Francisco Afonso de Meneses de Sousa Coutinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
D. Francisco Afonso de Meneses de Sousa Coutinho

D. Francisco Afonso de Meneses de Sousa Coutinho,[1] primeiro e único visconde e marquês de Maceió [2] (Turim, 2 de fevereiro de 1796Paris, 14 de agosto de 1834), foi um militar da Marinha de Portugal que, aderindo à independência do Brasil, fora promovido a capitão de fragata. Alcançou a patente de tenente-coronel, passando a ministro da pasta da Marinha em 1827.

Filho de D. Rodrigo Domingos de Sousa Coutinho, 1.° conde de Linhares, e de Gabriella Maria Ignazia Asinari dei Marchesi di San Marzano. Irmão de D. Vitório Maria Francisco de Sousa Coutinho Teixeira de Andrade Barbosa, 2.º conde de Linhares. Casou-se com Guilhermina Adelaide Carneiro Leão, filha de José Fernando Carneiro Leão, barão de Vila Nova de São José. Não houve descendência.

Armas do marquês de Maceió, as mesmas das famílias Sousa Chichorro e Coutinho.

Grande do Império, exercia a função de veador na corte imperial. Era cavaleiro da Imperial Ordem do Cruzeiro e da Ordem da Torre e Espada, e comendador da Imperial Ordem de Cristo. Recebeu o viscondado com grandeza por decreto de 12 de outubro de 1824 e o marquesado por decreto de 12 de outubro de 1826.

Referências

  1. Pela grafia arcaica, Francisco Afonso de Menezes de Souza Coutinho.
  2. CavTE

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Francisco Vilela Barbosa
Ministro da Marinha do Brasil
1827
Sucedido por
Diogo Jorge de Brito


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.