Francisco Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Francisco Santos (desambiguação).
Município de Francisco Santos
"Chico Santos"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 24 de dezembro
Fundação 24 de dezembro de 1960 (57 anos)
Gentílico franciscosantense
Prefeito(a) Luis José Barros (PT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Francisco Santos
Localização de Francisco Santos no Piauí
Francisco Santos está localizado em: Brasil
Francisco Santos
Localização de Francisco Santos no Brasil
06° 59' 34" S 41° 08' 16" O06° 59' 34" S 41° 08' 16" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Sudeste Piauiense IBGE/2008 [1]
Microrregião Pio IX IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Pimenteiras Leste: Monsenhor Hipólito e Campo Grande do Piauí Sul: Jaicós Oeste: Geminiano e Santo Antônio de Lisboa
Distância até a capital 355 km
Características geográficas
Área 569,502 km² [2]
População 8 619 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 15,13 hab./km²
Altitude 270 m
Clima semi arido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,607 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 27 510,475 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 224,01 IBGE/2008[5]

Francisco Santos é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 06º59'34" sul e a uma longitude 41º08'16" oeste, estando a uma altitude de 270 metros. Sua população estimada em 2004 era de 7.040 habitantes, em 2010 era de 8.592 habitantes e já em 2017 de 9.154 habitantes - dados do Censo I.B.G.E.

O município é servido pelas rodovias BR-316 e BR-020, que o atravessam no sentido leste-oeste e norte-sul, respectivamente. A economia é basicamente agrícola, com a produção de feijão “de corda ou canapu”, “feijão ligeiro ou verde”, “feijão branco”, mandioca, caju, cujo produto mais valioso é a “castanha de caju”, sendo o estado o segundo produtor nacional, logo atrás do estado do Ceará.

Às margens da rodovia BR-316, passagem obrigatória para quem vai à sede do município e do qual dista 14 quilômetros, localiza-se o povoado Boa Viagem, também conhecido como “87”, alusão à antiga contagem de distância em relação à fronteira interestadual.

O povoado, com população estimada em 1.500 habitantes, busca desenvolver atividade econômica mais lucrativa e, a partir de 2004, inaugurou a feira livre, todas as sextas-feiras, onde são expostos e vendidos os produtos da região e vizinhanças, num animado mercado público.

Nos últimos dez anos, o povoado mostrou pujança e desenvolvimento, contando atualmente com vários telefones públicos, dezenas de telefones instalados em residências, um supermercado, padaria, e várias mercearias (também chamadas “budegas”), oferecendo grande variedade de produtos à população e aos viajantes.

História de Francisco Santos[editar | editar código-fonte]

Antes de tornar-se um povoado, Francisco Santos foi uma fazenda dos irmãos baianos Antônio Rodrigues e Policarpo Rodrigues. A propriedade chamava-se Jenipapeiro e era basicamente de criação de gado. Foi assim por cem anos até que 1918 o lugar começou a crescer timidamente com o movimento do comércio e o despertar da agricultura. Quando foi elevado a povoado, em 1935, pertencia ao município de Picos. A luta pela emancipação teve como principal líder o senhor Eliseu Pereira dos Santos. Mas, somente em 1960 foi que houve a emancipação política e deram ao município o nome de Francisco Santos.

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Francisco Santos, pela lei estadual nº 1993, de 09-09-1960, desmembrado de Picos, e instalado 24-12-1960. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 2015, os alunos dos anos inicias da rede pública da cidade tiveram nota média de 4.5 no IDEB. Para os alunos dos anos finais, essa nota foi de 4.7.

Na comparação com cidades do mesmo estado, a nota dos alunos dos anos iniciais colocava esta cidade na posição 61 de 224.

Considerando a nota dos alunos dos anos finais, a posição passava a 13 de 224.

A taxa de escolarização (para pessoas de 6 a 14 anos) foi de 97.4 em 2010.

Isso posicionava o município na posição 142 de 224 dentre as cidades do estado e na posição 3.079 de 5570 dentre as cidades do Brasil.

Saúde[editar | editar código-fonte]

A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 16.13 para 1.000 nascidos vivos.

As internações devido a diarreias são de 2 para cada 1.000 habitantes.

Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 91 de 224 e 134 de 224, respectivamente. Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 1.820 de 5.570 e 1.545 de 5.570, respectivamente.

Território e Ambiente[editar | editar código-fonte]

Apresenta 7.8% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 70.3% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 0.8% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).

Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 123 de 224, 124 de 224 e 42 de 224, respectivamente.

Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 4550 de 5570, 3089 de 5570 e 4474 de 5570, respectivamente.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 

6. http://cod.ibge.gov.br/2W0YX I.B.G.E

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.