Frank Drake

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frank Drake
Nome nativo Frank Donald Drake
Nascimento 28 de maio de 1930 (87 anos)
Chicago
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Harvard, Universidade Cornell
Ocupação astrónomo, professor universitário
Empregador Universidade da Califórnia em Santa Cruz

Frank Donald Drake (Chicago, 28 de maio de 1930) é um astrônomo e astrofísico estado-unidense. É conhecido por ter fundado o SETI e criado a equação de Drake.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Drake nasceu em Chicago e, durante a juventude, ele amava eletrônica e química. Ele afirma ter considerado a possibilidade de existência de vida em outros planetas com apenas 8 anos de idade, mas não teria discutido tal ideia com ninguém devido às ideologias religiosas da época.

Começou a estudar astronomia na Universidade Cornell. Suas ideias sobre a possibilidade de vida extraterrestre foram reforçadas após ouvir uma palestra do astrofísico Otto Struve em 1951. Pouco depois, trabalhou brevemente como técnico de eletrônica da Marinha dos Estados Unidos no USS Albany. Após o serviço militar graduou-se em radioastronomia em Harvard.

Embora esteja intimamente ligado à pesquisa sobre civilizações extraterrestres, Drake começou a carreira como radioastrônomo no então recém-inaugurado National Radio Astronomy Observatory (Observatório Nacional de Rádio Astronomia dos Estados Unidos), em Green Banks, Virgínia Ocidental. Mais tarde trabalhou no Laboratório de Jato-Propulsão da NASA. Em suas pesquisas, ele descobriu a ionosfera e a magnetosfera de Júpiter. Como pesquisador, Drake envolveu-se com os primeiros estudos sobre os pulsars.

Nos anos 1960, Drake supervisionou a conversão do Observatório de Arecibo em radiotelescópio. Em 1972, Drake projetou, com Carl Sagan, a Placa Pioneer, a primeira mensagem enviada ao espaço. Dois anos depois, ele escreveu a Mensagem de Arecibo. Mais tarde ele foi supervisor na produção do Disco de Ouro da Voyager.

Drake trabalhou como Professor de Astronomia na Universidade Cornell entre 1964 e 1984. Desde então, ele é Professor Emérito de Astronomia e Astrofísica na Universidade da Califórnia em Santa Cruz.

Em 2015, em Londres, Drake, Martin Rees e o empresário russo Yuri Milner, juntamente com o físico Stephen Hawking, anunciaram[1] suas intenções de fornecer US$ 100 milhões em financiamento ao longo da próxima década para os melhores pesquisadores do SETI, através do projeto "Breakthrough Listen" que permitirá que novos levantamentos de dados rádio e ópticos possam ocorrer usando os mais avançados telescópios.[2]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.