Francisco de Paula de Portugal e Castro, 13.º Conde de Vimioso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Conde de Vimioso
Nome completo Francisco de Paula Afonso Maria Ana Baltasar de Portugal e Castro
Nascimento 28 de julho de 1817
Lisboa, Portugal
Morte 8 de julho de 1865 (47 anos)
Lisboa, Portugal
Progenitores Mãe: D. Maria José de Almeida e Noronha
Pai: D. José Bernardino de Portugal e Castro
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Francisco de Portugal, veja Francisco de Portugal (desambiguação).

Francisco de Paula de Portugal e Castro (28 de Julho de 1817 – 8 de Julho de 1865), 13.º Conde de Vimioso, foi um fidalgo português que se notabilizou enquanto cavaleiro tauromáquico.

É talvez hoje mais recordado como amante da fadista Maria Severa Onofriana; segundo a lenda, o Conde de Vimioso era enfeitiçado pela forma como cantava e tocava guitarra, levando-a frequentemente à tourada. Proporcionou-lhe grande celebridade e naturalmente permitiu a Severa um maior prestígio e número de oportunidades para se exibir para um público de jovens oriundos da elite social e intelectual portuguesa.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedido por
José Bernardino de Portugal e Castro
Armas duques cadaval.png
13.º Conde de Vimioso

1840-1865
Sucedido por
José Luís de Sousa Coutinho Castelo-Branco e Meneses