Frankenstein (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Frankenstein é um personagem da DC Comics baseado no clássico romance de Mary Shelley. Sua primeira aventura foi em 1948, adaptado por Edmond Hamilton e Bob Kane numa história do Batman na revista Detective Comics. Recentemente, em 2005, Grant Morrison reformulou o personagem (juntamente com vários outros) na maxi-série 7 Soldados da Vitória.

7 Soldados da Vitória[editar | editar código-fonte]

Grant Morrison fundiu num mesmo personagem a versão original, de Mary Shelley, e as diversas encarnações do cinema.[1]

O personagem lembra um pouco o caçador de vampiros Blade da trilogia cinematográfica.

Esta versão do personagem passou a ser considerada a oficial, e teve aparições em grandes sagas como 52, Crise Final (esta última também da autoria de Morrison).

Em 7 Soldados, na primeira história, o Pistoleiro Greg Saunders relata seu encontro com um certo Johnny Frankenstein, mas não se trata do Frankenstein que aparece na série mais a frente, visto que a aventura com Johnny se deu em 1875 e o Frankenstein foi soterrado e mantido fora de circurlação em 1870.

Frankenstein: A Mini-Série[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Resumo sobre a mini-série em quatro edições onde se deu a reformulação do personagem. Ela faz parte da Maxi-série 7 Soldados da Vitória.

* Frankenstein 01

Título: Feioso

Em 1870, Frankenstein enfrenta Melmoth, o Rei dos Sheeda que está preso no passado. O confronto se dá num trem em movimento passando por uma montanha. Frankenstein, apesar de atacado por monstros que devoram carne putrefata, decapta o criador deles, Melmoth. Mas a bala que o faz também acerta a locomotiva e provoca um acidente - o trem descarrila e Frankenstein é soterrado.

O monstro fica sob os escombros e uma cidade nasce sobre ele. Nessa cidade, um adolescente chamado de Feioso por seus colegas passa a controlar as criaturas de Melmoth e usa-as para atacar os alunos durante o baile da escola. Apenas uma jovem se salva, quando seu namorado utiliza eletricidade para retardar os monstros, sacrificando-se. O chão eletrificado e a transmissão de notícias sobre a invasão Sheeda iminente acordam Frankenstein, que surge do chão dentro da escola. Ele protege a aluna e depois mata o Feioso. A seguir, cuida de todas as criaturas de Melmoth e, recuperando seus equipamentos, parte, retomando sua missão de proteger o mundo dos Sheeda e de outras aberrações.

* Frankenstein 02

Título: Zumbis Vermelhos

Frankenstein utiliza o portal Erdel (o mesmo que trouxe J'onn J'onzz, o Ajax, para a Terra) para ir a Marte, atrás de Melmoth. Este está explorando túmulos marcianos para obter ouro. O monstro doma e cavalga um "cavalo carnívoro" marciano (referência a John Carter de Marte)e cavalga-o pelas paisagens marcianas, passando por ruínas da civilização do Caçador de Marte. Frankenstein, invadindo uma tumba, confronta e mata Melmoth e todos os mafiosos que o ajudavam após encontrar os zumbis vermelhos que guardavam o lugar. Ele traz as crianças usadas como mão de obra de volta para casa.

* Frankenstein 03

Título: A Água

Frankenstein investiga o estranho incidente da cidade de Vale da Salvação. Lá, todos os mamíferos, incluindo as pessoas, tiveram seu comportamento natural alterado. Atacado por pequenos animais silvestres outrora fofinhos e agora selvagens, Frankenstein só escapa da morte ao ser salvo pela outra obra de seu criador, a Noiva. Ela agora integra a agência SOMBRA, e Frankenstein é forçado a colaborar com eles.

* Frankenstein 04

Título: Frankenstein No Reino Das Fadas

Agora um operativo da SOMBRA, Frankenstein vai ao Tibet, onde enfrenta Neh-Buh-Loh. Após matar a criatura, Frankenstein invade uma nave sheeda e vai com ela para seu local de origem: o futuro distante da Terra, onde a humanidade se tornou os sheeda. Lá, enfrenta Glorianna Tenebrae.

Poderes e Armas[editar | editar código-fonte]

Frankenstein é um morto - vivo composto de partes de corpos variados, tiradas de dezenas de fontes diferentes.

Frankenstein tem força sobre - humana, sendo até mais forte que Solomon Grundy. Não precisa comer nem dormir e é funcionalmente imortal. Possui, também, um acesso mental à base de dados da S.O.M.B.R.A através de um implante cirúrgico.

Por conta de sua natureza viva, Frankenstein pode substituir os membros danificados ou desaparecidos com enxertos retirados de indivíduos de construção similar e adapta - los à sua fisiologia única.

Os parafusos nos lados de sua cabeça permitem que ele pegue sinais elétricos ou mesmo redireciona - os para sí, como um para - raios. Esses parafusos, de alguma forma, lhe concedem um grau limitado de telepatia.

Frankenstein recebeu implantes cibernéticos durante seu tempo com a S.O.M.B.R.A, o que lhe deu a capacidade de interagir com computadores e demais aparatos tecnológicos.

Ele carrega consigo dois armamentos característicos: A Espada de Miguel e uma pederneira movida a vapor, que é carregada de pressão por um aparato em suas costas. A pederneira só dispara dois tiros (balas de formato esférico), depois precisa ser recarregada.

Grupos e Aliados[editar | editar código-fonte]

Frankenstein trabalha para a organização S.O.M.B.R.A. (no original, S.H.A.D.E.), organização governamental secreta encarregada de espionagem e defesa que se vale de superarmas e operativos meta-humanos. Outro dos operativos da organização é a Noiva.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Sete Soldados da Vitória - Parte 4
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) personagem de Banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.