Fluxo de dados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Em arquitetura de software, o fluxo de dados é o conceito de que a mudança de uma variável deve automaticamente forçar o recálculo dos valores de todas as variáveis dependentes do valor da primeira.

É aconselhável que todo fluxo de dados tenha uma descrição. Exemplo: A Entidade Externa vendedor acessa o processo Cadastrar_Pedido. Neste caso podemos ter um fluxo de dados com a descrição "Dados do pedido". Inteiramente proporcional a sua instância periódica.

Um fluxo de dados pode estar contido no contexto físico por exemplo em um fatura, chamada telefonica, ou uma transferência de programa a programa como o exemplo acima.Definição (Segundo Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)

Ato ou efeito de Informar; Dados ou efeito sobre alguém ou algo; Instrução, direção; Conhecimento extraído de dados.

Características:Identifica dados, documentos a partir de uma origem (Processo, Depósito, Sistema ou Entidade) para um Destino (Processo, Depósito, Sistema ou Entidade). Dados que entram e saem dos processos. É o meio de comunicação entre Entidades Externas, Processos e Depósito de Dados. Dados em movimentação. Analogia com um cano d’água: A água se movimento dentro do cano da sua origem para seu destino. Todo Fluxo de Dados deve possuir um nome. Os dados que compõem um fluxo de dados devem pertencer ao domínio do modelo de dados do sistema em foco. Os dados são atributos das entidades que compõem o modelo de dados do sistema em foco.