Fonte do Bispo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Fonte do Bispo é uma fonte histórica d'água localizada na cidade brasileira de São Luís, capital do Maranhão.

A origem do seu nome se deve uma divergência, em 1699, entre o bispo dom Frei Timóteo do Sacramento e o governador do Pará (que administrava o Maranhão), representado pelo ouvidor-geral Mateus Dias da Costa. Foi decretada a prisão domiciliar do bispo, em seu palácio, no Largo de Santiago. Sem poder receber visitas e sem ter como renovar os meios de sobrevivência alimentar, rompeu o isolamento e, de vasilha em punho, foi apanhar água na fonte mais próxima de sua residência. Desde então, a nascente ficou conhecida como Fonte do Bispo. [1]

A Fonte do Bispo foi construída em pedra jacaré e tinha sua porta revestida de cantaria, no entanto suas características originais se perderam, restando a estrutura do poço protegido por uma cobertura de alumínio, encontrando-se bastante deteriorada, localizando-se ao final da rua das Crioulas (também chamada de rua Cândido Ribeiro). [2]

A Fonte deu nome à rua da Fonte do Bispo e ao bairro da Fonte do Bispo. Em suas imediações, encontra-se o Terminal do Anel Viário (ou Terminal da Fonte do Bispo), Inaugurado no dia 1º de maio de 1986, para disciplinar o serviço de transporte público. É constituído de cinco plataformas para ônibus municipais, além de 24 quiosques para a venda de comida e bebida, além de outros meios de transporte (incluindo linhas intermunicipais), sofrendo constantes reclamações pela infraestrutura deficiente e falta de reformas. [2][3]

Na região, também se localizam o a Praça do Trabalhador, o Fórum Eleitoral, a FUNAC (Fundação da Criança e do Adolescente), o CEPRAMA, e o Aterro do Bacanga. [4]


Referências[editar | editar código-fonte]