Francisco Castilhos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Francisco Romeu de Castilhos, mais conhecido como Chico Castilhos (São Francisco de Paula, 21 de Setembro de 1942 — 15 de Outubro de 2003) foi um cantor nativista e violonista brasileiro. É um dos fundadores do grupo Os Mirins, juntamente com o seu amigo Albino Manique.[1]

Desde os 13 anos de idade, ele e Manique apresentavam-se em programas de rádio. Francisco tocava cavaquinho[2] e cantava e Albino o acompanhava tocando pandeiro. Eram conhecidos nos programas como Dupla Mirim.[3]

Tempos depois, a dupla forma o conjunto Os Mirins, que entrou para a história da música gaúcha. Os dois acabaram lançando um estilo de dupla diferente do comum, pois na época o modismo era uma dupla de dois gaiteiros. E eles formavam uma dupla em que Chico tocava violão e Albino Manique tocava cordeona, tornando-se assim diferentes dos outros grupos da época.

Chico foi um dos primeiros músicos a tocar contrabaixo em um baile gaúcho, um fato inovador para época, já que era muito usado dois violões, um para base e outro para ponteios e solos.

Conhecido pela sua voz inconfundível, consagrou-se por cantar as músicas Vaneirinha da Saudade, Vaneirinha do Adeus, Vaneirinha do Amor, Guri, Tempos de Guri e muitas outras.

Gravou um CD solo, com participações de amigos. E vários CDs com o grupo Os Mirins.

Em 2003 morreu devido a um câncer no intestino.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Simplesmente Xico

Referências

  1. Biografia de Os Mirins acessado em 10 jan 2016
  2. Jeandro Garcia (9 de janeiro de 2014), Os Mirins - video antigo (historia -Barbaridade - Morena Rosa), consultado em 14 de novembro de 2017 
  3. O Cariúcho e o Tradicionalismo - Os 10 “Maiores” Gaiteiros Gaúchos acessado em 10 jan 2016