Forame oval (coração)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o forame presente no crânio, veja Forame oval (crânio).
ANATOMIA DO CORPO HUMANO
Cinco sentidos
olfato | paladar | visão | tato | audição
Aparelho digestivo
boca | faringe | esófago | estômago
intestino delgado | intestino grosso
fígado | pâncreas | reto | ânus
Aparelho respiratório
nariz | faringe | laringe | traqueia | pulmão epiglotehumano|pulmão]]
brônquio | alvéolo pulmonar | diafragma
Aparelho circulatório
coração | artéria | veia | capilar
sangue | glóbulos brancos
Aparelho urinário
rim | ureter | bexiga | uretra
Sistema nervoso
cérebro | cerebelo | medula espinhal
meninges | bulbo raquidiano
Sistema endócrino
hipófise | paratireoide | tireoide | timo
suprarrenal | testículo | ovário | amígdala
Aparelho reprodutor
ovário | trompa | útero | vagina
testículo | próstata | escroto | pênis
Estrutura óssea
crânio | coluna vertebral | fêmur | rádio
tíbia | tarso | falange

Forame oval, também chamado forame de Botallo, é um orifício no septo entre os dois átrios cardíacos direito e esquerdo. Esse forame ocorre apenas na vida fetal e funciona como uma passagem do sangue vindo da veia umbilical, mais oxigenado, pelo átrio direito para o átrio esquerdo. O sangue no átrio esquerdo não retorna para o átrio direito, já que o septum primum funciona como uma válvula e oclui o forame no momento em que o átrio esquerdo se contrai.[1]

Normalmente tal abertura fecha-se horas antes do parto ou nos primeiros dias de vida do recém-nascido, quando os pulmões tornam-se funcionais, a pressão pulmonar diminui e a pressão atrial esquerda excede à direita. Isso comprime o septum primum contra o septum secundum, fechando o orifício. Após a fusão dos septos, fica como um remanescente do forame oval a fossa ovalis.

Recentes estudos revelaram uma relação entre a falha no fechamento de tal abertura no pós-nascimento e a ocorrência de enxaqueca com aura em pessoas adultas.[2][3][4] Um estudo brasileiro de 2007 revelou também uma relação significativa entre acidente vascular cerebral em jovens e tal abertura anormal do forame oval.[5]

Referências

  1. MOORE, Keith L.; PERSAUD, T. V. N. (2008). Embriologia Básica – 5ª ed. [S.l.]: Elsevier. 365 páginas. ISBN 9788535226614 
  2. Da redação (31 de março de 2011). «Enxaqueca pode estar relacionada a defeito no coração». Saúde – Veja. Consultado em 15 de julho de 2015. 
  3. SCHWERZMANN, M.; et al. (2005). «Prevalence and size of directly detected patent foramen ovale in migraine with aura». US National Library of Medicine – National Institutes of Health. Consultado em 31 de março de 2015. 
  4. Adm. do sítio web (2011). «Migraine Management». Patient.co.uk. Consultado em 31 de março de 2015. 
  5. NEGRÃO, Edson M.; et al. (2007). «Forame oval patente e acidente vascular cerebral isquêmico em jovens: associação causal ou estatística?». Arquivos Brasileiros de Cardiologia (SCIELO). Consultado em 31 de março de 2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.