Flanela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Uma camisa de flanela.

Flanela é um tipo de tecido de variável espessura, macio, usado para vestuário, toalhas, lençóis de cama e roupas para dormir.

A origem da palavra é incerta, mas uma origem galesa foi sugerida, já que tecido semelhante à flanela pode ser rastreado até o País de Gales, onde era bem conhecido já no século XVI. O termo francês flanela foi usado no final do século XVII, e o alemão "Flanell" foi usado no início do século XVIII.[1]

Originalmente a flanela era feita de cardada, mas hoje pode ser feita tanto de lã como de algodão, ou e fibra sintética.

No algodão: Obtém-se a partir da cardação do algodão. É utilizada uma máquina de cardar os tecidos, a carda, que por acção mecânica levanta as fibras e parte-as . O ar entre estas fibras é o que confere a este têxtil o toque macio e quente.

Referências

  1. Wikisource-logo.svg Vários autores (1911). «Flannel». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 
Ícone de esboço Este artigo sobre um produto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.