participação do Coelho na primeira divisão do Campeonato Brasileiro até então, perdeu a titularidade para Neneca. Saiu da equipe em 2012 com 2 títulos na bagagem: a conquista do Módulo II do Campeonato Mineiro, em 2008, e a Série C no ano seguinte. Nesta última, o goleiro tornou-se o primeiro atleta a vencer as 3 divisões principais do futebol brasileiro.

No mesmo ano, Flávio regressou ao CSA para ser o principal nome da equipe alagoana, que não conquistava o Campeonato estadual desde 2009. Após 2 temporadas e a malsucedida campanha na Série D, o goleiro decidiu encerrar sua longa carreira, aos 42 anos.[6] Ele chegou a pensar em voltar aos gramados em 2014,[7] mas desistiu.

Títulos[editar | editar código-fonte]

CSA
Atlético Paranaense
Vasco da Gama
Paraná Clube
América Mineiro

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Flávio - goleiro». Portal Furacão.com. Consultado em 12 de maio de 2016 
  2. Redação (23 de dezembro de 2012). «Onze anos depois, onde estão os 11 titulares do Atlético 2001». Portal Terra - Esportes. Consultado em 12 de maio de 2016 
  3. «Perfil Flávio Emídio dos Santos Vieira». Portal IG Esportes. Consultado em 12 de maio de 2016 
  4. Redação (fev/1998). «Revista Placar Magazine - Clube Atlético Paranaense». Google Books. Consultado em 12 de maio de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Redação (fev/2003). «Revista Placar Magazine - Vasco da Gama». Google Books. Consultado em 12 de maio de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  6. «Prestes a se aposentar oficialmente, goleiro Flávio faz balanço da carreira». GloboEsporte.com. Consultado em 11 de agosto de 2013 
  7. «Ídolo do CSA, Flávio muda de ideia e deve voltar aos gramados em 2014». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de outubro de 2013