Florestas primárias de faias dos Cárpatos e de outras regiões da Europa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Pix.gif Florestas primárias de faias dos Cárpatos e de outras regiões da Europa *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Stužica primeval forest, Slovakia.jpg
Bosque primário de Stužica.
País  Albânia
 Alemanha
 Áustria
 Bélgica
 Bulgária
 Croácia
 Eslováquia
 Eslovênia
Flag of Spain.svg Espanha
 Itália
Roménia
 Ucrânia
Critérios C (ix)
Referência 1133 en fr es
Histórico de inscrição
Inscrição 2007  (31.ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

As florestas primárias de faias dos Cárpatos e de outras regiões da Europa, um exemplo sobressalente de bosques templarios complexos, tranquilos, constituem uma propriedade transnacional de dez componentes separados (6 na Ucrânia e 4 na Eslováquia) ao longo de um eixo de 185 km das Montanhas Rakhiv e a Cordilheira Chornohirskyi na Ucrânia, ao oeste ao longo da Crosta Polonesa, até Bukovské vrchy e as montanhas Vihorlat em Eslovaquia. Contém uma reserva genética inapreciavél de hayas e muitas especies associadas, e dependentes, destes hábitats boscosos. São também um exemplo sobressalente de recolonização e desenvolvimento de ecossistemas terrestres e comunidades depois do último Idade do Gelo, um processo que ainda está em curso.

Foi incluíndo pela UNESCO na lista do Patrimônio Mundial em 2007 [1].

Referências

  1. «UNESCO». Consultado em 27 de outubro de 2013 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.