Florian Zeller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Florian Zeller (Paris, 28 de Junho de 1979) é um escritor francês.[1][2] Seu primeiro livro publicado no Brasil se passa no Cairo e traz as diferenças culturais de dois mundos. Foi galardoado com o Prix Interallié em 2004, pela obra La Fascination du Pire.[2] Ele é, segundo o The Times, "o dramaturgo mais emocionante do nosso tempo".[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

Romances
  • Neiges artificielles, Flammarion, 2002
  • Les Amants du n’importe quoi, Flammarion, 2003
  • La Fascination du pire, Flammarion, 2004 (Prix Interallié)
  • Julien Parme, Flammarion, 2006 - Parme, Other Press.
Teatro
  • L'Autre - 2004
  • Le Manège - 2005
  • Si tu mourais - 2006 (Prix Jeune Théâtre da Academia Francesa)

Referências

  1. a b Treneman, Ann (27 de fevereiro de 2019). «Review: The Son at Kiln Theatre, NW6». The Sunday Times (em inglês). ISSN 0140-0460. Consultado em 25 de março de 2020 
  2. a b Schüler, C. J. (26 de novembro de 2006). «The Fascination of Evil, by Florian Zeller trs Sue Dyson» (em inglês). The Independent. Consultado em 25 de março de 2020