Franco Bryce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Franco Bryce (Frank, no original) (agosto de 191720 de agosto de 1994) é um personagem da franquia Harry Potter. Sua primeira e única aparição foi em Harry Potter e o Cálice de Fogo. Franco era o antigo jardineiro e zelador dos Riddle, e quando a família foi morta em 1944, Franco foi acusado e preso.

Na verdade os Riddle foram mortos pelo filho de Tom, Tom Servolo Riddle, posteriormente conhecido como Lord Voldemort. Como a maldição Avada Kedavra não deixa rastros, Franco foi preso por estar perto da casa. Foi solto logo depois por falta de provas, mas a comunidade ainda o considerava culpado. Passou então a viver como jardineiro na mansão dos Riddle. Cinquenta anos depois, Franco percebe que há alguém na casa e acredita que são jovens vândalos. Ao chegar na mansão, fica do lado de fora do quarto e escuta os planos de Voldemort para matar Harry Potter, mas é denunciado pela cobra Nagini. O criado de Voldemort, Pedro Pettigrew, captura Franco e o leva para seu mestre matá-lo.

Franco volta a aparecer no final do livro, como uma das figuras trazidas da varinha de Voldemort pelo Priori Incantatem, e incentiva Harry a lutar.

Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Dumbledore acredita que a morte de Franco Bryce foi usada pra criar a sexta e última Horcrux de Voldemort.