Flitwick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde julho de 2013).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Filius Flitwick
Fílio Flitwick
Warwick Davis, 2006.jpg
Dados pessoais
Sexo Masculino
Cabelo Branco
Olhos Não especificado.
Família Mestiço

[1]

Dados biográficos
Casa Blason Serdaigle.svg Ravenclaw
Organizações as
quais pertence
Ordem da Fênix
Na série
Primeira aparição
em livro
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Primeira aparição
em filme
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Intérprete Warwick Davis
Personagem da série Harry Potter

Fílio Flitwick é um bruxo que atendeu a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e foi selecionado para a casa Corvinal, sendo um jovem dotado de inteligência e um estudante modelo. Algum momento depois de sua formação, Flitwick retornou a Hogwarts, a escola em que estudou, e assumiu o cargo de Professor de Feitiços de Hogwarts, assim como diretor da casa Corvinal. Flitwick é descrito nos livros como um homem miudinho.

Na série[editar | editar código-fonte]

Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, ele usa suas habilidades mágicas para ajudar a decorar o Salão Principal no Natal. Flitwick é também um dos professores que ajuda a proteger a Pedra Filosofal, enfeitiçando centenas de chaves para que possam voar, e assim dificultando que se encontre a chave que destranca a porta para a sala seguinte.

Durante o segundo ano de Harry, Flitwick ajuda a Professora Sinistra a transportar um Justino Finch-Fletchley petrificado para a Ala Hospitalar. Fílio ensina os monitores a reconhecer uma imagem de Sirius Black após sua segunda invasão em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Ele também auxilia a patrulhar o perímetro do labirinto para a Terceira Tarefa do Torneio Tribruxo realizado no quarto ano de Harry Potter. Flitwick acaba removendo a maior parte do pântano que havia sido criado dentro da escola por Fred e Jorge Weasley em Harry Potter e a Ordem da Fênix, embora anteriormente ele tenha deixado o pântano intocado para irritar a Professora Umbridge. O professor, no entanto, opta por deixar um pequeno pedaço do pântano inteiro, pois o considera "um bom bocado de magia" e uma homenagem aos gêmeos Weasley.

Perto do final de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Flitwick é enviado pela Professora Minerva McGonagall para chamar Snape em auxílio à Ordem da Fênix, que estava combatendo os Comensais da Morte que haviam invadido o castelo. Porém, Flitwick é nocauteado ou estuporado por Snape ao pedir ajuda. Em Harry Potter e as Relíquias da Morte, ele ajuda a lançar os feitiços de proteção em torno do castelo (como um poderoso fetiço de proteção "Protego Horribilis") para impedir Lord Voldemort e seus Comensais da Morte, que se aproximavam do castelo, e mais tarde auxilia na luta contra os seguidores de Voldemort na Batalha de Hogwarts, combatendo Yaxley e posteriormente matando o Comensal da Morte Antônio Dolohov.

Ainda em Harry Potter e as Relíquias da Morte, Flitwick insiste que o Diadema de Rowena Ravenclaw está perdido. Harry pensa depois que, Flitwick, assim como Dumbledore, provavelmente foi um "aluno modelo" e supostamente nunca precisou entrar na Sala dos Objetos Escondidos (na sala precisa), e assim nunca lhe ocorreu que o diadema pudesse estar escondido lá.

Adaptações cinematográficas[editar | editar código-fonte]

Nas adaptações para o cinema, Flitwick é interpretado por Warwick Davis. Rowling disse: "Eu devo admitir, fiquei surpresa quando vi o Flitwick dos filmes, que se parece muito com um duende ou elfo (eu nunca disse precisamente aos cineastas como ele deveria ser), porque o Flitwick na minha imaginação simplesmente parece um homem de idade muito pequeno." No entanto, Rowling menciona em seu site oficial que Flitwick é humano com "uma pitada de ascendência de duende".[2]

O Fílio Flitwick das telas muda visivelmente em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, em que ele assume uma aparência mais humana e menos "elfa", com cabelos escuros penteados para baixo e bigode. Segundo Davis, o personagem bigodudo não foi originalmente suposto de ser Flitwick; Flitwick estava ausente do roteiro de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, mas o "produtor" (presumivelmente David Heyman), acrescentou o novo personagem (creditado como "Mestre do Coral") para que Davis ainda pudesse aparecer no filme. O diretor de Harry Potter e o Cálice de Fogo, Mike Newell, preferiu o novo visual, "e a partir deste momento, o personagem ficou conhecido como 'Flitwick'".[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ele não pode ter sido nascido-trouxa, pois estava em Hogwarts quando a escola estava sob o domínio de Lord Voldemort, e tampouco pode ser puro-sangue, pois J.K. Rowling afirmou que Flitwick descende de duendes.
  2. JKRowling.com - Seção F.A.Q.: Flitwick é apenas um humano miúdo ou ele é outro tipo de ser?
  3. Warwick Davis no novo visual de Flitwick nos filmes de Harry Potter