Flatpak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Flatpak
Flatpak logo.png
Desenvolvedor Alex Larsson, Flatpak Team
Plataforma x86, x86-64, ARM e AArch64, PowerPC e PPC64
Lançamento setembro de 2015 (6 anos)[1]
Versão estável 1.12.7 (14 de março de 2022; há 3 meses[2])
Escrito em C
Sistema operacional Linux
Gênero(s) Virtualização
Licença GNU LGPLv2.1[3]
Página oficial flatpak.org

Flatpak (anteriormente conhecido como xdg-app) é um programa utilitário de implantação de programas de computador descentralizado, gestão de pacote e virtualização para o sistema operacional Linux. Um programa empacotada no formato Flatpak provê um ambiente seguro em sandbox, onde o usuário executa programas em um modo isolado sem influenciar no sistema operacional, ou seja, onde cada programa empacotada possui apenas as bibliotecas necessárias para a execução do programa.[4][5][6] Aplicações usando Flatpak necessitam de autorização prévia do usuário para usar o hardware ou acessar arquivos do sistema, semelhante aos aplicativos para o sistema operacional Android.[7]

Em 2013, Lennart Poettering propôs a ideia de usar contêineres de programas no ambiente de trabalho GNOME,[5] publicando um artigo sobre em 2014.[8][9] Desenvolvido como parte do projeto freedesktop.org (anteriormente conhecido como X Desktop Group - sigla XDG),[10] foi chamado originalmente como xdg-app.[11][6]

Diferente do gerenciador de pacotes Snappy, o Flatpak foi desenvolvido para ser descentralizado, permitindo adicionar programas de diferentes fontes/lojas. Uma fonte popular é o Flathub, que disponibilizam alguns programas populares, como: Mozilla Firefox,[12] GIMP,[13] LibreOffice,[14] Pitivi,[15] KDE Applications,[16] e alguns não oficiais como Chromium, Blender, Inkscape, Spotify,[17] Skype,[18] Discord, e Steam. Tem se tornado popular também na pirataria, pela facilidade de distribuição com todas as dependências, incluindo Wine (necessário para execução de programas para Microsoft Windows no Linux).[19]

O programa de gestão Steam para o sistema Linux adotou a tecnologia do Flatpak em seu runtime de compatibilidade, para executar jogos em contêineres específicos individuais.[20][21][22]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Flatpak's History». github.com (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2019 
  2. «Releases · flatpak/flatpak». github.com (em inglês). Consultado em 18 de março de 2022 
  3. «flatpak/COPYING at master · flatpak/flatpak». github.com (em inglês). Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  4. Larsson, Alexander (29 de abril de 2016). «Using bubblewrap in xdg-app». Alexander Larsson: Cool links and commentary. GNOME. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  5. a b Willis, Nathan (21 de janeiro de 2015). «GNOME and application sandboxing revisted». LWN. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  6. a b Simioni, Dionatan (30 de Junho de 2016). «Conheça o Flatpak, um formato de empacotamento concorrente ao Snap». Diolinux. Consultado em 10 de Dezembro de 2017 
  7. Mobily, Tony (7 de abril de 2006). «Free Software Magazine interview with Simon Peter». Free Software Magazine 
  8. corbet (1 de setembro de 2014). «Poettering: Revisiting how we put together Linux systems». LWN. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  9. Poettering, Lennart (1 de setembro de 2014). «Revisiting How We Put Together Linux Systems». Pid Eins 
  10. «Flatpak - the future of application distribution». Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  11. Larsson, Alexander (9 de maio de 2016). «Renamed to flatpak in git». freedesktop.org. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  12. Larabel, Michael (7 de abril de 2020). «Firefox 75 Released With Flatpak Support, Wayland Improvements». www.phoronix.com. Consultado em 13 de março de 2022 
  13. «GIMP - Downloads». www.gimp.org. Consultado em 27 de junho de 2018 
  14. «LibreOffice in Flatpak format». www.libreoffice.org. Consultado em 27 de junho de 2018 
  15. «Pitivi-download». http://www.pitivi.org. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  16. «kde-applications». community.kde.org. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  17. «Alexander Larsson's github Flatpak build of spotify». Alexander Larsson's github Flatpak build of spotify. Consultado em 9 de dezembro de 2017 [ligação inativa]
  18. «Alexander Larsson's github Flatpak build of skype». Alexander Larsson's github Flatpak build of skype. Consultado em 9 de dezembro de 2017 [ligação inativa]
  19. «Pirates are now packing Windows games with Flatpak and spreading them that way». www.reddit.com (em inglês). 24 de outubro de 2017. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  20. «Steam for Linux client adds support for Linux namespaces». steamcommunity.com (em inglês). 10 de novembro de 2019. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  21. «FOSDEM 2020 - Containers and Steam». archive.fosdem.org (em inglês). 1 de fevereiro de 2020. Consultado em 5 de novembro de 2020 
  22. «pressure-vessel — tools to put Steam in containers». gitlab.steamos.cloud (em inglês). Consultado em 5 de novembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Este artigo relativo a GNU/Linux é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.