Francisco Doratioto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2014). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco Doratioto
Nascimento Atibaia
Cidadania Brasil
Alma mater Universidade de São Paulo

Francisco Fernando Monteoliva Doratioto (Atibaia, 1956), conhecido como Francisco Doratioto, é um historiador brasileiro, especialista em história militar e das relações do Brasil com os países da América Meridional (Cone Sul: Paraguai, Argentina, Uruguai e Chile).

Graduou-se em história (1979) e em ciências sociais (1982) pela Universidade de São Paulo. É mestre (1988) e doutor (1997) em história das relações internacionais pela Universidade de Brasília. Foi professor da Universidade Católica de Brasília e atualmente é professor da área de História da América do Departamento de História da Universidade de Brasília.

É membro correspondente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro; da Academia Paraguaya de la Historia, Paraguai, e da Academia Nacional de la Historia, Argentina, e do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil.

Na sua obra mais conhecida, Maldita Guerra, Doratioto apresenta detalhadamente a história da Guerra do Paraguai, contrariando explicações que situam no imperialismo inglês o elemento causal decisivo para a deflagração do conflito.[1]

Principais obras[editar | editar código-fonte]

  • 1996: O conflito com o Paraguai: a grande guerra do Brasil (São Paulo: Ática)
    • 2016: Introducción a la Guerra del Paraguay (Asuncão: Intercontinental)
  • 2002: Maldita Guerra: nova história da Guerra do Paraguai (São Paulo: Companhia das Letras)
    • 2004: Maldita guerra: nueva historia de la Guerra del Paraguay (Buenos Aires: Emecé)
  • 2008: General Osório: a espada Liberal do Império (São Paulo: Companhia das Letras)
  • 2012: Relações Brasil-Paraguai: afastamento, tensões e reaproximações, 1889-1954 (Brasília: FUNAG)
    • 2011: Una relación compleja: Paraguay y Brasil, 1889-1954 (Assunção: Tiempo de Historia)
  • 2014: O Brasil no Rio da Prata, 1822-1994 (Brasília: FUNAG)

Referências