Folclore em Minas Gerais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde novembro de 2012).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Danças[editar | editar código-fonte]

Batuque, Lundú, São Gonçalo (de promessa) em Januária, Cateretê (Catira), Caxambû de cultura Banto (é, na verdade, uma variação do Jongo), Dança dos Velhos (semelhante à do Rio de janeiro e São Paulo), Mineiro-Pau, Zona da Mata (dança de roda ao som de chocalhos, pandeiro, reco-recos, ferrinhos e caixas), Folia de Reis, o Boi (Boi -de-Manta, Boi-Janeiro, Boi - Marruê - com características mineiras. É, como diz Saul Martins, "uma sobrevivência totêmico-fetichista, obra sincrética resultando do encontro duradouro de inúmeras culturas"), Congado ou Congo, Romaria (pagadores de promessas em Congonhas), Carvalhada.

Artesanato[editar | editar código-fonte]

O artesanato de Minas Gerais tem muito a ver com o Folclore, bonecas de pano, peões de madeira feitos a mão etc.

Culinária[editar | editar código-fonte]

Angu Mineiro, Canjica (grão de milho cozido e temperado com leite de coco e açúcar - é o Munguzá do Nordeste), Arroz Ferrado (arroz cozido com lasquinhas de carne de vaca. É o Arroz Tropeiro), Mocotó (mocotó de boi, depois de cozido com claras de ovos e gemas, canela, cravo, açúcar), Pipoca Salgada, Tutu (guisado de feijão cozido, amassado e coado, depois engrossado com farinha de mandioca. Acompanhamento: lingüiça e torresmos), Doçaria (doce de todas as frutas existente e sasonais, Mingau de Milho Verde, a Canjica do Nordeste, Pamonha, Pé-de-Moleque, Beiju, Brevidade).

Calendário de Festas[editar | editar código-fonte]

Janeiro: Festa de Reis

Fevereiro: Carnaval, Blocos Carnavalescos, Entrudo.

Março: Semana Santa. Um estudo à parte relacionado com as cidades históricas, principalmente Ouro Preto.

Maio: Mês de Maria. Procissões. Coroação de Nossa Senhora.

Junho: Os três Santos do mês. Corpus Christi.

Julho: Divino Espírito Santo em Diamantina.

Agosto: Mês do Folclore.

Setembro: Carvalhada em Caeté, no Distrito do Morro Vermelho.

Outubro: Congadas, Dia do Padroeiro, N.S. do Rosário.

Dezembro: Ciclo Natalino.