Fluxo migratório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

Fluxo migratório é uma referência genérica ao movimento de entrada (imigração) e saída de pessoas (emigração). Migrante é todo aquele que saiu de seu lugar de moradia por um período mais ou menos longo de tempo. Para o lugar de onde ele saiu o migrante é um emigrante. No lugar para onde ele vai, ele será um imigrante.

Na atualidade, como no passado, as populações estão em permanente deslocamento. O planisfério mostra as principais migrações, assinalando igualmente as regiões de acolhimento e as regiões de origem dos migrantes.

Fluxos migratórios fazem parte do processo de globalização, pois com o deslocamento de pessoas acontece o deslocamento de informações culturais, econômicas, sociais e políticas. Com o desenvolvimento de novos meios de transporte, os fluxos de migração têm aumentado, pois se deslocar de um local para outro tem se tornado uma pratica cada vez mais fácil, rápida e econômica.

O fluxo migratório é uma maneira que as pessoas acham de tentar uma nova vida em outro país ou até mesmo continente. Os motivos das migrações podem ser por causa de catástrofes ambientais , falta de trabalho , ou desastres naturais.

Referências

Brasil: aspecto físico e humanos. Fluxos Migratorio. [S.l.: s.n.].

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.