Francisco Antônio de Almeida e Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Francisco Antônio de Almeida e Albuquerque (Paraíba, ? — João Pessoa, maio de 1856) foi um político brasileiro.

Foi 2º vice-presidente da província da Paraíba, tendo assumido a presidência interinamente de 8 de maio a 3 de julho de 1851. Era irmão de Frederico de Almeida e Albuquerque, que viria a ser senador pela província da Paraíba, e pai de Antônio Carlos de Almeida e Albuquerque, que representou a dita província na Assembleia Geral.[1]

Era senhor do engenho Boa Vista, em Mamanguape, Paraíba.[2]

Referências

  1. «Correspondencia da Parahyba - 28 de maio». memoria.bn.br. Rio de Janeiro, RJ: Correio Mercantil. 10 de junho de 1856. p. 2. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  2. «Avisos Diversos». memoria.bn.br. Recife, PE: Diário de Pernambuco. 20 de dezembro de 1856. p. 3. Consultado em 2 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. Exposição feita pelo coronel Francisco Antônio de Almeida e Albuquerque na qualidade de 2º vice-presidente da província da Paraíba no ato de passar a administração da província ao exmo. presidente o sr. dr. Antônio Coelho de Sá e Albuquerque em 3 de julho de 1851


Precedido por
Frederico de Almeida e Albuquerque
Presidente da província da Paraíba
1851
Sucedido por
Antônio Coelho de Sá e Albuquerque


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.