Barry Allen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Flash (Barry Allen))
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Barry Allen
Barry Allen Flash.jpg
Capa Variante de The Flash #1
Arte de Ivan Reis
Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Showcase #4 (Outubro de 1956)
Criado por Gardner Fox
Carmine Infantino
Bob Kanigher
Características do personagem
Alter ego Bartholomew Henry "Barry" Allen
Afiliações Departamento de Polícia de Central City
S.T.A.R. Labs
Liga da Justiça
Tropa Sinestro
Tropa dos Lanternas Azuis
Tropa dos Lanternas Brancos
Ocupação Cientista forense no Departamento de Polícia de Central City
Base de operações Central City
Parentesco Henry Allen (pai)
Nora Allen (mãe)
Iris Allen (esposa)
Wally West (sobrinho)
Don Allen e Dawn Allen (filhos)
Bart Allen e Jenni Ognats (netos)
Codinomes conhecidos Flash
Velocista Escarlate
Habilidades
  • Super Velocidade
  • Aerocinese
  • Visão Câmera Lenta
  • Viagem Temporal
  • Intangibilidade
  • Fator de Cura
  • Possui uma aura que protege o seu corpo quando em supervelocidade
  • Reflexos sobrehumanos
  • Agilidade sobrehumana
  • Por correr em alta velocidade, pode correr sobre a água, paredes, etc...
  • Raciocínio Super rápido
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Barry Allen é um super-herói da DC Comics, o segundo a usar o nome Flash. Sua estreia aconteceu na revista Showcase 4, marcando o início da Era de Prata dos Quadrinhos, quando alguns personagens da DC foram reinventados a partir do zero, como se nada tivesse existido antes. Posteriormente Barry Allen passou a ser o Flash mais famoso e o principal detentor do título de Flash.

Barry Allen era funcionário da polícia científica, quando sofreu um acidente químico, sendo banhado por produtos químicos após seu laboratório ser atingido por um raio. Esse acidente fez que ele, assim como Flash/Jay Garrick, fosse capaz de acessar e canalizar o poder vindo do "Campo de Velocidade", sendo, a partir desse momento, capaz de correr em velocidades altíssimas. Barry então decidiu se tornar um super-herói. Deu-se o nome de "Flash", vestiu uma máscara e um uniforme colante vermelho e passou a patrulhar Central City.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Passado[editar | editar código-fonte]

Bartholomew Henry Allen e seu irmão gêmeo nasceram em 19 de março na pequena cidade de Fallville, Iowa. O irmão gêmeo foi declarado morto. O fato de ter nascido depois de seu irmão gêmeo, fez com que Barry desenvolvesse o hábito de chegar atrasado. Na infância, sua mãe foi assassinada. No colégio, Barry tinha a reputação de ser um cara calmo e legal e de ser um pouco lerdo. Uma de suas paixões era química. Ele conseguiu uma bolsa de estudos e em três anos se formou na faculdade em química orgânica e criminologia.

Ele ganhou um emprego no Departamento de Polícia Científica em Central City. Morando lá, ele conhece a repórter Iris West durante uma investigação sobre um assassinato. Ela ficou encantada com sua honestidade e estabilidade.

Numa noite, Barry estava no laboratório e estava tendo uma forte tempestade. Um raio atingiu a janela, quebrando-a e atingindo Barry ao mesmo tempo em que ele é atingido por compostos químicos. Aos poucos ele descobre que os compostos lhe deram velocidade sobre-humana, a usar seus poderes para ajudar a humanidade, Barry faz uma roupa que aguentaria a velocidade sobre-humana e se torna o Flash. Na primeira aventura publicada (reimpressa no Brasil como "O mistério do relâmpago humano", Coleção DC 75 anos # 2, dezembro de 2010, Editora Panini), é dito como grande façanha o fato dele ultrapassar a barreira do som a pé. O herói enfrenta o vilão Tartaruga, "o homem mais lento do mundo". Aparecem na história também sua namorada Íris que constantemente reclama dos seus atrasos nos encontros. O uniforme embutido no anel é visto também, e a tecnologia "química" usada na sua concepção é explicada como inspirada na dos botes infláveis usados na Marinha.

A Ascensão do Flash[editar | editar código-fonte]

Como o Flash, Barry se torna um dos membros fundadores da Liga da Justiça da América, onde fez amizade com Hal Jordan, o Lanterna Verde, com quem ele teve muitas aventuras com e sem a Liga da Justiça. Mais tarde ainda, ele descobre que Jay Garrick era real, e faz amizade com ele também.

Durante um verão, o sobrinho de Iris, Wally West vem visitá-la em Central City. Ele era um grande fã do Flash e sabia que o namorado de sua tia era um "amigo" do Flash, assim que uma reunião foi convocada. Flash respondeu todas as perguntas do Wally. Quando Wally perguntou sobre o experimento de laboratório, Barry criou o gabinete de produtos químicos em seu laboratório, tal como tinha sido durante o acidente. De repente, o acidente que os seus poderes ao Barry repetiu-se, só que com Wally. Agora, possuindo os mesmos poderes que o Flash, Wally veste uma cópia menor do equipamento de Barry e torna-se o Kid Flash!

Barry Allen é o segundo, e o mais famoso Flash.

Eventualmente, Barry propôe a Iris. Ela aceita, e eles se casam, apesar dos esforços do Professor Zoom, que tentou sabotar a cerimônia. Barry esconde sua identidade de Iris durante um ano, embora ela já soubesse o tempo inteiro porque ele tinha falado em seu sono em sua lua de mel. Ele estava preocupado que o acidente tinha feito ele menos humano e incapaz de ter filhos. No entanto, após a realização de muitos testes, ele descobre que eles ainda poderiam, e ele revela seu segredo.

No entanto, não demorou muito para Zoom tirar a vida de Iris em uma festa à fantasia. Barry o perseguiu na corrente do tempo e deixou-o lá.

Mais tarde, Barry conhece e começa a namorar outra mulher, Fiona Webb. No entanto, no dia em que deveriam se casar​​, Zoom reaparece, para novamente matar a esposa do Flash. Barry percorre todo o mundo, perseguindo-o, e não consegue aparecer para seu próprio casamento. No final, Zoom estava prestes a matar Fiona, mas Barry chega e acidentalmente o mata. O Flash é acusado de homicídio e enfrenta um longo julgamento.

Crises[editar | editar código-fonte]

Em Crise nas Infinitas Terras, Barry parte para avisar seus amigos de uma ameaça que se aproxima. Ao avisar Batman, ele é puxado para o universo de antimatéria pelo Anti-Monitor, onde é torturado mentalmente pelo Pirata-Psíquico. Finalmente, ele usou o vilão para colocar todos os servos do Anti-Monitor, os Trovões, contra ele. Isso lhe deu tempo suficiente para destruir o canhão do Anti-Monitor de anti-matéria rodando em torno dele e destruir o invólucro exterior. Sua velocidade foi tão grande, que ele entrou na Força da Velocidade para sempre.

Embora seus restos não tenham sido encontrados, um túmulo para Barry foi levantado em Nova York.

Em Crise Infinita a alma de Barry aparece para ajudar seu neto, Bart a deter o Superboy-Primordial, jogando-o na Força de Aceleração. Bart Allen depois emerge com o traje de Barry em Tóquio para contar aos heróis que o Superboy-Primordial escapou. Ele novamente aparece para combater o Superboy-Primordial. Enquanto isso, Barry passa quatro anos em uma versão alternativa de Keystone City, até encontrar Wally West e Bart, juntando-se a ele depois da batalha contra o Superboy-Primordial. Após a fuga do Superboy, Barry sugere que algum velocista ainda vivo absorva toda a Força da Velocidade para atravessar a ponte dimensional de volta à Terra Pós-Crise. Bart se oferece e Barry dá-lhe a roupa como um último presente, para manter a força contida, e fica para trás.

Em Crise Final, Barry Allen reaparece. Ele perseguindo o tiro disparado, que matou Orion, e é perseguido pela Corredor Negro e que parece ser o vírus Morticoccus. Ao correrem tão rápido, Barry e Wally aceleram um mês no futuro, e descobrem que Darkseid conquistou o mundo. Eles logo são descobertos por um grupo de Fúrias Femininas que na verdade eram Mulher Maravilha, Batwoman, Mulher-Gato e Giganta, que haviam sido corrompidas por Darkseid. Fugindo delas, eles vão para o apartamento de Íris, onde Barry é capaz de quebrar e segurar a Equação Anti-Vida sobre ela com um beijo, garantindo a Iris que tudo vai ficar bem.

Para impedir que esse futuro aconteça, Barry elabora um plano: liderar o Corredor Negro até o presente, levá-lo a Darkseid, e ele deixaria sua alma ser reivindicada. Barry e Wally levam o Corredor Negro à base de Darkseid em Bludhaven. Consciente da ameaça representada pelos velocistas, Darkseid usa seus Raios Ômega, mas os dois escapam pelo portal do tempo. No último segundo, Barry diz a Wally para se salvar, mas ambos retornam ao presente e dão de cara com Superman (que, naturalmente, fica surpreso ao ver Barry) e vibram em Darkseid, fazendo com que os Raios Ômega atingem Darkseid e permitindo que o Corredor Negro remova a essência de Darkseid presente em Dan Turpin.

Flash: Renascimento[editar | editar código-fonte]

Pouco tempo depois, embora sua família e amigos estavam muito felizes que ele estava de volta, Barry mesmo estava desconfortável, pois ele não tinha ideia de como escapou da Força de Aceleração. Decidido a não perder esta segunda oportunidade, Barry vai para o Museu do Flash para começar a recuperar o tempo perdido. Enquanto isso, ele se encontra com seu velho amigo, Hal Jordan, que também morreu e voltou. Barry discute seu desconforto em relação a seu retorno com Hal, e como ele sentiu que não precisava voltar. Barry diz a Hal para avisar Wally e Jay que ele não estava indo para as comemorações feitas em homenagem ao seu retorno. Enquanto corria, um velocista que Wally tinha encontrado chamado Savitar escapa da Força de Aceleração e vai atrás de Barry. Quando Barry consegue capturá-lo, Savitar se desintegra diante de seus olhos.

Mais tarde, Barry e Wally encontram o Flash Negro "aparentemente morto". Em seguida, Barry se torna o novo Flash Negro. Quando ele percebe que sua presença poderia danificar ou matar outros inocentes, Barry foge de volta para a Força de Aceleração, onde ele encontra os velhos amigos, Johnny Quick e Max Mercúrio. Max tenta dizer a Barry que ele ter se tornado o Flash Negro não é culpa dele, e quando Max e Barry são puxados em outro bolso da ​​Força de Aceleração, o verdadeiro culpado se revela: Professor Zoom.

Zoom revela a profundidade de seu plano: depois que Barry rapidamente auxiliou Kid Flash contra o Superboy Prime durante a Crise Infinita, Thawne foi capaz de enviar um pulso subliminar na ​Força de Aceleração para chamar de volta o que foi deixado da consciência de Barry. Esta situação levou ao reaparecimento do herói durante a Crise Final. Depois, Zoom se transforma em um novo tipo de velocista e criou sua Força de Aceleração negativa para contaminar Barry e os outros. Antes que Barry possa continuar lutando, Zoom desaparece. Wally entra na ​​Força de Aceleração para recuperar seu tio, e depois disso, Max revela que Barry mesmo criou a fonte de poder dos velocistas. Inconscientemente Barry fez o mesmo ao longo de sua carreira para criar a Força de Aceleração normal. Todos os velocistas se unem e vão atrás Zoom.

Os sete velocistas enfentam Zoom, e apesar de estar em desvantagem numérica, Zoom derrota Barry. Ele revela ser o responsável por tudo de horrível que aconteceu com a vida de Barry, incluindo o assassinato da mãe dele. Ele, então, decide destruir tudo matando a esposa de Barry, Iris, antes que eles se conheçam.

Barry persegue Zoom, e é acompanhado por Wally, que diz a Barry para correr ao máximo ao ponto de quebrar a barreira do tempo. Fazendo isso, eles chegam a Thawne, tornando-se o raio que transforma Barry no Flash assim como eles são capazes de deter Zoom. Os dois Flashs trazem Zoom de volta ao presente, e vão até a Liga da Justiça, a Sociedade da Justiça, e aos Outsiders para construir um dispositivo específico para Thawne. Barry ativa o dispositivo, cortando a sua conexão com a ​Força de Aceleração negativa. Os Flashs conseguem fazer com que Zoom perca seus poderes. Com o fim da ameaça, todo mundo comemora, acolhendo Barry de volta e os velocistas em geral. Mais tarde, Barry encerra o caso sobre a morte de sua mãe e opta por tomar todos os outros casos que aconteceram após a sua morte. Barry passa algum tempo com Iris, antes de ir para Washington e comemorar o seu retorno com a Liga da Justiça, se desculpando pelo atraso.

A Noite Mais Densa[editar | editar código-fonte]

Poucos meses depois, no túmulo de Bruce Wayne em Gotham City, Hal e Barry refletem sobre a morte do Batman e como a comunidade heroica estava é evitando falar sobre Bruce e Batman.

Esta reflexão se volta para o par ao falarem sobre suas próprias mortes, comparando a tristeza que a morte de Barry causara em outros, enquanto que a morte de Hal produzira raiva. Hal resume o assunto dizendo a Barry: "Eu morri um pecador. Você morreu um santo". A conversa avança para como mundo se tornou "mais perigoso" após a morte de Barry e observando que as mortes de Arthur Curry e Caçador de Marte custaram à Liga da Justiça a sua "alma e coração". Ao sair do cemitério, Barry manifesta a esperança de que seus companheiros mortos retornem. Ele menciona especificamente Batman ao dizer: "Se houver uma fuga, você pode apostar que o Batman já está planejando isso."

Em uma luta com o Lanterna Negro J'onn J'onzz, ele encontra um resíduo preto misterioso no túmulo de Bruce, formando uma coagulação no sangue e começando a alterá-lo, empodrecendo sua pele e seus músculos.

Depois de lutar contra um Caçador de Marte morto-vivo e os subsequentes Lanternas Negros com Hal e os outros heróis, Barry, junto com Wally e Bart, percorrem todo o mundo para alertar toda a comunidade de super-heróis em todo o planeta. Sua mensagem também, inadvertidamente, chega aos ouvidos de seus inimgos, os Rogues, que percebem que seus membros falecidos viriam atrás deles e decidem atacar primeiro na Penitenciária Iron Heights, sem saber que Sam Scudder, o original Mestre dos Espelhos, que agora é um Lanterna Negro, os observa. Enquanto isso, Barry conhece uma versão de Lanterna Negro do Professor Zoom para uma breve batalha.

Depois ele vai até o memorial da cidade, onde ele presencia a chegada do lorde demoníaco dos Lanternas Negros Nekron, e seus discípulos Scar e Mão Negra. A Liga da Justiça, os Titãs, Wally e Bart chegam e ajudam Barry a enfrentar Nekron. No entanto, Nekron revela, contudo, que todos os heróis ressuscitados estão vinculados a ele, porque ele permitiu-lhes viver novamente. E, como tal, pertencem a ele. Nekron então usa uma série de anéis negros para tornar Superman, Arqueiro Verde, Bart e vários outros heróis ressuscitados em Lanternas Negros. Barry logo se vê sendo alvo de um anel negro e é forçado a fugir ou se juntar a outros como Lanterna Negro. Quando outros foram escolhidos para fazer parte de outras tropas de Lanternas, Barry é escolhido para ser o Lanterna Azul. Durante a batalha, Barry é forçado a lutar contra seu próprio neto, que o seu anel detecta que ainda está vivo, mas morreria se não se isentasse do anel negro. Barry se mostra hábil com o seu anel na criação de energia com base na sua imaginação (possivelmente por causa do entendimento com o anel de seu amigo Hal Jordan), assim ele é capaz de criar imagens de Bart como Impulso e Kid Flash a fim de fazê-lo se libertar do controle do anel. O plano quase funciona já que Bart tenta se livrar do anel negro, mas depois é interrompido pelos Lanternas Negros Solovar e Professor Zoom. Wally e Walker depois se juntam a Barry para a batalha final.

Ascensão e Queda[editar | editar código-fonte]

Após o trágico ataque de Prometeus à Star City, Hal e Barry procuram pelo vilão. A busca os leva até o Sombra que revela que ajudou o Arqueiro Verde a encontrar Prometeus e também que ele o matou.

Os dois junto com Canário Negro procuram por ele. Ao final, Oliver é julgado inocente pelo júri e exilado de Star City.

O Dia Mais Claro[editar | editar código-fonte]

Depois de tantos problemas, Barry consegue finalmente voltar à sua vida, tendo voltado a trabalhar no laboratório criminal e patrulhando a cidade como o Flash. No entanto o herói passa por certas dificuldades, entre elas ele continua a se sentir culpado pela morte de sua mãe.

Mas as coisas pioram quando há assassinatos em série. No decorrer da história, Barry descobre que o assassino é ninguém menos que o Professor Zoom.

Dessa vez o vilão retorna para realizar um plano que irá destruir Flash de uma vez por todas.

Ponto de Ignição[editar | editar código-fonte]

Barry acorda em seu escritório e descobre que sua mãe está viva, ele e Iris não são casados e que ele está sem poderes. Barry vai até Gotham City e entra na Batcaverna para procurar o Batman, mas é atacado pelo mesmo. Barry tenta se explicar dizendo que sabe quem é o Batman, no entanto ele descobre que quem é o Batman não é Bruce, mas sim o pai dele, Thomas Wayne.

Nisso ele descobre que a realidade foi alterada. Com a ajuda de Thomas, Barry constrói uma cadeira elétrica que iria recriar o acidente que o transformou em Flash. A primeira tentativa não dá certo, deixando Barry com queimaduras de terceiro grau, já a segunda restaura seus poderes.

Os dois tentam reunir os heróis para salvar a realidade. Barry enfrenta Zoom, que revela que essa nova realidade foi criada pelo próprio Barry quando ele impediu Zoom de matar sua mãe. Enquanto Zoom perturba Barry, ele é morto por Thomas. Thomas agradece a Barry por tudo e lhe pede para entregar uma carta para Bruce. Ele então viaja no tempo se fundindo com sua versão jovem, assim impedindo-se de deter Zoom. Após restaurar a realidade, Barry entrega a carta de Thomas para Bruce.

Novo Universo DC[editar | editar código-fonte]

Nesta nova realidade, Barry não é casado com Iris, mas sim está em um relacionamento amoroso com Patty Spivot. Seu encontro com a Liga também é diferente. Apesar de já conhecer Hal, ele conhece Batman após ajudar ele e Hal a enfrentar um temperamental Superman.

Origem[editar | editar código-fonte]

Quando era uma criança, os pais de Barry eram separados. Certo dia quando seu pai iria levá-lo para um evento na escola, ele tinha conversado com a mãe de Barry. Enquanto esperava no carro várias viaturas apareceram. Barry vai até a cozinha e encontra sua mãe morta. Seu pai é levado preso sendo acusado de tê-la assassinado.

Anos depois, Barry se torna policial forense, com o objetivo de tirar seu pai da cadeia já que ele alegava inocência. Certo dia estava chovendo forte em Central City. Enquanto estava no escritório, ainda procurando uma maneira de provar a inocência do seu pai, ele começa a ficar frustrado. Um raio surge e o atinge, lançando-o em direção aos compostos químicos do local, queimando seu corpo.

Enquanto estava em coma no hospital, Barry recebeu visitas de seu amigo de infância Manuel Lago e do Capitão Frye, seu chefe e amigo íntimo de sua mãe (provavelmente ele teve um romance com a mãe de Barry) que revela que o pai dele assumiu a culpa pelo assassinato. Enquanto delirava, Barry acaba acordando na África, sem perceber que tinha corrido até lá inconscientemente. Três semanas depois ele retorna a Central City. Com a onda de violência que está se espalhando pela cidade, Barry decide usar suas novas habilidades para ajudar a polícia. Depois de vários rascunhos ele consegue desenvolver o uniforme e o anel para acioná-lo quando fosse necessário.

Quando uma rebelião ocorre na cadeia onde o pai de Barry está preso, o mesmo aproveita para escapar. Entretanto Barry, com seu uniforme vermelho, impede a fuga de todos os presos. A partir daí, o Flash nasce.

Conhecendo Outros Heróis[editar | editar código-fonte]

Pouco tempo depois de ter surgido, Flash é considerado um criminoso, tanto que a prioridade na polícia se torna capturar o Flash.

Quando o Batman e o Lanterna Verde enfrentam Superman, Hal liga para o Barry pedindo ajuda. Como o Flash, Barry surge para auxiliar os dois na luta contra o homem de aço. Depois que a briga se encerra, os quatro heróis se escondem em uma fábrica abandonada onde discutem sobre a origem de uma misteriosa caixa que havia sido trazida por alienígenas. Flash se oferece para levar a caixa para análise, porém, a caixa abre um portal para outros alienígenas.

Enquanto eles os enfrentam, Mulher-Maravilha, Aquaman e Ciborgue se juntam à batalha, onde o responsável pela invasão surge: Darkseid. Darkseid usa os raios ômega para atacar Flash e Superman Enquanto Batman se deixa ser levado por uns dos alienígenas para resgatar o Superman, Flash auxilia os outros na batalha. Com Superman trazido de volta, eles conseguem derrotar Darkseid, enviando-o de volta para Apokolips.

Com o encerramento da batalha, pela primeira vez eles são parabenizados pelos seus atos. No dia seguinte, enquanto são parabenizados pelo presidente dos Estados Unidos, eles discutem o futuro do grupo eles. O presidente recebe um chamado de outra ameaça está ocorrendo e pergunta a eles qual é o nome do grupo. Nisso Flash diz que podem chamá-los de o Super Septeto. Porém, devido ao livro de Davida Graves, eles são chamados de Liga da Justiça.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

  • O Flash possui super velocidade: isto dá, não só a habilidade de mover-se depressa, mas também de enxergar o mundo como estivesse em camera lenta, podendo enxergar a trajetória de balas e objetos muito rápidos e pegá-los com as mãos. Ele consegue atingir a velocidade do Teletransporte. Tal velocidade permite correr sobre a superfície das águas e pelas paredes (visto desde sua primeira aventura em 1956).
  • É capaz de curar ferimentos em pouco tempo pois dentro de seu corpo as células estão em um constante e rápido movimento, isso permite que ele se cure de ferimentos graves como um osso quebrado em apenas algumas horas.
  • Possui uma aura que protege o seu corpo quando em supervelocidade: assim, ele não se fere com o atrito do ar. Isto protege também objetos e até pessoas em contato com o corpo do Flash.
  • Possui a habilidade de criar tornados por girar em círculos ou agitando membros do corpo, como os braços.
  • Consegue vibrar através de objetos sólidos ou gerar vibrações em um único local explodindo-o. Os átomos do seu corpo deslizam suavemente entre os espaços das moléculas que compõe a matéria. Uma explicação parecida permite que o Flash atinja outras dimensões. As Terras Paralelas, ao menos, eram separadas por defasagem vibracional; Flash só tinha que vibrar mais rápido que essas vibrações e atingia outra dimensão.
  • Barry Allen também é um talentoso cientista e inventor, tendo descoberto a existência dos táquions, partículas subatômicas mais velozes que a luz, e criado a esteira cósmica, que permite viagem no tempo e dimensões para qualquer pessoa dotada de supervelocidade que corra em cima dela. Ele também trabalha fazendo perícias para a polícia de Central City.
  • Barry Allen é o único Flash a ter total controle sobre a Força de Aceleração.
  • Miragem de velocidade: atingindo um certo nível de vibração lhe proporciona um "clone".
  • Percepção avançados: assim pode pensar em uma velocidade grandiosa e inigualável.
  • Como mostrado na série The Flash correndo em círculo em grande velocidade ele consegue lançar um raio.
  • Resquício do Tempo: Também mostrado na série The Flash ele consegue fazer um clone voltando no tempo.
  • Viagem Temporal: Correndo em grandes velocidades o Flash consegue voltar no tempo.
  • Invisibilidade: Barry pode tocar na força de aceleração e usá-la como uma ferramenta poderosa para ficar invisível. Isso acontece da mesma maneira que faz dele capaz de vibrar através de objetos sólidos, Barry Allen pode mover seu corpo rápido o suficiente para fazer com que os raios de luz atravessem seu corpo. Nos Novos 52, o próprio Barry afirmou que possui a capacidade de se tornar invisível, mas é por um tempo muito limitado.

Inimigos de Barry Allen[editar | editar código-fonte]

Em Outras Mídias[editar | editar código-fonte]

Séries[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Flash (1990)
Ver artigo principal: The Flash (2014)
John Wesley Shipp interpretou Barry Allen na série The Flash de 1990 e interpreta Henry Allen, o pai de Barry, na série The Flash de 2014.
Grant Gustin como Barry Allen em The Flash.
  • Em The Flash, Barry Allen (John Wesley Shipp) é um policial forense, cujo pai, Henry Allen, é um policial aposentado e não vê Barry como um policial de verdade, e o seu irmão, Jay Allen, é o capitão da polícia. Enquanto estava no laboratório fazendo uma investigação de uma cena de crime, um raio atravessa a janela e atinge Barry, jogando-o contra uma prateleira de produtos químicos. Barry fica desacordado a noite inteira, mas no dia seguinte, no hospital, para a surpresa de seus familiares e de seu médico, ele acorda bem. Com o passar dos dias, Barry foi notando algumas mudanças em seu corpo, e elas ficaram mais evidentes, quando ao tentar pegar um ônibus, ele acabou atravessando quase toda a cidade até chegar na praia em questão de segundos. Querendo saber o que houve, Barry marca uma consulta no STAR Labs, onde conhece a Dra. Tina McGee (Amanda Pays), que o auxilia a explorar e a controlar os poderes dele. Durante uma noite, o irmão de Barry, Jay é assassinado em uma emboscada realizada por um homem chamado Pike, um policial que virou criminoso, e sua gangue, os Riders. Querendo vingar a morte de seu irmão, Barry pede a Tina para que crie um uniforme pra ele, e, usando esse uniforme, Barry consegue capturar um dos membros da gangue, que é a namorada de Pike. Após o interrogatório e vasculhar a cidade inteira, Barry encontra o esconderijo de Pike e sua gangue. Quando o criminoso e sua gangue atacam novamente, Barry consegue derrotar a todos, incluindo Pike. A partir disso, ele, em parceria com Tina, passa a proteger Central City como o Flash.
  • Em The Flash no episódio 2.13 intitulado "Welcome to Earth 2", quando Barry (Grant Gustin), Cisco e Wells viajam para a Terra 2, eles atravessam o multiverso e veem vislumbres de várias terras. Em um desses vislumbres aparece o Flash da série de 1990.

Universo Televisivo da DC (2013-)[editar | editar código-fonte]

  • Em Arrow Barry aparece nos episódios 2.08 e 2.09 intitulados The Scientist e Three Ghosts, sendo interpretado por Grant Gustin. Ele é um detetive forense que aparece em Starling City para investigar um crime semelhante a um outro que ocorreu em Central City. Barry auxilia Felicity Smoak na investigação do mascarado, que seria revelado como sendo Cyrus Gold que roubou uma centrífuga na Queen Consolidações. Após Diggle, a pedido de Oliver, investigar sobre Barry, Oliver obriga Barry a dizer quem ele realmente é. Barry diz que é um assistente de laboratório da polícia científica e quer tentar conseguir a inocência do pai, acusado de matar sua mãe quando era criança. Barry também diz que viu o verdadeiro assassino e disse que era uma criatura veloz. Barry acaba sendo obrigado a pegar um trem para voltar para Central City, mas chega atrasado. Sentado no banco da estação, ele desmaia após ser atingido por um dardo e acorda no esconderijo do Arqueiro, onde Felicity pede a ajuda dele para salvar Oliver que acabara de ser envenenado. Após Oliver conseguir derrotar o Cyrus, Barry deixa Starling City, deixando para Oliver uma máscara para ele usar em suas missões como o Arqueiro. De volta a Central City, Barry volta para sua casa, de onde vê a ativação do Acelerador de Partículas que acaba lançando um raio que o atinge e o arremessa contra uma pratileira de compostos químicos. Barry retorna na 3ª temporada no episódio 3.08 intitulado Brave and the Bold. Nesse, o Flash aparece no prédio da A.R.G.U.S., salvando Oliver e seu pupilo, Roy Harper, de serem atingidos pelos bumerangues de Digger Harkness, um ex-agente do Esquadrão Suicida que mata suas vítimas utilizando bumerangues. Os dois se unem e procuram Harkness, mas entram em desavença quando Barry discorda do modo violento de Oliver agir ao interrogar um criminoso. Mais tarde, após encontrarem, Harkness, que revelou que implantou bombas em cinco pontos de Starling City, Barry, com a ajuda de Cisco, Caitlin, Felicity e Diggle, desativa a bomba enquanto Oliver enfrenta Harkness. Após ele ser capturado, Barry e Oliver decidem ver quem venceria uma luta entre os dois..
  • Em The Flash, aos 8 anos de idade, Barry (interpretado por Gustin) viu sua mãe, Nora Allen (Michelle Harrison), ser assassinada por um homem dentro de um vórtice. Após o acontecimento, o pai de Barry, Henry Allen (John Wesley Shipp, que inteterpretou o Barry na série de 1990) foi preso, sendo acusado pelo assassinato de Nora, enquanto que Barry é adotado pelo Detetive Joe West (Jesse L. Martin), sendo criado junto com a filha dele, Iris West (Candice Patton), por quem nutre uma paixão não correspondida. Catorze anos depois, Barry é agora um cientista forense, sendo considerados por muitos um cara esquisito por estar sempre procurando eventos inexplicáveis. A vida do jovem muda quando a ativação do acelerador de partículas do Dr. Harrison Wells (Tom Cavanagh) libera um feixe de energia que atinge vários pontos da cidade, e um desses pontos é o apartamento de Barry, fazendo com que ele seja atingido por um raio e fique em coma por 9 meses. Despertando do coma, Barry descobre que têm uma velocidade sobre-humana e capacidade de regeneração e, após falhar em capturar Clyde Mardon, o que custou a vida de um inocente, e ser motivado pelo Oliver Queen/Arqueiro (Stephen Amell) a se tornar um herói, ele decide usar os seus poderes para salvar vidas e enfrentar outros que foram afetados pelo acelerador de partículas. A primeira temporada da série mostra Barry evoluindo como herói, à medida que descobre pistas sobre o paradeiro do assassino de sua mãe, que mais tarde revelam que o homem que matou Nora é o Dr. Wells, que na verdade é Eobard Thawne (Matt Letscher), um cientista criminoso do futuro que se tornou o maior inimigo do Flash e viajou para o passado para matar o jovem Barry, mas como o Flash do ano de 2024 interveio, Eobard matou Nora, o que fez com o que o Flash deixasse de existir e com que Eobard perdesse sua conexão com a Força de Aceleração. Sendo assim, ele matou e assumiu a identidade de Harrison Wells para garantir a criação do Flash. Na segunda temporada, como consequência da reativação do Acelerador de Partículas em sua batalha final contra o Flash Reverso, 52 portais que ligam a nossa Terra com a Terra 2 foram abertos. Devido à existência desses portais, Flash passa a enfrentar criminosos da Terra 2, alguns sendo contrapartes de rostos amigos da Terra 1, e um inimigo mais perigoso que o Flash Reverso, o Zoom, cujo objetivo é roubar a velocidade do Flash para se tornar mais poderoso. Barry encontra um novo aliado em Jay Garrick, o Flash da Terra 2, que mais tarde é revelado como sendo Hunter Zolomon, o Zoom, que era um assassino em série na Terra 2 que sequestrou o verdadeiro Jay Garrick (John Wesley Shipp) e assumiu sua identidade. Zoom ataca Central City com seu exército de meta-humanos vindos da Terra 2 e mata Henry. Após derrotar Zoom, Barry sente que perdeu tudo e volta no tempo e impede sua mãe de ser assassinada por Eobard.
  • Em Supergirl, Flash (Gustin) aparece no episódio 1.18 intitlado World's Finest. No episódio, o Flash acaba indo parar acidentalmente na Terra S, onde conhece Kara Danvers/Kara Zor-El/Supergirl (Melissa Benoist). Após descobrir que nesta Terra Central City existe, porém não há nenhum vestígio de Cisco, Caitlyin ou de Harrison Wells nesse universo, Kara decide ajudá-lo levando-o para o DEO, uma divisão secreta do governo que monitora ameaças alienígenas. Enquanto Barry procura uma forma de voltar para a Terra 1, uma inimiga de Supergirl, Curto Circuito, escapa, e ela pede a ajuda de Barry para detê-la. Os dois jovens heróis são pegos de surpresa quando Curto Circuito une forças com a Banshee Prateada. Depois das duas vilãs serem capturadas, Barry consegue retornar para a sua Terra quando sua velocidade combinada com a velocidade de Kara abre um portal para o multiverso.
  • Em DC's Legends of Tomorrow, Grant Gustin retornará ao papel de Barry Allen/Flash em duas versões, na versão presente e na versão futura do personagem.

Universo Estendido DC[editar | editar código-fonte]

  • Em Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016), Barry Allen/Flash (Ezra Miller) aparece em duas cenas. Na primeira, o Flash vem do futuro alertando Bruce Wayne (Ben Affleck) de que Lois Lane (Amy Adams) é a chave e que ele deve encontrá-los e recrutá-los. Na segunda cena, Diana Prince (Gal Gadot) está analisando os arquivos que Lex Luthor (Jesse Eisenberg) obteu dela e de outros meta-humanos. Quando ela olha os arquivos referentes ao Flash, ela vê a gravação de uma loja de conveniências em que Barry deteve um assaltante utilizando sua velocidade, e ao fazer uma breve pane elétrica foi causada na câmera de vigilância.
  • Ezra Miller interpretará novamente o personagem em The Flash, que estreará em 2018.
  • Miller irá retornar na sequência de Liga da Justiça, que estreará em 2019.

Animação[editar | editar código-fonte]

  • Barry também fez algumas aparições no desenho Super Amigos.
  • O personagem Wally West de Liga da Justiça também tem características de Barry. Ele trabalha na Polícia Científica e sua galeria de vilões é a mesma que do Barry.
  • Em Batman: Os Bravos e os Destemidos Barry aparece em um episódio da segunda temporada onde Batman, Wally West e Jay Garrick resgatam Barry e o ajudam a deter Professor Zoom.
  • Outros filmes de animação com a presença do Flash são Liga da Justiça: A Nova Fronteira e Justice League: Doom (2012), no qual Barry aparece.

Universo Animado da DC[editar | editar código-fonte]

  • Em Liga da Justiça: Ponto de Ignição (2013), que adapta a saga Ponto de Ignição, Barry é o protagonista. O filme é bastante fiel à HQ e possui pequenas diferenças, como não mostrar quem assassinou a mãe de Barry, não ter a cena onde Barry se despede de sua mãe antes de voltar no tempo para impedir a si mesmo de salvar sua mãe e de após ter feito a realidade voltar ao normal, ele ainda continua casado com Iris.
  • Em Liga da Justiça: Guerra (2014), que adapta o primeiro arco da revista Liga da Justiça na fase dos Novos 52, Barry aparece no filme e, diferente da HQ, além de já conhecer Hal ele também é amigo de Silas Stone, o pai de Victor Stone/Ciborgue.
  • Em Liga da Justiça: O Trono de Atlantis (2015), que adapta a saga de mesmo nome lançada em 2012, Barry aparece no filme, diferenciando-se da HQ onde ele não aparecia devido à Central City estar sendo atacada pelo Gorila Grodd.
  • Em Liga da Justiça vs Joven Titãs (2016), Barry aparece no filme e juntamente com Superman, Mulher-Maravilha e o Batman ele é controlado mentalmente por Trigon.

Jogos de Videogame[editar | editar código-fonte]

  • Em Injustice: Gods Among Us, Barry é um personagem jogável sendo protagonista de um dos capítulos. No jogo, o Barry Allen da Terra 2 contribuiu com o regime que Superman construiu, no entanto, cansado de ser conivente com as atrocidades cometidas pelo Homem de Aço ele se volta contra o regime ajudando o grupo de resistência liderado por Batman a enfrentar Superman. No final, Barry é preso, mas fica satisfeito por ter conseguido livrar o mundo das garras de Superman. No jogo, é possível utilizar as skins de Flash Lanterna Negro, Novos 52 (nesse caso tanto o uniforme que o Barry usa nos Novos 52 como também o uniforme de Jay Garrick nos Novos 52) e também o Flash Metahumano (o uniforme do Universo Televisivo da DC, mas este só é disponível para a versão para celular).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

  1. Marcelo Hessel (15/10/2014). «Warner oficializa os filmes da DC até 2020». Omelete. Consultado em 15/10/2014.