Francisco Gaspar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Francisco Gaspar (Pará,[1] 7 de maio de 1967) é um ator brasileiro. Recebeu o Kikito de melhor ator em curta metragem em 35 mm no 35º Festival de Gramado por sua participação no filme O.D. Overdose Digital.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • Tanto Faz (2001)[1]
  • Cheque de Terceiro (2002)[1]
  • Uninverso (2002)[1]
  • A Lâmpada e a Flor (2002)[1]
  • Seja o Que Deus Quiser (2003)[1]
  • Metamorphoses (2004)[1]
  • PR40 (2005)[1]
  • Caixa Preta (2005)[1]
  • Caixa 2 (2006)[1][3]
  • A Casa de Alice (2007)[1][3]
  • O.D. Overdose Digital" (2007)[1][3]
  • 9 mm: São Paulo (2008)[1]
  • Vênus (2008)[1]
  • Nelson Ninguém - Capanga (2013)[4]
  • A Estrada 47 (2015)
  • Mata Negra (2018)
  • O Escolhido (2019-presente)
  • O Cemitério das Almas Perdidas

Televisão[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p q r Filmes da Hora. «Veja informações sobre o ator/atriz Francisco Gaspar». Consultado em 18 de outubro de 2009 
  2. a b Festivaldegramado.net (18 de agosto de 2007). «O Kikito vai para...». Consultado em 18 de outubro de 2009 
  3. a b c e-Pipoca. «Filmografia». Consultado em 18 de outubro de 2009 [ligação inativa]
  4. Site Oficial. «Elenco Nelson Ninguém - Site Oficial». Consultado em 28 de julho de 2013. Arquivado do original em 16 de dezembro de 2013