Força Aérea do Império Austro-Húngaro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Força Aérea Austro-Húngara
Um Albatros D.III com o piloto Godwin Brumowski ao lado (o homem à esquerda)
País Áustria-Hungria Áustria-Hungria
História
Guerras/batalhas Primeira Guerra Mundial
Bases Aéreas
Aeronaves
Notas Pelas suas fileiras passaram 5431 aeronaves no total
Insígnias
Identificação nacional nas aeronaves KuKLFT National Markings
Pintura da cauda Austro-Hungarian tail marking
Comando
Comandantes notáveis Emil Uzelac
Conrad von Hötzendorf

A Força Aérea do Império Austro-Húngaro, oficialmente Tropas Imperiais e Reais de Aviação (em alemão: Kaiserliche und Königliche Luftfahrtruppen) foi o ramo aéreo das Forças Armadas do Império Austro-Húngaro até que o mesmo deixou de existir em 1918.[1] Participou em diversos conflitos durante a sua breve existência, nomeadamente durante a Primeira Guerra Mundial, na Frente Oriental e na Frente Italiana. Apesar de ter sido, em tamanho, muito mais pequena que as suas contemporâneas alemã e britânica, lutou com bastante bravura e tenacidade durante a guerra, com o apoio de recursos e aeronaves do Império Alemão.[2]

A sua formação começou em 1893 com o uso de balões de observação e, quando a Primeira Guerra Mundial começou, apenas tinha 10 balões de observação, 85 pilotos e entre 35 a 40 aeronaves.[1] Durante o conflito, os números de efectivos e aeronaves iria aumentar imenso, de acordo com as necessidades operacionais.[1]

Referências

  1. a b c «Austrian Aviation 1914 - 1918». www.wwiaviation.com. Consultado em 26 de julho de 2016 
  2. «World War 1 Austro-Hungarian Empire Aircraft (1914-1918)». Consultado em 26 de julho de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]