François Clouet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
François Clouet
Francois-Clouet
Nome nativo François Clouet
Nascimento 1510
Tours
Morte 1572 (62 anos)
Paris
Nacionalidade França Francês
Cidadania França
Progenitores Pai:Jean Clouet
Ocupação pintor
Magnum opus Charles IX

François Clouet (Tours, por volta de 1510 - Paris, 1572) foi um pintor francês. Filho de Jean Clouet - retratista, desenhista e miniaturista flamengo -, François trabalhou com o pai em Tours até 1523 e o sucedeu como pintor da corte de Francisco I em 1541. É considerado o maior pintor e desenhista francês da segunda metade do século XVI e um dos maiores nomes da Escola de Fontainebleau. Firmou-se como retratista, pintor de nus e de obras de caráter histórico e mitológico.

Obras[editar | editar código-fonte]

Clouet pintou vários retratos de figuras importantes da classe dominante francesa de sua época, como do Rei Francisco I (1949-1547), de seu filho Henrique II (1519-1559), de Catarina de Médici, esposa de Henrique II, e seus filhos, Francisco, Duque de Anjou (1555-1584) e Carlos IX (1550-1574). Ele também pintou Maria, Rainha da Escócia (1542-1587) e Margarida de Valois (1553-1615). Sem falar no retrato de Elizabeth da Áustria, que é considerado o melhor do pintor.[1]

O pintor tem poucas obras assinadas, uma delas é Dame au bain (Senhora no banho, em tradução livre), mas cerca de cinquenta desenhos e pinturas são atribuídas a ele.[1]

Galeria[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre François Clouet

Referências

  1. a b «François Clouet :: Biographie ► Virtual Uffizi». Virtual Uffizi Gallery (em francês). Consultado em 24 de setembro de 2017 

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.