Fortal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fortal
Período de atividade 1992-atualmente
Local(is) Fortaleza
Data(s) final das férias de julho
Página oficial www.fortal.com.br

Realizada anualmente na cidade de Fortaleza no final das férias de julho, o evento completa 24 anos em 2015. Constante e versátil, ele é sinônimo de novidades e grandes atrações, seduzindo não apenas o público local, mas turistas de todos os cantos do Brasil e do mundo. Sendo realizado em quatro dias na Cidade Fortal, como costuma ser chamado o local do evento durante esse período, a área tem cinco espaços: Camarotes, Arena, Pista, Arquibancadas e, claro, o Corredor da Folia, que recebe os mais importantes artistas nacionais, tornando-se assim um dos maiores eventos indoor do País, com uma mistura musical para não deixar ninguém de fora. Ele reúne cerca de 500 mil pessoas.

História[editar | editar código-fonte]

Após algum tempo freqüentando o carnaval baiano, os irmãos Enio Carlos e Ailton Junior, observaram a força do axé por todo o Brasil e tomaram a decisão de trazer para Fortaleza um novo formato de festa que despontava no mercado conhecida como carnaval fora de época, pouco tempo depois batizada de micareta, onde em diferentes períodos e cidades do país era reproduzido o carnaval de Salvador.

Em 1992, Ailton Junior e Enio Carlos em parceria com Célio Guimarães fundaram a Click Promoções para produzir em julho do mesmo ano a primeira edição do Fortal na avenida Beira Mar, ponto turístico de Fortaleza. Essa primeira edição contou com apenas um bloco, o Araboneco, que tinha como atração a banda Cheiro de Amor.

Como qualquer novidade, o Fortal gerou muitos comentários na mídia e na sociedade. Algumas pessoas criticaram e acusaram a micareta de ser um afronto à cultura cearense por trazer uma festa tipicamente baiana para a capital cearense, e a maior parte da população aprovou a realização do evento e já esperava ansiosamente pela segunda edição.

No ano de 1993, a segunda edição do Fortal já começou a tomar maiores proporções. Novos parceiros para a diretoria do evento, a criação de mais um dia(agora se tornaram 3 dias) e mais dois blocos (Evabody com a banda Asa de Águia e Siriguella com a banda Chiclete com Banana) foram as principais alterações.

O Fortal cada vez mais crescia e aumentava também a necessidade de mudanças para aprimorar a sua organização. Em sua terceira edição em 1994, os blocos que faziam parte do evento ganharam uma divisão entre alternativos e oficiais, divisão essa que dura até os dias de hoje. Os blocos oficiais participam da micareta durante três dias (de sexta-feira a domingo), e os blocos alternativos saem apenas em um dia (quinta-feira).

A cada ano o número de blocos aumentava, chegando ao ponto de em 1996 o Fortal ter a sua edição com a maior quantidade de dias e de blocos. Desfilaram nove blocos oficiais e sete blocos alternativos durante cinco dias de micareta na avenida Beira Mar. Muitos empresários desejavam ter um bloco na micareta, eles perceberam que além do público cearense havia um grande número de turistas que desejavam encerrar suas férias de julho participando da micareta. Tudo isso fazia o Fortal ser reconhecido como além de uma grande festa uma excelente oportunidade para negócios gerando renda à Fortaleza.

Após doze anos na avenida Beira Mar, no ano de 2004 o Fortal enfrentou problemas judiciais para a sua realização no local. E entre proibições do Ministério Público e reivindicações dos organizadores do evento, faltando apenas 24 horas para o primeiro dia da micareta, é que foi conquistada uma autorização para a sua realização por parte do Supremo Tribunal de Justiça. O Fortal aconteceu nas proximidades do aterro da praia de Iracema, sendo o seu último de realização nas ruas.

O ano de 2005 foi marcado por uma série de mudanças para o Fortal. A realização da micareta deixa de ser a cargo da Click Promoções e passa a dar lugar para a Carnailha Promoções conseqüentemente trazendo alterações também na diretoria da micareta. Mas a principal novidade foi a mudança de local do Fortal, passando a acontecer em um terreno de 25 hectares pertencente ao empresário Iven Dias Branco estrategicamente localizado. Esse terreno passou a ser chamado de Cidade Fortal e trouxe ao evento um novo estilo, a micareta indoor, ou seja, micareta em um ambiente fechado.

Na Cidade Fortal, além de maior segurança o folião conta com espaço para pipoca, avenida para desfile dos blocos, arquibancadas e camarotes, e a grande novidade, a Arena Vip. Nessa arena, é possível assistir à shows dos mais diferentes artistas antes e depois da passagem dos blocos e desfrutar de uma tenda eletrônica com apresentações de importantes DJ’s.

Em 2013, a NordesTV (SBT) adquiriu os direitos de Transmissão do Fortal. A emissora transmitiu os 4 dias do Fortal 2013 direto da Cidade Fortal. Diversos profissionais estiveram empenhados para levar ao telespectador, o melhor da micareta fora de época de Fortaleza. Mila Santos com sua disposição e alegria animou e fez bonito na transmissão. Ela contou com a ajuda de Léo Pida, que veio diretamente da Bahia para apresentar a micareta.

Blocos 2013[editar | editar código-fonte]

Blocos 2014[editar | editar código-fonte]

Blocos 2015[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.