Frans Wouters

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frans Wouters em Het Gulden Gabinete.

Frans Wouters (1612-1659) foi um pintor da Bélgica.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Wouters nasceu em Lier, na Bélgica. Ele estudou com Peter Paul Rubens[2] em 1634, e tornou-se um mestre da Guilda de São Lucas no ano seguinte, e passou a década de 1630 como pintor da corte do imperador Fernando II e Charles I de Inglaterra.[1] Suas obras, especialmente aqueles feitas após 1648, quando ele estava trabalhando para o arquiduque Leopold Wilhelm da Áustria, mostram uma influência cada vez maior de Anthony van Dyck.[1] Morreu em Antuérpia.

Referências

  1. a b c Hans Vlieghe (1998). Flemish Art and Architecture, 1585-1700. Pelican history of art (New Haven: Yale University Press). p. 111. ISBN 0-300-07038-1. 
  2. Franciscus Wouters biography in De groote schouburgh der Nederlantsche konstschilders en schilderessen (1718) by Arnold Houbraken, courtesy of the Digital library for Dutch literature