Frane Selak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Frane Selak (14 de junho de 1929) é um professor de música nascido na Croácia, que se auto denomina o homem mais sortudo do mundo graças às suas inúmeras experiências que o aproximaram da morte fazendo com que ele sofresse apenas alguns arranhões.[1]

Em janeiro de 1962, por exemplo, Selak estava viajando de trem de Sarajevo à Dubrovnik. De repente, o trem descarrilhou, submergindo em um rio congelado, matando 17 passageiros. Selak conseguiu escapar com somente um braço quebrado.

No ano seguinte, enquanto estava viajando de avião Zagreb à Rijeka, a porta abriu-se jogando-o juntamente com dezenove outros passageiros para fora do avião, matando todos, menos ele, que milagrosamente caiu em cima de fenos em uma fazenda, sofrendo apenas alguns arranhões.

Em 1966, ele estava viajando em um ônibus que bateu e submergiu em um rio. Quatro passageiros morreram e Selak sobreviveu, sem ferimentos.

Em 1970, escapou antes que uma bomba de gasolina defeituosa explodisse, deixando seu carro em chamas.

Em 1973, outro carro de Selak pegou fogo no motor, fazendo com que chamas saíssem através da ventilação, o que fez com que ele sofresse poucas queimaduras e perda de uma parte de seu cabelo.

Em 1995, ele foi atropelado por um ônibus em sua cidade, mas não sofreu grandes sequelas.

Em 1996, ele foi obrigado a jogar seu carro de um barranco, porque um caminhão desgovernado estava vindo na direção contrária. Mesmo assim, conseguiu saltar e se segurar em uma árvore, fazendo com que seu carro explodisse 90 metros abaixo dele.[2]

Em 2003, ele ganhou U$ 1,000,000 de dólares na loteria Croata, e declarou que "sabia que Deus o estava observando todos esses anos". Ele se negou a fazer um voo para a Austrália para gravar um comercial da Doritos, alegando que "não queria testar sua sorte novamente".[3]

Referências