Francisco de Sá Lessa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francisco de Sá Lessa
Nascimento 20 de maio de 1887
Diamantina, Minas Gerais
Morte 1977 (90 anos)
Ocupação político

Francisco de Sá Lessa (Diamantina, 20 de maio de 1887[1][onde?], 1977) foi um político brasileiro.

Formou-se em engenharia civil pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro. Foi presidente da Cia. Vale do Rio Doce, de 1952 a 1962.[2]

Em dezembro de 1955 foi nomeado prefeito do então Distrito Federal por Nereu Ramos, vice-presidente do Senado em exercício na presidência da República (novembro de 1955 a janeiro de 1956). Foi substituído em março de 1956 pelo embaixador Negrão de Lima.[3]

Em sua administração foram aprovados os projetos de abertura dos túneis Barata Ribeiro – Raul Pompeia, Toneleros – Pompeu Loureiro, e Sá Ferreira – Nascimento Silva; os dois primeiros posteriormente construídos. Outro projeto importante deste período foi o da abertura do Elevado da Perimetral.[4]

Referências

Fontes bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Abreu, Alzira Alves de & Beloch, Israel (coords.). Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro, 1930-1983. Rio de Janeiro, Forense-Universitária/FGV-CPDOC/Finep, 1984, vol. 1
  • Oliveira Reis, José de. O Rio de Janeiro e seus Prefeitos, Evolução Urbanística da Cidade. Prefeitura do Rio de Janeiro, vol.3.


Precedido por
Eitel de Oliveira Lima
Prefeito do Distrito Federal (1889-1960)
1955 — 1956
Sucedido por
Negrão de Lima


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.