Frederico Guilherme, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frederico Guilherme
Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Reinado 25 de março de 1816
a 17 de fevereiro de 1831
Predecessor Frederico Carlos Luís, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Sucessor Carlos, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Esposa Luísa Carolina de Hesse-Cassel
Descendência
Luísa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Frederica de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Carlos, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Frederico, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Guilherme de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Cristiano IX da Dinamarca
Luísa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Júlio de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
João de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Nicolau de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Nome completo
Frederico Guilherme Paulo Leopoldo
Casa Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Pai Frederico Carlos Luís, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Mãe Frederica de Schlieben
Nascimento 4 de janeiro de 1785
Luisenlund, Ducado de Schleswig
Morte 17 de fevereiro de 1831 (46 anos)
Castelo de Gottorf, Schleswig, Ducado de Schleswig

Frederico Guilherme, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (4 de Janeiro de 1785 - 17 de Fevereiro de 1831), foi o primeiro Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg e fundador de uma linhagem presente na Casa Real da Dinamarca, da Grécia, da Noruega e do Reino Unido. Era avô de Alexandra da Dinamarca, e posteriormente, um antepassado da actual família real britânica, incluindo Isabel II do Reino Unido, da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte e do seu marido, o príncipe Filipe, Duque de Edimburgo.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Lindenau em 4 de Janeiro de 1785, filho de Frederico Carlos Luís, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck e da condessa Frederica de Schlieben. Foi o terceiro e último filho do casal. Em 1804, foi enviado para a Dinamarca, onde se tornou oficial do exército durante as Guerras Napoleónicas.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

A 26 de Janeiro de 1810, casou-se com a princesa Luísa Carolina de Hesse-Cassel, neta do rei Frederico V da Dinamarca. Tiveram dez filhos:

  1. Luísa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (23 de Outubro de 1810 - 11 de Maio de 1869), nunca se casou nem deixou descendentes.
  2. Friederica de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (9 de Outubro de 1811 - 10 de Julho de 1902), casada com Alexandre Carlos, Duque de Anhalt-Bernburg; sem descendência.
  3. Carlos, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (30 de Setembro de 1813 - 24 de Outubro de 1878), casado com a princesa Guilhermina Maria da Dinamarca; sem descendência.
  4. Frederico, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (23 de Outubro de 1814 - 27 de Novembro de 1885), casado coma princesa Adelaide de  Schaumburg-Lippe; com descendência.
  5. Guilherme de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (10 de Abril de 1816 - 5 de Setembro de 1893), nunca se casou nem deixou descendentes.
  6. Cristiano IX da Dinamarca (8 de Abril de 1818 - 29 de Janeiro de 1906), rei da Dinamarca entre 1863 e 1906, casado com a princesa Luísa de Hesse-Cassel; com descendência.
  7. Luísa, Abadesa de Itzehoe (18 de Novembro de 1820 - 30 de novembro de 1894).
  8. Júlio de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (14 de Outubro de 1824 - 1 de Junho de 1903), conselheiro de estado da Grécia durante o reinado do seu sobrinho, o rei Jorge I, casou-se morganaticamente com Elisabeth von Ziegesar; sem descendência.
  9. João de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (5 de Dezembro de 1825 - 27 de Maio de 1911), nunca se casou nem deixou descentes.
  10. Nicolau de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (22 de Dezembro de 1828 - 18 de Agosto de 1849), morreu aos vinte anos de idade; sem descentes.

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

A 25 de Março de 1816, Frederico Guilherme sucedeu ao seu pai como duque de Schleswig-Holstein-Sønderborg-Beck. A 6 de Julho de 1825, tornou-se duque de Glücksburg e mudou o seu título para duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg. Morreu em 17 de Fevereiro de 1831.

Os seus netos incluem entre outros, Frederico VIII da Dinamarca, Alexandra da Dinamarca, Jorge I da Grécia e Dagmar da Dinamarca.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Frederico Guilherme, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg em três gerações[1]
Frederico Guilherme, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg Pai:
Frederico Carlos Luís, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Avô paterno:
Carlos António Augusto, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Bisavô paterno:
Pedro Augusto, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Bisavó paterna:
Sofia de Hesse-Philippsthal
Avó paterna:
Carlota de Dohna-Leistenau
Bisavô paterno:
Alberto Cristóvão, Conde de Dohna-Schlodien em Leistenau
Bisavó paterna:
Sofia Henriqueta de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Mãe:
Frederica de Schlieben
Avô materno:
Karl Leopold von Schlieben
Bisavô materno:
George Adam von Schlieben
Bisavó materna:
Katharina Dorothea Finck von Finckenstein
Avó materna:
Marie Eleanore von Lehndorff
Bisavô materno:
Ernst Ahasver, Conde de Lehndorff
Bisavó materna:
Marie Luise Freiin von Wallenrodt

Referências

  1. «- Person Page 10933». thepeerage.com. Consultado em 2016-03-04. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.