Francisco Mauro Salzano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco Mauro Salzano
Nascimento 27 de julho de 1928 (90 anos)
Cachoeira do Sul
Nacionalidade  Brasileiro
Campo(s) Genética

Francisco Mauro Salzano (Cachoeira do Sul, 27 de julho de 1928) é um cientista brasileiro da área da genética.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Professor Emérito e Colaborador no Departamento de Genética do Instituto de Biociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e membro do Núcleo Permanente do Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular.

Prêmios e Distinções[editar | editar código-fonte]

Salzano já recebeu várias homenagens. Em 1994, o governo brasileiro lhe concedeu a maior distinção nacional para cientistas, o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para Ciência e Tecnologia. Também recebeu à condecoração Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico - Presidente da República do Brasil - jun/1995. Recebeu em 1997 e 1999 os prêmios "Annual Award" e o "Franz Boas High Achievement Award" das "Ibero-American Society of Human Genetics" e "Human Biology Association", respectivamente. Mais recentemente o título de Doutor Honoris Causa, da Universidade Paul Sabatier (Toulouse III), França/2010. Recebeu também mais 20 outros prêmios. É membro estrangeiro da Academia Nacional de Ciência dos Estados Unidos desde 1999 e da Academia Brasileira de Ciências desde 1973.[2][3]

Publicações e formação de recursos humanos[editar | editar código-fonte]

Possui mais de 449 artigos completos publicados em periódicos indexados internacionais, e 117 artigos gerais e de divulgação científica. Somente neste ano de 2010 ele é citado como autor/coautor de 21 trabalhos. Escreveu 18 livros e 52 capítulos de livros. Dentre os livros destacam-se "The Evolution and Genetics of Latin American Populations" (2002; Cambridge University Press)[4] em colaboração com a pesquisadora e colega de departamento Maria Cátira Bortolini, e o livro "South American Indians: A case study in Evolution" (1988; Clarendon Press)[5] em colaboração com a pesquisadora e colega Sídia Maria Calegari-Jacques. Até o momento, contribuiu para a formação de 44 doutores e 43 mestres.[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • PPGBM - [1]
  • UFRGS - [2]
  • Scientific Commons - [3]