Francisco de Sá Lessa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Francisco de Sá Lessa
Nascimento 20 de maio de 1887
Diamantina, Minas Gerais
Morte 1977 (90 anos)
Ocupação político

Francisco de Sá Lessa (Diamantina, 20 de maio de 1887[1][onde?], 1977) foi um político brasileiro.

Formou-se em engenharia civil pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro. Foi presidente da Cia. Vale do Rio Doce, de 1952 a 1962.[2]

Em dezembro de 1955 foi nomeado prefeito do então Distrito Federal por Nereu Ramos, vice-presidente do Senado em exercício na presidência da República (novembro de 1955 a janeiro de 1956). Foi substituído em março de 1956 pelo embaixador Negrão de Lima.[3]

Em sua administração foram aprovados os projetos de abertura dos túneis Barata Ribeiro – Raul Pompeia, Toneleros – Pompeu Loureiro, e Sá Ferreira – Nascimento Silva; os dois primeiros posteriormente construídos. Outro projeto importante deste período foi o da abertura do Elevado da Perimetral.[4]

Referências

Fontes bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Abreu, Alzira Alves de & Beloch, Israel (coords.). Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro, 1930-1983. Rio de Janeiro, Forense-Universitária/FGV-CPDOC/Finep, 1984, vol. 1
  • Oliveira Reis, José de. O Rio de Janeiro e seus Prefeitos, Evolução Urbanística da Cidade. Prefeitura do Rio de Janeiro, vol.3.


Precedido por
Eitel de Oliveira Lima
Prefeito do Distrito Federal (1889-1960)
1955 — 1956
Sucedido por
Negrão de Lima


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.