Flutuação quântica de vácuo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um complexo Diagrama de Feynman ivocando a partícula Higgs boson.

A flutuação quântica de vácuo, ou flutuação de energia, acontece quando o estado fundamental de uma partícula é atingido. Nenhuma partícula, pelos limites impostos pela Mecânica Quântica, pode ter energia igual a zero, pois assim ela teria uma velocidade e posição definida: zero. Mas cada partícula pode estar em seu estado de energia mínima, chamado de estado fundamental. Assim as partículas podem ter denominadas flutuações quânticas de vácuo. Isso é rotineiramente observado em processos envolvendo colisões de partículas, essas partículas vem em forma de flutuações de energia e depois de se colidirem, transformam-se em partículas de matéria, de acordo com a fórmula de equivalência entre massa e energia de Albert Einstein, .[1][2][3][4][5]

Referências

  1. Confirmado: a matéria é resultado de flutuações do vácuo quântico
  2. S. Kronfeld, Andreas (21 de Novembro 2008). «The Weight of the World Is Quantum Chromodynamics» (em inglês). Science. pp. 1198–1199. doi:10.1126/science.1166844. Consultado em de 2014. 
  3. O despertar do vácuo
  4. Efeitos de flutuação do vácuo na eletrodinâmica quântica
  5. C. M. Wilson, G. Johansson, A. Pourkabirian, M. Simoen, J. R. Johansson, T. Duty, F. Nori, P. Delsing (17 de Novembro 2011). «Observation of the dynamical Casimir effect in a superconducting circuit» (em inglês). Nature. pp. 376–379. doi:10.1038/nature10561. Consultado em de 2014. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. James E. Lidsey, The Bigger Bang, Cambridge University Press, 2002 ISBN 1-139-44105-1 (em inglês)
  2. Gabriel D. Roy, Advances in Chemical Propulsion: Science to Technology, CRC Press, 2001 ISBN 1-420-04068-5 (em inglês)


Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.