Flavio Zandoná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Flavio Zandoná
Informações pessoais
Nome completo Flavio Gabriel Zandoná
Data de nasc. 8 de abril de 1967 (52 anos)
Local de nasc. Zárate,  Argentina
Altura 1,84 m
Apelido El Chino
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Defensor
Clubes de juventude
Argentina Belgrano de Zárate
Argentina San Lorenzo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1990-1994
1994-2000
1998
2000
2000
Argentina San Lorenzo
Argentina Vélez Sársfield
México Veracruz (empr.)
Japão Avispa Fukuoka
Paraguai Cerro Porteño
116 (11)
142 0(9)
? 0(?)
0 0(0)
? (?)

Flavio Gabriel Zandoná (Zárate, 8 de abril de 1967) é um ex-futebolista argentino que atuava como defensor[1].

Sua carreira é mais ligada ao Vélez Sársfield, clube que defendeu entre 1994 e 2000, com 142 partidas disputadas e 9 gols. Se destacou também com a camisa do San Lorenzo, equipe onde iniciou a carreira, em 1990.

Zandoná, que chegou a ser emprestado ao clube mexicano Veracruz em 1998, teve passagens apagadas por Avispa Fukuoka e Cerro Porteño, encerrando a carreira aos 33 anos.

O soco em Edmundo[editar | editar código-fonte]

Na final da Supercopa Sulamericana de 1995, disputada entre Vélez Sársfield e Flamengo, Zandoná ficou mundialmente conhecido por um lance com o atacante Edmundo.

Ao se encontrarem, Edmundo e Zandoná trocaram tapas no meio-de-campo. Ainda sentindo a dor do primeiro tapa dado pelo zagueiro, o Animal levaria um violento soco no rosto, que provocou um corte na boca. Romário, companheiro de ataque de Edmundo no Flamengo, foi tirar satisfações com Zandoná, dando início a uma briga que envolveu jogadores das duas equipes.

Títulos Nacionais[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.