Francisco Brêtas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Francisco Bretas)
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso.

Você é encorajado a melhorar o artigo, mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo, além de não afetar o processo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito ao voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 23 de maio.


Usuário: se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco Brêtas
Nome completo Francisco Antônio de Souza Brêtas
Nascimento 6 de janeiro de 1961 (56 anos)
Juiz de Fora,  Brasil
Ocupação Dublador
Ator
Diretor
Atividade 1989-presente
IMDb: (inglês)

Francisco Antônio de Souza Brêtas (Juiz de Fora, Minas Gerais, 6 de janeiro de 1961) é um ator, dublador e diretor de dublagem brasileiro. Está na área desde o final dos anos 1980. Seus trabalhos mais conhecidos são Hyoga de Cisne em Os Cavaleiros do Zodíaco[1][2], Kaioshin em Dragon Ball Z e Capitão em Os Pinguins de Madagascar. É conhecido também por ter dublado Jim Carrey em O Mentiroso (VHS), Steve Carell em Pequena Miss Sunshine e Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada, Jake Gyllenhaal em O Segredo de Brokeback Mountain (DVD/TV Paga) e David Arquette em Pânico 2 (DVD).

Em 2004, Bretas ganhou um reconhecimento oficial em seu país como melhor dublador do ano, por ter emprestado sua voz a Hyoga.[3]

Além de ser dublador, Bretas já era ator e diretor de teatro, tendo iniciado a carreira em 1978. Tem no currículo peças como Otello (Shakespeare), O Retrato de Dorian Gray.

Começou a dublar na Álamo, no final dos 80, foi escalado pelo Líbero Miguel para dublar o Red Flash em Comando Estelar Flashman.

Trabalhos como Ator[editar | editar código-fonte]

  • Os sete Sacramentos de Canudos (TV)
  • isso é o que ela pensa

Trabalhos como Dublador[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]