Foca (jornalismo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

É chamado de Foca todo o jornalista recém-formado em início de carreira e ainda inexperiente.[1]

Origem do Apelido[editar | editar código-fonte]

Não se sabe ao certo qual a origem do apelido. Nos Estados Unidos é cub, que em inglês significa filhote. A palavra cub também designa os escoteiros novatos, os lobinhos. (Cunha, s/d). Um famoso texto do jornalista Valdir Sanches conta narra com um certo humor qual seria o real motivo do uso do nome:

"Outro bicho, este marcante no jargão do jornalismo, é a foca. Na verdade, "o" foca. Jornalista novo, inexperiente. Um foca. Consta que o apelido vem dos remotos tempos do flash a magnésio. Os fotógrafos dos jornais preparavam suas máquinas: focavam e deixavam o obturador (uma pequena "janela") aberto. Quando todos estavam prontos, alguém riscava um fósforo numa placa de magnésio e ela "explodia" num clarão. Essa luz passava pelo obturador aberto e impressionava a chapa, o avô do filme. Ocorre que alguns fotógrafos, inexperientes, demoravam para preparar a máquina - e atrasavam os outros. "Péra aí, estou focando." E os outros: "Foca logo, caramba". E mais tarde... "Ih, lá vem o foca". Esta é a história que eu conheço. Vendo o peixe como comprei." [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências