Fleischer Studios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fleischer Studios
Indústria Cinema
Fundação 1921 (como Inkwell Studios)
1929 (como Fleischer Studios)
Encerramento 28 de Agosto de 1942
Sede Brooklin, Cidade de Nova York, Nova York, EUA
Pessoas-chave Max Fleischer (co-fundador, produtor/diretor/ctor)
Dave Fleischer (co-fundador, produtor/diretor/ator)
Produtos Filmes de animação

Os Fleischer Studios, foram uma corporação estadunidense localizada na Broadway, em Nova Iorque e fundada em 1921 com o nome de Inkwell Studios (ou, também, Out of the Inkwell Films) pelos irmãos Max Fleischer e Dave Fleischer que dirigiram a empresa desde sua fundação até abril de 1942, quando a Paramount Pictures, a quem eram afiliados, os forçou a abandonarem o negócio. No auge de suas produções foram os maiores concorrentes da Walt Disney Productions, com seus personagens em desenho animado, dos quais os mais conhecidos são Betty Boop, Superman e Popeye - figuras humanas, ao contrário dos seus concorrentes, que baseavam suas produções em animais antropomorfos.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Os irmãos Max e Dave fizeram de Betty Boop um ícone mundial durante os anos 20 do século XX. Max foi o produtor e Dave o diretor da série protagonizada pelo até então pouco conhecido personagem de banda desenhada Popeye, o Marinheiro..[1]

A empresa já havia inovado na produção de desenhos de qualidade, inclusive com a introdução das primeiras cenas sonoras, mesmo antes de Steamboat Willie (1928). Outros avanços ocorreram no colorido de Popeye e, mais tarde, no realismo de Superman.[1]

Ao final, a empresa sucumbiu ante a ação da Paramount que, a fim de dominar a empresa que vinha disputando a primazia em animações com a Disney, procurou arruinar os irmãos Fleischer. Max, demasiado confiante, acabou sendo colocado pela sua ex-distribuidora como produtor de filmes de segunda qualidade. Após anos de processo judicial, obteve uma vitória tardia e inócua - pois a empresa não tinha mais condições de reerguer-se.[1]

Referências

  1. a b c Bennett, Carl. Book Review (em inglês). Out of the Inkwell: Max Fleischer and the Animation Revolution, de Richard Fleischer - ISBN 0-8131-2355-0 185 pag.. The University Press of Kentucky. Lexington, Kentucky: 24 Junho 2005. Página visitada em 21/04/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.