Force touch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Representação de um toque com nível maior de força

Force Touch é uma tecnologia desenvolvida pela Apple Inc. que permite que trackpads e telas touch screen identifiquem os diferentes níveis de força aplicada em suas superfícies. Foi apresentado primeiramente no dia 9 de setembro de 2014, durante a conferência de apresentação do Apple Watch.[1]

Essa tecnologia foi desenvolvida para adicionar outro método de entrada aos dispositivos da Apple. Começando com o Apple Watch, o Force Touch foi introduzido em vários outros produtos da Apple, incluindo o MacBook, MacBook Pro, iPhone e Magic Trackpad 2.

Hardware[editar | editar código-fonte]

O Force Touch funciona através de vários componentes. No Apple Watch, funciona a partir de uma série de eletrodos na curvatura da tela. Quando uma pressão é detectada, estes eletrodos determinam a pressão aplicada.

Um processo similar ocorre nas aplicações desta tecnologia em trackpads (assim como no MacBook Pro e no Magic Trackpad 2), apesar de que a informação sensorial é detectada por uma série de quatro sensores alinhados com os cantos do trackpad. O feedback é então enviado ao Taptic Engine, um atuador linear eletromagnético.

Diferente dos motores típicos, o Taptic Engine não gira, mas sim oscila para frente e para traz. A resposta gerada é chamada de "feedback tático" pela Apple, e pode ser definida como uma vibração bastante precisa usada para retransmitir uma informação de volta para o usuário.[2]

Funcionalidades[editar | editar código-fonte]

O Force Touch acrescenta várias funcionalidades aos dispositivos, estendendo as habilidades do multi-touch. Informações como lembretes e datas podem ser apertados com mais força para se expandirem e desvendarem mais ações. Ao pressionar sobre um ícone de um arquivo, por exemplo, ele é selecionado, mas ao continuar pressionando mais forte ele é aberto.[3]

Dispositivos[editar | editar código-fonte]

O Force Touch está atualmente embutido nas telas e trackpads do Apple Watch, Macbook Pro Retina, Macbook (Retina) e Magic Trackpad 2.

3D Touch[editar | editar código-fonte]

O 3D Touch é uma versão mais sensível do Force Touch que está inclusa no iPhone 6s e no iPhone 7. O 3D Touch funciona usando sensor capacitivo integrados diretamente na tela. Quando uma pressão é detectada, três sensores capacitivos medem diferenças microscópicas da distância entre a backlight e a cobertura de vidro da tela. Essa informação é então combinada com os dados do acelerômetro e dos sensores de toque para prover uma interpretação precisa das intenções do usuário. [4]

A tecnologia 3D Touch permite que o dispositivo reconheça a pressão do toque de um usuário, distinguindo assim entre toques normais e mais fortes. Quando os sensores de toque conseguem distinguir diferentes níveis de pressão para o sistema operacional processar, o Taptic Engine dá uma resposta ao usuário, imitando a sensação de clicar semelhante ao clicar em um teclado físico. [5]

Referências

  1. «What is Force Touch? Apple's haptic feedback technology explained - Pocket-lint». www.pocket-lint.com (em inglês). plus.google.com/+Pocket-lint. Consultado em 22 de dezembro de 2015 
  2. «Getting under the surface of Apple's new Force Touch trackpad». Macworld UK (em inglês). Consultado em 22 de dezembro de 2015 
  3. «Saiba o que são e como funcionam o Force Touch e Taptic Engine, da Apple». Tudo Celular. 12 de março de 2015. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  4. Tyrangiel, Josh (9 de setembro de 2015). «3D Touch explained: Why is Apple's new technology such a big deal?» (em inglês). TechnoBuffalo. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  5. «Inside the Design Labs Where the iPhone's Coolest New Feature Was Built». Bloomberg.com (em inglês). Consultado em 22 de dezembro de 2015 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]